terça-feira, 30 de outubro de 2012

Processo Criminal contra Heliomar Valle da Silveira, Warmillon Fonseca Braga e outros


Hoje, por decisão da 3ª Câmara Criminal do TJMG, o Processo Criminal nº 0593268-68.2010.8.13.0000 foi sobrestado até que o Supremo Tribunal Federal termine o julgamento sobre o poder de investigação criminal do Ministério Público, no Recurso Extraordinário nº 593727.

Neste Processo Criminal, Heliomar Valle da Silveira, também conhecido como Léo Silveira, junto com o prefeito itinerante Warmillon Fonseca Braga são acusados de praticarem Crimes da Lei de Licitações.

Ambos também são Réus na Ação Civil Pública (Processo 051210009380-0) movida pelo Ministério Público, que tramita na 2ª Vara Cível da Comarca de Pirapora. Consta na inicial da ACP a seguinte descrição dos fatos:

"Conforme apurado nos autos do Inquérito Civil Público n° 0512.10.000007-8 da Promotoria de Justiça da Comarca de Pirapora, Warmillon Fonseca Braga, atual Prefeito Municipal de Pirapora, mandato 2009/2012, Paulo Agostinho Pereira Braga, Elton Jackson Gomes Mota e Heliomar Valle Silveira, membros da Comissão responsável pelo julgamento técnico das licitações de· publicidade, com auxílio e consciente contribuição de Joaquim Isidoro de Oliveira, presidente da comissão de licitação do município de Pirapora, nos anos de 2005 e 2008, frustrou a licitude e a competitividade dos procedimentos licitatórios instaurados nas modalidades Tomada de Preços n° 023/2005 e Concorrência Pública n° 001/2008, com o fim de indevidamente beneficiar a agência de publicidade Mais Propaganda Status Ltda; Rádio Pirapora; e Sistema Bel-Rio de Radiofusão; Rádio e TV Bel-Rio, as quais pertencem ao grupo familiar de Warmillon Fonseca Braga, notadamente a sua irmã Veronice Fonseca Braga. 

Assim, consoante será abaixo explanado,
Warmillon Fonseca Braga adquiriu participação acionária nas rádios BEL-RIO e PIRAPORA. Considerando, porém, a norma legal constante no art. 74, V da Lei Orgânica de Pirapora e, ainda, o art. 9°, l, da Lei 8.666/93, os quais vedam a I) aludido prefeito ser proprietário, controlador ou diretor de empresa que goze de favor ou preste serviços decorrentes de contrato celebrado com o Município ou dela exerça função remunerada - o que se aplica às empresas de radiofusão contratadas pelo município -, a aquisição das aludidas rádios foi efetivada em nome de Veronice Fonseca Braga de Carvalho, consoante se verifica nos contratos sociais de fls. 076/080 (Rádio Bel-Rio) e 173/176 (Rádio Pirapora) - a qual demonstrar-se-á que não possuía lastro financeiro para tanto, revelando se tratar de simples "laranja" do primeiro réu, verdadeiro dono da rádio. 

Visando contornar mais uma vez a vedação legal constante no art. 74, V da Lei Orgânica de Pirapora e no art. 9°, III, da Lei 8.666/93, verifica-se que o município de Pirapora não chegou a celebrar contratos de publicidade diretamente com as rádios BEL-RIO e PIRAPORA - as quais
pertencem, de fato, ao prefeito Warmillon Fonseca Braga -, mas sim se valeu da intermediação da agência de publicidade Mais Propaganda Status Ltda. Assim, constatou-se que, por meio de certames-licitatórios flagrantemente dirigidos e pautados por cláusulas discricionárias e subjetivas, a agência de publicidade Mais Propaganda Status Ltda fora contratada pelo município de Pirapora, sendo que coube a ela, por sua vez, contratar diretamente, ou seja, sem a necessária licitação, os serviços das rádios BEL-RIO e PIRAPORA. (fls. 28/29)".

Por terem frustrado a licitude e a competitividade da Tomada de Preços n° 023/2005 e da Concorrência n° 00112008, o Ministério Público requereu liminarmente, na Ação Civil Pública, a indisponibilidade dos bens até o valor total do dano: R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais), que foi deferida pelo MM. Juiz de Pirapora.

191 comentários:

  1. Pelo menos a ação civil está andando para recuperar o roubo de R$ 1.400.000,00
    Mais dia menos dia o itinerante e o pitaco vão ser julgados
    E tem as ações eleitorais para cassar o pitaqueiro
    Ô Pirapora que sofre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ação civil está andando... em cima de um jegue... e deve estar vindo lá de Roraima, com destino ao Rio Grande do Sul...

      Excluir
  2. Carlos Alberto30/10/2012 21:29

    São tantos processos, tantos crimes que o prefeito está respondendo processo que até para quem acompanha tudo de perto acaba ficando perdido sem saber quando serão os julgamentos, quais são as partes envolvidas e a que crimes estão respondendo...

    É triste ver o prefeito usar a prefeitura como se fosse um playground da casa dele. E ainda tem otários que batem palmas para ele como se fossem focas adestradas.

    É muita lama,que mais parece fezes.....

    ResponderExcluir
  3. Advogado MOC30/10/2012 22:14

    Para quem não sabe o que é "sobrestar o processo", significa ficar suspenso temporariamente até que se realize algo no processo.
    É dar uma pausa no processo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trocando em miúdos, então significa que, DE NOVO, estão empurrando com a barriga, e a justiça continua ceguinha, ceguinha...

      E WB LIVRE COMO E VENTO...

      E "nóis", babacas, a ver navios...

      Excluir
    2. O TJ/ MG é um Pai para o prefeitin!!!!!!

      Excluir
    3. Lassance MG01/11/2012 12:48

      É inacreditável como certas coisas acontecem nas Minas Gerais, ainda mais quando o ato provém do Poder judiciário.

      Excluir
  4. rua Felipe Sampaio31/10/2012 10:42

    Infelizmente, a justiça é lenta demais. Por isso , o warmilhões zomba do Poder Judiciário diariamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos Paulo31/10/2012 15:03

      Somente pelo tempo que temos debatido aqui no blog, já não considero a justiça lenta. Ela (a justiça) está quase parando (ou já parou).
      Incrível mesmo é que se se tratasse de um ladrão de galinha ou de margarina a justiça já teria agido há muito tempo e, provavelmente, já teríamos nos esquecido que um dia este W tivesse passado por aqui.
      PIOR, o fdp se defende com o nosso suado ganha-pão.

      Excluir
    2. Cícero Passos31/10/2012 18:28

      Apesar da morosidade da Justiça tenho convicção que o warmilhões irá pagar pelas ilegalidades que cometeu.

      Excluir
    3. Só se for na outra encarnação, porque nessa...

      Excluir
  5. É muito bom termos este blog para nos informar e, também, para desabafar nossas decepções, comentar e analisar os fatos políticos e denunciar ações de governo corrupto.
    Não quero nem saber se a Justiça é lenta ou injusta. Vou ficar de olho bem aberto neste final de mandato e a partir de 2013, e tudo o que for errado, vou denunciar ao MP. Os promotores gostam de trabalhar e por isso não se importam de receber denúncias sérias e bem fundamentadas. Não vou ficar de braços cruzados. Nunca votei em corruptos. Um dia a casa cai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Discordo. Se os promotores gostassem de trabalhar o warmilhões não teria ficado 16 anos no poder. Cadê a operação waterloo por exemplo?

      Excluir
  6. Infelizmente as ameaças e as perseguições continuam fortes e firmes em Pirapora. Seu rei manda e o pitaco obedece.
    Um dia a esperança vencerá o medo.

    ResponderExcluir
  7. Com a eleição do pitaco, o povo deu uma sobrevida à corrupção e à safadeza instaladas pelo prefeito em Pirapora.

    ResponderExcluir
  8. BRUNO NEVES31/10/2012 14:24

    ..."o Ministério Público requereu liminarmente, na Ação Civil Pública, a indisponibilidade dos bens..."
    Bens particulares???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindolfo Silva31/10/2012 14:59

      BRUNO NEVES 31/10/12 14:24, seria possível o senhor complementar o seu comentário? Ficou vago. Obrigado.

      Excluir
    2. Sim. Aqueles mesmos bens que a justiça não vai ver nem o cheiro, porque estão todos em nome de um laranjal.

      Excluir
  9. Desde a criação deste blog eu jamais fiquei tão desanimada como me encontro agora. Estou perdendo o pique, pois inúmeras foram as denúncias feitas aqui, provadas e comprovadas e nada de concreto aconteceu até o presente momento, no sentido de dar um basta na bandalha que a camarilha vem aprontando ao longo destes 08 anos.

    É sempre a mesmíssima coisa: "A justiça é morosa", "A justiça tarda, mas não falha", "O itinerante vai ser cassado", "A casa do itinerante vai cair", "O itinerante vais sair daqui algemado", "A periguete vai responder pelos desvios praticados", "O léo sujeira não será diplomado", "O desvio pelos shows do centenário será punido", "Houve crime eleitoral na campanha do pitaco" etc., etc. Ou seja, já se foram mais de um ano de debates acirrados aqui neste espaço. Mais de um ano!!! E nada, absolutamente NADA aconteceu.

    Paciência tem limite e a minha está por um fio. A partir de agora, prefiro não alimentar esperanças, pois assim sofro menos.

    Já não acredito que um dia a esperança vencerá o medo. Aqui em Pirapora, não.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coragem Cândida!!!! Nós somos guerreiros!!!!!

      Excluir
    2. Cândida a luta por uma Pirapora Justa continua. Fique firme. Abçs

      Excluir
  10. AGUENTA FIRME, CÂNDIDA!
    A VIDA QUER DE TODOS NÓS MUITA CORAGEM!

    ResponderExcluir
  11. Otávio Augusto31/10/2012 17:47

    Se tem uma coisa que observo é que todo bandindo nunca fica satisfeito, nunca fica fica de "barriga cheia" ele sempre quer mais e mais....por este motivo teremos outras diversas chances de pegarmos os criminosos de Pirapora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antonio Pio31/10/2012 18:05

      Pois é Otávio e outra coisa sobre criminosos e que sempre alguem acaba falando, então é saber quem é o elo fraco e pressionar.

      Excluir
  12. Eu, ja perdi minhas esperanças .outro dia vi nao foi ninguem que me contou eu vi e ouvi ildemar cordeiro vereador eleito do lado da quadrilha falar que esses processos contra leo nao vai dar em nada por que warmilon tem (grana) e compra os juizes. Entao galera eu ja larguei de lado esse negocio que leo nao assumi infezlismente os juizes sao corruptos .

    ResponderExcluir
  13. Olhem eu tenho uma sugestão já que o léo vai dar continuidade nas coisas do warmillon então chegamos a conclusão de que coisas erradas continuarão acontecendo...

    Por este motivo, sugiro que desde o primeiro mês de mandato do léo as denuncias comecem.o lance é inviabilizar a administração dele, com uma denuncia atrás da outra, jogando luz onde eles querem escuridão, e eles vão acabar metendo os pés pela mãos, afinal de contas são muitas bocas sedentas pela tetas da prefeituras e como irão querer continuar mamando ficará facil saber de onde está saindo o leite e para quem está indo.

    ResponderExcluir
  14. Cícero Passos31/10/2012 18:25

    São tantas ações desonestas , incorretas , transgressoras das regras legais que perdemos a conta. O pior é que o w continua firme na desonestidade. Com certeza, o L irá dar andamento as corrupções e aso esquemas amorais. Coitada de Pirapora!!!

    ResponderExcluir
  15. Justiça lenta é justiça injusta.

    ResponderExcluir
  16. Shirley Aparecida Fonseca31/10/2012 22:20

    Alguém saberia me dizer o nome da advogada "top de linha" que está conseguindo protelar as ações da justiça no caso da possível casação do leleo? Soube que, dependendo do caso, seus honorários, por baixo, não saem por menos de 50 mil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procurar saber quem está pagando esses hononérios, e de mais uma dúzia que está por conta o leleo...

      Isso é de suma importância, já que esses advogados, principalmente s os de BH, cobram uma fortuna por seus trabalhos!

      Excluir
    2. Salvo engano, seria Adriane Belim, ou algo parecido

      Excluir
    3. O nome da tal advogada é Dra. Adriana Piteli, os advogados daqui são meros office boys, só protocolizam o que já vem pronto do escritório da poderosa de BH. Ela já fez parte do TRE, atavés do quinto constitucional. Ela tem uma ingerência mto grande no TRE/MG, aí já viu o que podemos esperar.

      Excluir
    4. É Adriana Beli

      Excluir
  17. BRAGA DA GEMA01/11/2012 14:58

    ENQUANTO ISSO... EM BURITIZEIRO, a coisa vai de mal a pior!!!

    Funcionários com os nomes no SPC e Serasa porque tiveram descontado na folha de pagamento valores a serem repassados à Caixa Econômica Federal, mas que JAMAIS foram repassados;

    Presidente do Instituto de Previdência sendo exonerada ao bel prazer do padreco para colocar em seu lugar um assistente de elétrica, ex-secretário de obras, completamente sem noção, em pleno apagar das luzes. Ah! O caixa do IPSEMB contém a cifra de nada mais nada menos 6 milhões.

    Funcionários com salários atrasadíssimos.

    Tem caroço nesse angu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os servidores, principalmente aposentados, deveriam procurar o MP na tentativa de impedir que saques sejam feitos na conta do instituto.

      Excluir
    2. O padreco e alguns de seus auxiliares bem próximos estão com o c* na mão, lá pros lados do fórum o bicho está pegando feio pro lado deles. Vêm novidades por aí... Pena que em fim de mandato, mas antes tarde do que nunca. É preciso que a impunidade deles tenha fim

      Excluir
    3. Se os servidores procuram o MP... é mais um processo que vai pras prateleiras...pras traças comerem...

      Excluir
  18. Galera do Transparência, não poderíamos fechar este ano, o último para alguns marolinhas (lamento pelo Groselha e pelo Domingos do INSS, que gostaria que fossem reeleitos), sem vermos essa ridícula cãmara, traidora do povo, devidamente execrada, com as vísceras da corrupção expostas. Portanto, não deixem de ler o jornal Hoje em Dia, edições de amanhã e de sábado...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao ler o jornal, já não lamento por Groselha. Fico feliz por Domingos do INSS, que se mostrou homem íntegro e honesto, não sucumbindo às facilidades e tentações que o dinheiro público fácil oferece. Com tantas qualidades, não poderia mesmo ser reeleito

      Excluir
  19. O pitaqueiro e o cangaceiro correm da justiça, tentando de todas as formas impedir que seus processos sejam julgados antes de serem diplomados e empossados. Entendem eles que, a partir daí, nada impedirá que cumpram o mandato até o final. Enquanto isso, adotam a tática da boa convivência, se for o caso até com a oposição, momentaneamente abandonam o enfrentamento, anunciam que vão administrar pra todos, mandaram o boca fétida alugada suspender os ataques à honra dos adversários, enfim, a tática é vender a ideia de que a cidade está pacificada e que o resultado da eleição são favas contadas. Segundo soube, a jogada mais recente é que parta de uma entidade assistencial, de origem internacional, uma moção de apoio ao pitaqueiro, que mantem na direção dessa entidade gente da mais absoluta confiança dele e do itinerante, gente que por sua vez seria ligada a bocas ligadas ao mundo dos superfaturados shows do centenário e de tantos outros... Mas não será tão simples assim, pois dessa entidade também fazem parte pessoas sérias e que não aceitam de forma alguma participar dessa pantomina.

    ResponderExcluir
  20. SERA UMA VERGONHA ENTIDADE TAO SERIA SE PRESTAR A ESSA ROUBADA SO PORQUE OS MAMADORES DA FAMILIA DO GOV QUEREM PUXAR O SACO DO LEU SUJEIRA.
    ATENÇAO GOV ,DUAS ENTIDADES ESTAO DE OLHO CERTO?

    ResponderExcluir
  21. ENQUANTO ISSO, EM PIRAPORA E EM BURITIZEIRO...
    *****
    Justiça determina prisão de secretário de Administração de Itaúna Afonso Custódio Nascimento é acusado de destruir provas que seriam utilizadas em investigações criminais

    Simone Lima -

    Publicação: 01/11/2012 14:48 Atualização: 01/11/2012 14:55
    O secretário municipal de Administração de Itaúna, no Centro-Oeste de Minas, teve a prisão preventivamente decretada no final da tarde de quarta-feira. A decisão partiu do juiz da 1ª. Vara Criminal da comarca, Paulo Antônio de Carvalho. Afonso Custódio Nascimento é acusado de destruir provas que seriam utilizadas em investigações criminais. Ele foi encaminhado para a Cadeia Pública.
    O mandato de prisão foi cumprido pela Polícia Militar (PM) na residência do secretário, no bairro Nogueira Machado. Informações ainda não oficiais adiantam que o juiz teria pedido a quebra do sigilo telefônico de alguns secretários, no entanto, o nome dos investigados ainda não foi revelado. A assessoria do Ministério Público informou que em um desses contatos, Nascimento teria arquitetado a destruição e manipulação de provas que interessam à apuração de crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e fraude a licitações públicas.

    A prisão preventiva não tem prazo determinado e pode durar até o final do processo criminal. Nenhum envolvido ou responsável pelo processo foi encontrado para esclarecer o caso. Todos os órgãos públicos da cidade estão fechados nesta quinta-feira, devido ao Dia do Servidor. Os celulares estavam desligados, o que impossibilitou o contato da reportagem.

    ResponderExcluir
  22. LUIS CARLOS01/11/2012 22:29

    QUEREM IMPEDIR O MINISTÉRIO PÚBLICO DE PROCESSAR OS CORRUPTOS

    ENTÃO VAMOS FAZER NOSSA PARTE PORQUE SE UM CIDADÃO DENUNCIAR P/ O MP, O MP PODE PROCESSAR

    ===================

    Para o Ministério Público exercer a ação penal há necessidade de elementos mínimos para início do processo.

    Os dados são produzidos através de investigação criminal.

    O meio mais comum é através do inquérito policial, por trabalho da polícia judiciária (art. 4o. e seguintes, do Código de Processo Penal), mas pode ser obtido por inúmeras outras formas:

    encaminhamento pela vítima ou
    por qualquer pessoa do povo (art. 27, CPP)
    ou por autoridades judiciais (art. 40, CPP) ou
    por outros entes públicos de documentos ou
    outros elementos (em sindicância administrativa, devem remeter cópia ao Ministério Público, de fatos delituosos, art. 154, § único, da Lei Federal 8.112/90) ou
    produzidos pelo próprio Ministério Público, em procedimentos administrativos de sua atribuição (art. 129, VI, da Constituição Federal; art. 26, I e II, da Lei Federal 8.625/93, art. 7o., I, da Lei Complementar Federal 75/93

    ResponderExcluir
  23. LUIS CARLOS01/11/2012 22:32

    O inquérito policial é atribuição da autoridade policial, no exercício do trabalho de polícia judiciária, para apuração das infrações e sua autoria (art. 4o., caput, CPP), sem exclusão de autoridades administrativas, a quem por lei seja cometida a mesma função (art. 4o., § único, CPP), mas nada impede que o Ministério Público efetue investigações em procedimento da sua competência e utilize os dados para o exercício da ação penal, sem constituir qualquer vício ou nulidade, mesmo porque dispensável pelo Ministério Público o caderno investigatório policial se presentes elementos hábeis que corroborem a denúncia criminal (art. 39, §5o., CPP). Lembre-se mais o poder investigatório do Judiciário, nos delitos praticados por juízes (art. 33, § único, Lei Complementar Federal 35/79, LOMAN), do Ministério Público, por delitos de seus membros (art. 18, § único, da Lei Complem. Fed. 75/93 e art. 41, § único, Lei 8.625/93) e do Parlamento, na Comissão Parlamentar de Inquérito (art. 58, §3o., CF)

    ResponderExcluir
  24. Em Pirapora milhões são desviados.............

    MPSC - Confirmada condenação de Ex-Prefeito a 14 anos de prisão

    Foi confirmada em segundo grau a condenação de Itacir Detofol, ex-Prefeito de Santa Terezinha do Progresso, a 14 anos, 11 meses e 27 dias de reclusão.

    A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado e o réu não poderá exercer cargo ou função pública, eletivo ou por nomeação, pelo prazo de cinco anos.

    O ex-prefeito foi condenado pela prática de crimes de responsabilidade pelo desvio de verbas públicas em proveito próprio ou de terceiros, favorecendo correligionários políticos, em ação penal ajuizada pelo Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

    A ação penal, ajuizada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Erê, explica que o acusado determinava a inclusão de pessoas no sistema de gestão de pessoal da Prefeitura Municipal como se fossem servidores públicos.

    Entretanto, os beneficiários, conforme se comprovou, nunca exerceram as funções inerentes aos respectivos cargos.

    Segundo a ação, entre fevereiro de 2002 e agosto de 2004 Detofol desviou R$ 43.839,01, contabilizadas a correção monetária e juros legais.

    Segundo a sentença a importância desviada, mesmo que não vultosa, não é insignificante, sobretudo se contrastada com a dura realidade econômica e fiscal do município.

    Por ser Prefeito Municipal o réu possuía foro por prerrogativa de função e o processo encontrava-se no Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina.

    Porém, em decorrência de condenação por crime eleitoral, o acusado perdeu seu mandato eletivo, e o processo retornou ao Juízo de Primeiro Grau, resultando na condenação pelo Juiz de Direito da Comarca de Campo Erê.

    Inconformado, Detofol apelou da sentença, mas o recurso foi desprovido por votação unanime da Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

    Nº do Processo: 013.07.000900-0

    Fonte: Ministério Público de Santa Catarina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui, são centenas e centenas de fantasmas, inclusive na educação, gente paga com verbas do fundeb, como se fossem diretores e vice-diretores de escolas municipais, sem nunca terei sido, ou seja, são apenas nas folhas de pagamento

      Excluir
    2. Anônimo 02/11/12 11:42 E NADA acontece ou acontecerá. Não sei porque aqui nos rincões a Justiça nunca chega e, pelo visto, jamais chegará.

      Excluir
  25. MPRS - Ação civil pública pede devolução de R$ 2 milhões aos cofres municipais

    A Promotoria de Justiça Especializada de Gravataí ajuizou, nesta quinta-feira, 1º, uma ação civil pública contra quatro pessoas por dispensas ilegais de licitação que provocaram prejuízo aos cofres municipais no valor de R$ R$ 2.611.211,06.

    Conforme a ação, assinada pelo Promotor de Justiça Daniel Martini, entre os anos de 2006, 2007 e 2008, a Companhia de Desenvolvimento de Gravataí (CDG) teria praticado, pelo menos, 31 dispensas ilegais de licitação para serviços que foram desde terraplanagem até a realização de concurso público.

    Em parecer da Divisão de Assessoramento Técnico (DAT) do MP, constatou-se que “vários contratos encontravam-se acima do limite de dispensa dos incisos I e II do art. 24 da Lei de Licitações, combinado com o parágrafo único do mesmo artigo, que dobra esse valor para sociedades de economia mista”.

    A DAT entendeu ainda que, nesses contratos, não se configuraram as demais hipóteses que autorizariam a contratação direta, em especial porque várias empresas contratadas eram iniciantes no mercado. Muitas delas, inclusive, foram criadas especialmente para realizar o serviço licitado e tiveram as atividades encerradas assim que os contratos foram concluídos.

    COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO DE GRAVATAÍ

    A constituição e falência da CDG também é objeto de investigação pelo MP. Isso porque ela teria sido criada fora das hipóteses constitucionais que autorizam a intervenção na Ordem Econômica pela criação de sociedade de economia mista, previstas no artigo 173, “caput”, da Constituição Federal.

    Além disso, conforme apontamento do Tribunal de Contas do Estado, a forma de distribuição do capital social ocorreu em flagrante violação do princípio da impessoalidade, já que o quadro de acionistas minoritários foi totalmente ocupado por pessoas integrantes da administração municipal.

    PEDIDOS

    Com base nas investigações, o MP pede aos envolvidos a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos por até cinco anos, o pagamento de multa civil de até cem vezes a remuneração dos cargos ocupados à época e o ressarcimento integral do prejuízo.

    Fonte: Ministério Público do Rio Grande do Sul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que dizer então dos shows superfaturados do centenário, para os quais o itinerante dispensou licitação, favorecendo os irmãos bocas pretas e demais quadrilheiros?

      Excluir
  26. Festa na madrugada do dia de finados na casa de uma conhecida periguete.
    Quem passava pela rua era agredido com palavrões, gestos indecentes e até orgaos sexuais eram exibidos.
    Imagina o que estava rolando lá dentro.
    Foram cenas chocantes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma pista da identidade da periguete...

      Excluir
    2. Anônimo02/11/12 12:09
      A um tempo atrás muita gente que passou pela avenida viu uma sessão de fotos de jovens nus naquela casa. Eles não importam não. Acham tudo muito natural.
      Imagina se a moça tivesse sido eleita, o que faria na tribuna da Câmara?

      Excluir
    3. Anônimo das 7:23,
      por que vc não chamou a PM?
      por que vc não tirou retrato com seu celular e jogou no youtube?

      Excluir
    4. FLOR DOS BURITIS02/11/12 12:18
      Eles gostam da safadeza desde que moraram em Buritizeiro. Conheço cada caso horroroso dessa família. A má fama por aqui é antiga. Só cruzaram a ponte e o rio. As práticas imorais continuam as mesmas, só que com mais dinheiro.

      Excluir
    5. UMA PUTARIA GENERALIZADA!

      Excluir
    6. FOI A PERIGUETE DOS UNIFORMES OU FOI A DOIDONA DA FILHA DELA?

      Excluir
    7. Shirley Aparecida Fonseca02/11/2012 16:02

      Gente, a questão é a seguinte: TÁ TUDO DO-MI-NA-DO! Simples assim. Afinal, há 08 anos a pornografia é que manda e desmanda nesta cidade. Só não vê quem não quer.

      Excluir
    8. O Poder Judiciário em Pirapora não esta dominado.

      Excluir
    9. Uniformes e mochilas já estão na ordem do dia para serem vendidos (serão entregues???) pela periguete criminosa das licitações. Tá na hora de incrementar o faturamento. Muitas despesas de campanha para serem cobertas. Antes, fantasias e camisetas para o carnaval

      Excluir
    10. Gente, se a mocinha gosta de sexo, que mal há nisso? Talvez seja uma forma de compensação pelo prazer não obtido nas urnas...

      Excluir
    11. A doida faz suruba c o dinheiro publico das licitações fraudulentas. Lembram a boutique dela ganhou a licitação das máquinas para o centro viva vida.

      Excluir
    12. rua maranhão03/11/2012 12:02

      etá piriguete safada! Tbm com a família que tem a educação passou longe.

      Excluir
  27. NÃO DEIXEM DE LER O LINK ABAIXO. MATÉRIA PUBLICADA NO JORNAL HOJE EM DIA, EDIÇÃO DE HOJE. COM EXCEÇÃO DE DOMINGOS DO INSS, OS DEMAIS MAROLINHAS AVANÇARAM FEIO NO GASTO COM COMBUSTÍVEL. FALSINHO É O CAMPEÃO

    @@@@@
    ao abrir a página, dê um clique, aumentando-a

    Em 2 de novembro de 2012 11:31,

    http://177.71.188.173/clientes/hojeemdia/restrito/edicoes/2012/11/2/1/politica/DIARIOS_HED_PAG_5_201
    177.71.188.173

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindolfo Silva02/11/2012 16:03

      Li a matéria e vomitei.

      Excluir
    2. eu tó indignado.

      Excluir
    3. coitada de Pirapora saqueada, estuprada, esquartejada pela maior quadrilha de corruptos do norte de minas.
      Até apartamento no exterior eles compraram.

      Excluir
    4. rua maranhão03/11/2012 12:04

      sectel o patrimônio do Warmilhões ultrapassa a casa dos cento e cinquenta milhões de reais.

      Excluir
  28. Muito oportuna a edição desta sexta-feira, feriado de finados, do jornal hoje em dia onde cita as notas irregulares das supostas despesas de vereadores para receber a verba idenizatória de gabinete. Todos os vereadores querem usufruir da tal verba, que gira em torno de 4 mil/mês. Pior do que isso é notar o "pacto" de certos servidores da Casa que, para usufruir igualmente de benefícios, se prestam a compactuar com essa lavagem de dinheiro. Pessoas que se fazem de honestas e acima de qualquer suspeita para a sociedade escondem verdadeiros podres. É por isso que vivemos nessa total mediocridade. Perdeu-se os valores, a ética, o que é certo e errado. Cada um só pensa no seu próprio umbigo, de tirar, sabendo que o dinheiro é facil,apenas tendo que apresentar notinhas de supostos gastos. Até quando Brasil? Até quando Pirapora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até SEMPRE, Anônimo 02/11/12 11:52. É isso aí. Eu cansei.

      Excluir
    2. Cândida não desanime ! Ainda bem que estamos sabendo das ilegalidades. Precisamos nos unir e fiscalizar os agentes políticos.

      Excluir
    3. Decerto são servidores comissionados. O pessoal efetivo é sério e não compactua com as falcatruas dessa corja maldita

      Excluir
    4. O pior de tudo que são servidores efetivos com cargos comissionados, só eles trabalham com empenhos e, em consonência com presidente, libera a verba idenizatória. Gente que mostra ser correto e ético para a sociedade e na verdade esconde muitos podres, sabendo da corrupção, trabalha em cima dela calados, pois vão receber por isso.

      Excluir
    5. Caro Anônimo02/11/12 17:07,
      O que adianta saber de tais ilegalidades se assistimos inertes?
      Como lutar pelos direitos da sociedade se quem os aprova comete tais crimes?
      Perdi a esperança em Pirapora. Infelizmente. É um lugar maravilhoso de viver mas,pouco a pouco, se transforma num covil de criminosos, dispostos a tudo pelo poder. E as pessoas honestas preferem não participar desse mundo, mesmo que seja para criticar, cobrar mudanças unicamente para não ser perseguidos.
      Os vereadores da Câmara Municipal de Pirapora, a começar pelo cangaceiro embolsaram dinheiro que poderia ser investido em outras áreas da cidade. E o que vai acontecer?
      Nada. Apenas, sabe-se por sorte do destino, serem processados e esses processos ficarem na justiça por longuíssimos anos.

      Infelizmente é o Brasil. São as autoridades que nos representam.

      Excluir
  29. A um tempo atrás muita gente que passou pela avenida viu uma sessão de fotos de jovens nus naquela casa. Eles não importam não. Acham tudo muito natural.
    Imagina se a moça tivesse sido eleita, o que faria na tribuna da Câmara?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. teria tirado a roupa e feito uma cena de sexo em cima da mesa da tribuna.

      Excluir
    2. rsrsrsrsrsrsr ela ainda teria pedido para tirarem fotos.

      Excluir
    3. mulher escrota.

      Excluir
    4. ânonimo

      a safadinha ia mandar tirar fotos da festa surumbática
      regada de erva.

      Excluir
  30. FLOR DOS BURITIS02/11/2012 12:18

    Eles gostam da safadeza desde que moraram em Buritizeiro. Conheço cada caso horroroso dessa família. A má fama por aqui é antiga. Só cruzaram a ponte e o rio. As práticas imorais continuam as mesmas, só que com mais dinheiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SE A DOIDA FILHA DA PETIGUETE TIVESSE SIDO ELEITA TERÍAMOS NAS REUNIÕES UMA SESSÃO DE PORNOGRAFIA EXPLICITA. VAI GOSTAR DE PUTARIA ASSIM NA PQP!!!!!

      Excluir
    2. PAULÃO 02/11/12 15:16, mesmo a tresloucada não tendo sido eleita, já temos assistido de camarote a derrocada moral desta cidade, graças à pornografia pública do itinerante e de sua corja maldita.
      Por acaso, você teve a infeliz oportunidade de ver no fb a postagem de um fake que montou Jesus Cristo dando dedo para Indalécio? A moralidade e a ética que deveriam ser a tônica de pessoas civilizadas, aqui em Pirapora, alcançou este nível degradante, uma verdadeira desgraça.

      Excluir
    3. nunca vi tanta baixaria como a turma do warmi... fez durante as eleições. Montagens imorais, comentários obcenos nas redes sociais. Puxa, como essa quadrilha é baixa, né?!

      Excluir
    4. tenho vontade de vomitar, evacuar com tanta falta de respeito.

      Excluir

  31. IMAGINEM, ENTÃO, EM PIRAPORA...

    02/11/2012 - 05h30
    Justiça manda a prefeitura demitir 119 em São Carlos (SP)

    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA, DE RIBEIRÃO PRETO

    A Prefeitura de São Carlos (232 km de São Paulo) demitiu 119 funcionários que ocupavam cargos comissionados na administração municipal, após determinação do STF (Supremo Tribunal Federal) publicada na última segunda-feira.

    A representação que determinou que são inconstitucionais os cargos de assessores de gabinete, marketing, planejamento, cultura, imprensa, esporte e lazer, entre outros, foi proposta pelo procurador-geral da Justiça, mediante pedido do promotor Luiz Carlos Santos Oliveira.

    Há também uma ação civil pública e, caso seja julgada improbidade administrativa, os valores pagos aos servidores deverão ser devolvidos ao cofre público, de acordo com o promotor.

    Ainda segundo Oliveira, cargos que não são de chefia, direção e assessoramento não devem ser contratados sem concurso público.

    "As funções exoneradas eram técnicas e burocráticas, que deveriam ser ocupadas por meio de cargos efetivos com concurso, e não cargos em comissão."

    OUTRO LADO

    Em nota, a prefeitura informou que uma falha na lei que realizou a reforma administrativa em 2008, proposta pelo Executivo e aprovada pela Câmara, foi a causa de algumas funções de confiança existentes na administração terem sido consideradas inconstitucionais.

    Disse ainda que trabalha "para diminuir a quantidade de servidores externos ocupando cargos de confiança".

    ResponderExcluir
  32. TJMG/MPMG Tem medo do Warmillon Braga !
    Suas competências não se estende a ele !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O MP/MG NÃO TEM MEDO NENHUM DO WARMILON.
      O WARMILON VAI APRENDER A RESPEITAR A JUSTIÇA E AS LEIS EM BREVE

      Excluir
    2. Gostaria nobre comentador que suas palavras fossem os lírios do campo para eu aprecia-las[...] A grande verdade é que infelizmente existem poucos juristas como eu neste Brasil...E vencer o sistema é impossível, a não ser que o Warmillon, seja um problema para sistema e de fato é muito pelo contrário. O que muita gente não se atentou ainda é que o Sr "Léo" é o grande mentor do sucesso de Warmillon afinal foi depois dele que sua fortuna aumentou a ponto dele ser um dos 50 políticos mais ricos do BRASIL. Pirapora precisa impedir que ele tome posse porque se isto acontecer será a pior era política que esta cidade terá. Sua posse é certa como 2+2=4 mas ainda exite uma possibilidade até porque 2+2 pode ser = 5 que digam os engenheiros. Quem sabe possamos dar gritos de louvores por um milagre e aí minha gente, poderia rotular de "Milagre Piraporense" e evidenciar essa história árdua no hall de acontecimentos da cidade e que a mesma sirva de exemplo para as gerações futuras.

      Excluir
  33. Com tantas brechas na lei os bandidos e ladrões se acham protegidos, como aqui em Pirapora. Com a eleição do pitaco, vai ser muito difícil nos livrarmos da corrupção e dos mal feitos na Prefeitura. Ele e o atual prefeito vão continuar fazendo o que bem entendem, sem medo de ser punidos. Riem, debocham, xingam, ridicularizam a Justiça e o MP de Pirapora, assim como os Procuradores de BH, dizendo que o dinheiro compra tudo e todos. Por isto, eles estão cobertos com o manto da impunidade e nada vai acontecer com eles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CAPITAL MORENA02/11/2012 16:12

      Assino embaixo, anônimo das 13:43. Quero ter notícias daquelas pessoas que viviam reclamando na 102FM. Cadê esse pessoal, será que já tiveram todos os seus problemas resolvidos?

      Excluir
  34. Por que a matéria do Hoje em Dia, de hoje, sobre os vereadores de Pirapora, ainda não está exposta neste blog?

    ResponderExcluir
  35. Quando o MP fica impedido de denunciar crimes, as instituições e as autoridades são desrespeitadas e é requerida várias vezes a suspeição de uma juíza, chegamos à conclusão de que acabou a decência em Pirapora em benefício de uma quadrilha de criminosos, cujo único projeto é assaltar os cofres públicos municipais por várias décadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos Paulo02/11/2012 16:15

      Com todo o respeito, mas este MP tem deixado a desejar. Será que só aqui a bagunça pode ser generalizada? Não gosto nada dessa atuação da justiça local.

      Excluir
    2. marcos Paulo, eu confio plenamente no MP.

      Excluir
    3. Deixa o warmilon continuar zombando do Poder Judiciário, do Ministério Público. A hora dele começar acertar as contas esta chegando.

      Excluir
    4. Ministério Público é uma instituição essencial para o fortalecimento e consolidação da democracia.


      Excluir
  36. O crime organizado está em festa em Pirapora.
    Mais um processo contra os criminosos foi suspenso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TODOS, absolutamente, serão. A quadrilha vai deitar e rolar neste próximos 04 anos e, por conseguinte, por mais 04 anos e mais 04 e mais 04 e mais 04 e...

      Excluir
  37. A parceira brasileira da gigante Tranparência Internacional, ONG que é referência mundial no combate à corrupção, fica numa cidade de 13 mil habitantes no interior de São Paulo. A Amarribo Brasil foi procurada para coordenar o próximo Encontro Mundial contra a Corrupção e pode depois virar o braço brasileiro da organização, que tem sede na Alemanha e representação em 140 países.
    O currículo que atraiu atenção internacional inclui a cassação de dois prefeitos e cinco vereadores, em pouco menos de dez anos. A atuação da Amarribo Brasil para destituir políticos corruptos também inspirou a organização de cidadãos em Analândia (SP) e Januária (MG), assim como a formação de mais de 200 ONGs que hoje integram a Rede Amarribo.
    “Foi um convite inesperado, como muita coisa que aconteceu na história da ONG”, diz o engenheiro Guilherme von Haehling, diretor-executivo da entidade.
    Já não estava nos planos dos Amigos Associados de Ribeirão Bonito virar “Amarribo Brasil” e coordenar a rede de mais de 200 ONGs que trabalha com o combate à corrupção em nível municipal. O projeto inicial do grupo de ex-moradores, convocados pelo padre da cidade a fazer obras sociais, era reformar uma praça. Ao esbarrar nos trâmites exigidos pela prefeitura, eles encontraram evidências de corrupção e resolveram mudar o estatuto da ONG priorizar a transparência da administração municipal.

    Com evidências suficientes de desvio de verbas, a Amarribo pediu a instauração de um inquérito pelo Ministério Público e de uma Comissão de Investigação na Câmara Municipal. “O que aconteceu em Ribeirão Bonito é que conseguimos mobilizar a população em torno do problema. Marcamos uma grande reunião no cinema da cidade, bem no dia em que se votaria a cassação do prefeito. Mostramos todas as provas que tínhamos juntado e de lá, saímos todos para a Câmara. Não tinha como os vereadores não votarem pela cassação”, lembra Haehling.



    ResponderExcluir
  38. Compartilhar | Favoritos O poder da mobilização no combate à corrupção
    Do Página 22
    Do Congresso Nacional às pequenas prefeituras do interior, os crimes contra o patrimônio público são tão antigos quanto o próprio país. Escândalos de corrupção garantem um fluxo constante de manchetes na imprensa. Os esquemas fraudulentos e desvios de dinheiro público cascateiam do nível federal até os pequenos municípios, mas é nestes que seus estragos são mais claramente percebidos. Afinal, é no âmbito local que as pessoas sentem diariamente a precariedade da infraestrutura e dos serviços de educação e saúde. Nos últimos anos, é também neles que os movimentos anticorrupção começam, aos poucos, a mudar essa história.
    Ribeirão Bonito – cidade com cerca de 12 mil habitantes na região central do estado de São Paulo – é um exemplo. Há 13 anos, ninguém achava possível desgrudar corruptos da máquina pública. Hoje a população não só sabe que é possível como vive atenta aos gastos da prefeitura. A história começou a mudar quando um grupo de amigos resolveu doar tempo e talento para ajudar a cuidar de Ribeirão Bonito. Eles achavam que sua querida cidade estava sendo maltratada, com parques e praças malconservados. Criaram a Amigos Associados de Ribeirão Bonito (Amarribo) e elegeram uma praça para começar o trabalho.
    A revitalização deu certo e injetou ânimo no grupo. Começaram a discutir novas ações e deram-se contaram uma variedade de desvios – da merenda escolar à aquisição de combustíveis. Foi o início de um trabalho que se tornou referência nacional. Hoje a organização atua em duas frentes: a associação local e uma rede de organizações da sociedade civil com mais de 200 afiliados no País, a Amarribo Brasil.
    A investigação daqueles desvios, que somavam cerca de R$ 1 milhão, resultou em ação civil pública contra o então prefeito, Antônio Sérgio de Mello Buzzá, solicitando o seu afastamento. Em 2002, para escapar de uma prisão preventiva, Buzzá renunciou e fugiu de Ribeirão Bonito. A notícia do ex-prefeito fujão, bem como o trabalho da Amarribo para denunciar suas falcatruas, foi parar no Jornal Nacional. A repercussão resultou na prisão de Buzzá meses depois em Rondônia e em uma enxurrada de e-mails e telefonemas para a Amarribo.
    Tratava-se de pessoas e organizações de todo o Brasil querendo ajuda para fazer o mesmo em seus municípios. “Entramos em pânico, não podíamos deixar de atender, mas éramos voluntários”, lembra Verillo. Daí nasceu a ideia de escrever uma cartilha que mostrasse o bê-á-bá do combate à corrupção nas prefeituras.
    A repercussão gerou apoio popular também em Ribeirão Bonito. As pessoas passaram a acreditar que é possível mudar a gestão pública e a associação começou a colecionar vitórias. Hoje a prefeitura divulga mensal- mente os pagamentos e dá explicações quando surgem dúvidas. “Antes o prefeito era visto como um intocável que pode tudo, hoje a população sabe que, se desviar, ele pode ser retirado do cargo”, diz Verillo.
    Para a população em geral, fiscalizar e participar do orçamento são coisas muito novas. Mas o movimento está crescendo. “O Brasil ainda não tem tradição de participação popular nessa atividade”, aponta Verillo. É um movimento lento, mas constante. E o contato com esse movimento mostrou uma realidade estarrecedora a Verillo. “Não tínhamos noção de que a corrupção era tão espalhada e tão profunda. A grande maioria das cidades do Brasil tem desvio de recurso.” Um problema que custa muito caro à população.

    ResponderExcluir
  39. O jornalista Fábio Henrique Carvalho Oliva sabe bem o preço que a população paga pelos desvios de dinheiro público em Januária, 65 mil habitantes, Norte de Minas Gerais. Anos atrás seu pai morreu em uma ambulância sem combustível nem oxigênio a apenas 30 quilômetros do hospital para onde estava sendo transferido.
    Na época a família ficou indignada e chegou a pensar em fazer algo, mas acabou deixando passar. Alguns anos depois um sobrinho de Oliva foi levado ao mesmo hospital com convulsões. Lá a família foi orientada a levá-lo a Montes Claros, maior município da região – distante 160 quilômetros.
    Segundo a funcionária que os atendeu, naquele momento não havia médico de plantão, tampouco medicamentos, equipamentos ou suprimentos necessários para atender o paciente. O drama pessoal reacendeu a revolta da família que, junto com amigos, criou em 2004 a Associação dos Amigos de Januária (Asajan).
    Oliva baixou a cartilha anticorrupção da Amarribo e entrou em contato em busca de orientação. Inicialmente, a Asajan era um grupo de oito pessoas determinadas a investigar as contas públicas e desmanchar as barragens que impediam o dinheiro público de chegar a seu destino. Recebeu de presente de uma conselheira de saúde três caixas de cópias de documentos coletados com funcionários indignados, mas temerosos. Ali, a Asajan encontrou cópias de uma licitação para material escolar onde constava a compra de 6 mil apagadores e um volume absurdo de cadernos, considerando-se as 120 escolas de Januária. Descobriram ali um desvio de R$ 350 mil que levou o prefeito Josefino Lopes Viana à prisão em 2006.
    A partir desse momento, a população, que via o pessoal da Asajan como uma espécie de Dom Quixote, passou a acreditar que é possível combater a corrupção. “A prisão do prefeito deu coragem aos cidadãos”, diz Oliva. Choveram no Ministério Público denúncias de todo tipo, dos grandes esquemas até os pequenos desvios, como motoristas tirando combustível de ambulância para veículos particulares. Uma combinação entre o trabalho investigativo da Asajan e a ação do Ministério Público e do Judiciário resultou em uma história rocambolesca: entre 2004 e 2007, Januária teve sete prefeitos. Eles encontraram desvios em tudo: licitações fraudadas, nepotismo, contratações fraudulentas, até mesmo a máfia das ambulâncias [2] andou por lá e resultou na prisão de outro prefeito, João Lima, sucessor de Viana. E a cidade ainda não pode ser decretada zona livre de corrupção. O atual prefeito, Maurílio Néris de Andrade Arruda, é alvo de duas ações de improbidade administrativa e atualmente está com seus bens bloqueados na Justiça.
    Qualquer um que se detenha no noticiário se questiona, perplexo, como a população continua elegendo políticos corruptos. Para Oliva, pelo menos nos municípios, a explicação vai além do simples “o povo não sabe votar” tão comum de se ouvir. Ele lembra que a parcela mais pobre da população, a mais afetada pela corrupção por ser dependente dos serviços públicos, é também a que menos se revolta e denuncia. Trata-se da parcela mais vulnerável dos habitantes de cidades onde o prefeito controla tudo: saúde, educação, segurança pública.
    Quanto menor o município, mais difícil é se rebelar. Basta dificultar uma vaga na escola, complicar um atendimento em saúde, forjar uma batida policial, demitir ou repreender um parente que trabalha no serviço público municipal – os primeiros a sofrer represálias quando surgem denúncias. Por medo não se denuncia, por falta de opção e esperança, vota-se. Oliva já foi agredido em um aeroporto, já sofreu atentados e hoje anda em um carro blindado, entre outras medidas de segurança. “Procuro não dar chance pro azar.”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o retrato falado do povo e da administração corrupta de Pirapora, com sua perseguição, represália, favorecimentos.
      Se desde 2005 ou a partir de 2008, tivesse aqui uma associação desta, o prefeito já teria sido afastado ou preso, o pitaco não seria eleito, a Câmara Municipal teria sofrido uma limpeza e a Prefeitura uma devassa.

      Excluir
  40. Vereador faz farra com combustível em Pirapora

    Humberto Santos - Do Hoje em Dia

    Inspeção do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG), na Câmara Municipal de Pirapora, no Norte de Minas, constatou que todos os dez vereadores da cidade apresentaram notas irregulares para receber os recursos da verba de gabinete no período de 2009 a 2011. Um parlamentar chegou a abastecer seu veículo 98 vezes no mesmo dia. O prejuízo aos cofres públicos ultrapassa os R$ 800 mil. O caso é objeto de investigação do Ministério Público Estadual (MP).

    Entre as irregularidades encontradas pelos técnicos está a utilização de cupons fiscais sem a identificação do CPF do vereador, a indicação de placa ou a quilometragem do veículo abastecido, quantidades de combustível adquiridas superiores ao volume dos tanques dos automóveis, reembolso em duplicidade com o mesmo cupom fiscal e até mesmo a apresentação de notas de compra de diesel para carros a gasolina.

    De março a abril de 2009, o vereador Celso Oliveira (PR), o Celsinho, adquiriu 4.208,69 litros de álcool, 2.429,77 litros de gasolina e 1.560,98 litros de diesel. Para gastar todo esse combustível, o parlamentar teria que percorrer mais de 80 mil quilômetros, o que daria uma média de 537 quilômetros por dia. O combustível seria o suficiente para Oliveira ir de sua casa à Câmara Municipal 137 vezes por dia.

    “Considerando que a Câmara tem reuniões unicamente às terças-feiras, a ausência de razoabilidade nos gastos com combustíveis fica ainda mais perceptível”, diz trecho do relatório.

    Em outubro de 2010, Celsinho chegou a abastecer seu veículo 98 vezes, no mesmo dia, adquirindo 427 litros de gasolina e 23 litros de álcool. O parlamentar não foi reeleito na eleição deste ano.


    Sequência

    Os técnicos constataram que os parlamentares apresentaram cupons fiscais sequenciais, com diferença de segundos entre os dois abastecimentos. Celsinho abasteceu no dia 28 de abril de 2010, às 16 horas, quarenta minutos e 46 segundos. Doze segundos depois, o vereador Juscélio Oliveira (PSDB), o Groselha, abasteceu no mesmo posto.

    O problema encontrado no abastecimento sequencial é que os cupons não apresentam os mesmos valores do combustível na bomba quando se encerrou o abastecimento de um parlamentar e se iniciou o outro. “A falha evidencia que os cupons fiscais foram emitidos fora da ordem sequencial e cronológica, o que indicia a manipulação das informações armazenadas na bomba”, diz o relatório.

    O vereador Sebastião Santana (DEM) apresentou duas notas fiscais, de julho e agosto de 2010, com o mesmo cupom fiscal como comprovante de abastecimento no Posto São Francisco. As duas notas somam quase R$ 3 mil. Santana foi reeleito com 668 votos.

    http://www.hojeemdia.com.br/noticias/politica/vereador-faz-farra-com-combustivel-em-pirapora-1.52312

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOMBA LIVRE - OS "GASTOS" DE CADA VEREADOR, SEGUNDO O HOJE EM DIA:

      EGNALDO BARBOSA
      2009 - 8.855,22
      2010 - 12.215,01
      2012 - 8.602,34

      ANA LÚCIA RODRIGUES
      2009 - 8.364,97
      2010 - 11.834,68
      2012 - 6.798,13

      CELSO OLIVEIRA
      2009 - 19.792,85
      2010 - 26.841,74
      2012 - 6.796,20

      DOMINGOS RAMOS
      2009 - -
      2010 - -
      2012 - -

      ESMERALDO SANTOS
      2009 - 14.427,40
      2010 - 17.266,43
      2012 - 6.267,12

      HELDER BRAGA
      2009 - 1.550,00
      2010 - -
      2012 - 5.924,67

      JOÃO BATISTA
      2009 - 11.742,00
      2010 - 13.621,68
      2012 - 10.586,67

      JUSCÉLIO GARCIA
      2009 - 17.313,13
      2010 - 10.686,40
      2012 - 7.363,83

      SEBASTIÃO SANTANA
      2009 - 2.887,88
      2010 - 19.450,41
      2012 - 7.538,89

      ORLANDO PEREIRA
      2009 - 10.480,50
      2010 - 11.129,39
      2012 - 5.195,86

      Excluir
    2. VEREADOR DOMINGOS,

      PARABÉNS PELO EXEMPLO DE HONESTIDADE!!!!!!

      Excluir
    3. EITA QUE NÃO SALVA É NINGUÉM, BANDO DE LADRÃO. PIRAPORA TÁ FU...

      Excluir
    4. Cumprimentos ao vereador Domingos do INSS por sua conduta proba e honesta na lida com o dinheiro público. Lamentavelmente, não foi reeleito. Teve contra sua reeleição todo poder e empenho do itinerante e dos demais quadrilheiros, porque, ao longo do mandato, nunca aceitou ser vaca de presépio, nunca aceitou ordens do Executivo, pelo contrário, sempre apôs emendas corretivas aos projetos absurdos enviados pelo itinerante. Certamente fará ao Legislativo, nessa Cãmara eleita que se prenuncia pior do que esta cujo mandato se extinguirá em 31 de dezembro

      Excluir
    5. ESCULACHO É ISSO AÍ!!! VALEU EDIS, A EXCEÇÃO DO DOMINGOS DO INSS.

      Excluir
    6. Bom Jesus 0202/11/2012 17:02

      Triste,
      Deprimente,
      horrorizante,
      imoral,
      ilegal,

      acho que vou vomitar

      Excluir
    7. Parabéns, Domingos!
      Apesar de você não ter sido reeleito, continua representando o povo honesto e trabalhador de Pirapora.

      Excluir
    8. o pior que alguns dessas figuras foram reeleitos.

      Excluir
    9. Sr. Domingos do INSS meus sinceros agradecimentos pela
      ética, moralidade, respeito com a coisa pública. O senhor sabe o significado da palavra Honra.
      Abraços

      Excluir
    10. rua maranhão03/11/2012 12:06

      Tiro o meu chapeu p o vereador Domingos do Inss.
      Um homem de conduta exemplar.

      Excluir
    11. A transparência na atuação dos vereadores e prefeito passou a ser uma exigência. Não dá para continuar engolindo a sujeirada como antes.

      Excluir
  41. Que coisa nojenta,CELSO LEONARDO,VULGO FALSIN,quase 50000 reais ,exclui ai o DOMINGOS,nao dava mesmo para ser reeleito,e´´ honesto demais para fazer parte desta camarilha.
    PARABENS DOMINGOS DO INSS A DIGNIDADE DO HOMEM VALE MAIS QUE ESSA PATIFARIA TODA.
    PIRAPORA MERECE BEM FEITO ELEITORES

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um ladrãozinho mau caráter.
      Devia abastecer todos os carros da família. Às nossas custas.

      Excluir
    2. a carreira o falsin caiu num buraco sem volta.
      Quero mto q ele faça parte da administração do leleo.
      Quero ver o circo armado da desmoralização!
      Bando de ladrões do povo!

      Excluir
    3. rua maranhão03/11/2012 12:08

      Um secretário q mal assumiu o cargo é coroado com a sacanagem dos combustíveis. rsrsrsr parece piada. Vamos rir p não chorar, piraporenses.

      Excluir
  42. Shirley Aparecida Fonseca02/11/2012 16:42

    Significado da palavra Democracia:
    Democracia...de origem grega arcaica (Demos=povo, Kratein=governo), significa o governo do povo, para o povo, e pelo povo.

    Exemplo do uso da palavra Democracia:
    O povo elege seus governantes, e seus governantes obedecem e cumprem suas promessas e compromissos. Em uma democracia as instituições respeitam os cidadãos, e óbvio, vice-versa.

    PERGUNTO: Aqui em Pirapora há democracia?

    Na verdade, temos vivido a total escravidão, o açoite, o tronco. Colocaram-nos nas mãos de vis senhores do engenho (itinerantes) que aqui fazem e acontecem. Os valores se inverteram, literalmente. O POVO DE BEM DESTE LUGAR está à mercê dos caprichos de forasteiros.

    Sabemos que o leite já derramou quando do resultado da última eleição. Agora, infelizmente, estamos vivenciando a resposta dos covardes: DEMISSÕES em massa de pais de famílias que não têm outro recurso.

    E a democracia? Por onde andará?

    ResponderExcluir
  43. Comerciante02/11/2012 16:55

    Estava lendo os comentários dos participantes... eu tenho algumas considerações a realizar.


    1 Infelizmente o piraporense não sabe votar. A prova disso é o vereador domingos não ter sido reeleito. Pirapora perdeu um excelente vereador.


    2 A filha doida da periguete do crime é uma mulher viciada é festas do suruba. O Legislativo iria virar um bordel com ela se fosse eleita.

    3 O Falsin realmente é uma negação! Olha a picaretagem do garotinho sendo desvendada pelo TC. Ainda por cima dá uma entrevista com versões contraditórias. Detalhe: segundo o atual prefeito falsin será o secretário do L. Que secretário "perfeito" para a gestão do L. kkkkkk


    4 Fiquei decepcionado com alguns vereadores depois dessa reportagem. O atual Legislativo é uma vergonha!!!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E bota vergonha nisso, Comerciante 02/11/12 16:55.

      Que final de semana ácido. O povo não merece ser ludibriado de forma tão acintosa e vil. Esta matéria foi um bofetão em nossas faces, nós que suamos a camisa para nos sustentarmos com dignidade, para honrarmos nossos compromissos, para arcar com os altíssimos impostos/tributos, para "alimentar" os cofres públicos, muitas vezes, com a dificuldade que só Deus sabe.

      Lamentável a falta de respeito de certos políticos em relação a quem os elege para cuidar do bem comum.

      Excluir
  44. Vocês viram? Bastou Indalécio e Egnaldinho agradecer, em alguns outdoors, aos seus eleitores, para que o pitaqueiro e o cangaceiro, que tudo deles copiam, fizessem o mesmo. Perto do Bretas já instalaram um outdoor mais sem graça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eles copiam tudo na campanha fizeram isso tbm.

      Excluir
    2. CAPITAL MORENA02/11/2012 23:03

      Já não me importo mais com esse tipo de atitude deles, o que espero é a resposta da Justiça quanto à liminar que, até então, "segura" o pitaco no poder.

      Excluir
  45. Carmem Lúcia02/11/2012 17:28

    Ainda bem que este blog existe. Aqui estamos em nossa casa. E as informações publicadas fortalecem nossas convicções. Vamos aumentar ainda mais nossos comentários para solidificar o Transparência. Dobrar de 200 para 400 comentários em cada postagem. Aqui resistiremos sempre.
    Os invejosos e os poderosos abominam este espaço e seus comentaristas, mas a insatisfação deles é que faz o nosso sucesso. Ninguem nos põe o cabresto, somos livres e independentes, mesmo quando comentamos como anônimos. Não importa.
    Sem desânimo e sempre alertas.
    Abraços aos amigos virtuais
    Carmem Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcos Paulo02/11/2012 23:01

      Oi Carmem Lúcia, boa noite.
      Penso como a senhora, mas, diante do que temos visto nestes últimos anos, qual seria a receita para mudarmos esta triste realidade, além do que temos feito, ou seja, além de colocarmos aqui os nossos comentários?
      Eu estou atônito com tanta informação escabrosa. Quando será que Pirapora voltará a respirar o ar da Justiça?

      Excluir
  46. Realmente, Carmem Lúcia,
    aqui encontramos um diagnóstico verdadeiro e real de Pirapora.
    É nossa trincheira contra todos os quadrilheiros.
    Não estamos totalmente perdidos.

    ResponderExcluir
  47. Coleguinhas deste valoroso blog, pedra no sapato do itinerante, do pitaqueiro e dos demais quadrilheiros, blog que tira o sono desses meliantes, se já estão horrorizados com esse encandalozinho dos combustíveis na câmara dos horrores, fiquem atentos porque na edição de amanhã, sábado, dia 3, o HOJE EM DIA publicará mais safadezas dessa câmara comandada pelo cangaceiro. Aguardem!!!

    ResponderExcluir
  48. Políticos virgens

    Posted: 02 Nov 2012 07:03 AM PDT

    Uma onda de leilão de virgindade está assolando o mundo. Depois de a brasileira Catarina Migliorini vender sua virgindade para um japonês, agora é o russo Alexander Stepanov, que se diz virgem e está negociando a sua. Não é diferente na Política.

    Gostaria de assistir, se isso fosse realmente possível, ao retorno de milhares de políticos a sua virgindade. Da mesma forma que a perda da virgindade traz boas e más recordações, o voto assim também o faz. Quantos políticos iniciaram uma carreira pudica, completamente virgens dos pecados do cargo e agora estão no vale das sombras?

    A virgindade física aproxima-se muito da primeira vez na política. Uma, quando se perde, na maioria dos casos é cercada de sonhos futuros que nem sempre serão realizados e, às vezes, há decepção como a escolha do primeiro parceiro.

    Na política, a virgindade também se inicia com pompas e esperanças mil. Os primeiros parceiros são os padrinhos políticos que, na ânsia de convencerem o cidadão a estrearem na política, o assediam, aliciam, dominam, humilham e, na maioria das vezes o conquistam. Muitos até pagam!

    Na virgindade física, a perda remete a dias de incerteza; afinal, algo mudou para sempre. Na política também tem seus males pós perda. O aliciador, que prometeu a estrutura partidária, a viabilidade financeira e os votos, se foi, deixando o novato só e, em grande parte dos casos, arrependido do que agora se revela uma velada exploração.

    Para outros desvirginados políticos, a nova fase será proveitosa. Isso porque usam da boa fé e das necessidades imediatas do eleitor, decepcionando-os com o lado ruim da sedução, por meio do qual o eleitor acreditou que essa seria a sua melhor experiência.

    Meu desejo pelo restabelecimento virginal de alguns políticos deve-se ao fato de as metamorfoses que lhes são acometidas quando experimentam a sua primeira vez nas urnas mostrarem-se contundentes. Após a eleição, diversos sintomas de ordem moral assolam a psique dos políticos desvirginados, tornando-os agentes egocêntricos e distanciados dos conceitos básicos de ética e moral.

    São os experientes que trazem para o cenário político do eleitor todas as mazelas aprendidas no submundo da política rasteira, personalíssima e sem qualquer foco no bem coletivo.

    Esses políticos, são agora, detentores de grandes meretrícios. Fazem de seus cargos verdadeiros centros de barganha, onde conceitos honrados e que servem para a construção do homem são deixados de lado em nome do vil metal.

    Infelizmente, esse Sistema de Aliciamento Político faz com que muitos iniciantes percam o seu direcionamento e acordem entrelaçados em teias mordazes onde não há pureza de alma e sim, o odor fétido da negociata.

    O pior é constatar que, enquanto a ciência já permite o restabelecimento da virgindade física, uma vez perdida, o mesmo não ocorre com a virgindade política. Esta, quando perdida, não permite o arrependimento do político enquanto conduta e do eleitor, enquanto opção.

    O problema é que muitos políticos ainda não conseguiram sobreviver após a perda da virgindade política, e o eleitor é quem sofre com esse fenômeno ainda irreversível. Por fim, deixo as sábias palavras do poeta irlandês Jonathan Swift (1667/1745): “Não me espanto com a perversidade dos homens, mas com sua falta de vergonha”.

    ResponderExcluir
  49. Sera que nao e´´ hora de alguem fazer contato com uma midia nacional e mostrar o que acontece em Pirapora?
    Se depender de justiça fora daqui,nada acontecera,mas a justiça pode ser exposta ,caso o Brasil vide GLOBO/ESTADO DE MINAS,façam uma reportagem isenta mostrando a vergonha desta falta de açao dos senhores da JUSTIÇA EM BHTE/BRASILIA,CREIO QUE WARMILHOES nao teria como comprar estes reporteres.A REVISTA VEJA E GLOBO ja derrubaram muita gente seja la de que poder ,o que nao da e´´ ver a turma de ladroes usando nosso dinheiro para pagar e corromper pessoas para se perpetuar no poder.
    TALVEZ SE ALGUMA MIDIA TIVER ACESSO A ESTE BLOG JA DARIA PARA TER NOÇAO DO TAMANHO DA ORGIA QUE ACONTECE NESSA TERRA DE NINGUEM.

    ResponderExcluir
  50. Pirapora possui o maior corrupto de Minas Gerais,ja foi mostrado varias vezes documentado as armaçoes desonestas deste ladrao,por muito menos todo dia tem gente pagando na justiça,sera porque so aqui nada acontece?E´sabido que o warm$$$$$$$$$$ TEM A PROTEÇAO DE DOIS IRMAOS FAMOSOS EM BHTE,que por sinal deveriam fazer opsto do que fazem.Tambem acho que ta na hora de acionar algum reporter para destrinchar essa roubalheira instalada aqui em Pirapora,ja que gastaram tanto na campanha,talvez uma maozinha da imprensa fizesse o serviço que a justiça nao faz,o JORNAL ESTADO DE MINAS,poderia fazer a festa,material e´que nao falta,afinal temos aqui WARM$$$ o mais corrupto do Brasil,a camara mais safada do Brasil,a eleiçao mais comprada do Brasil,tudo isto da uma reportagem BOMBA,ai quem sabe a JUSTIÇA ACORDE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindolfo Silva02/11/2012 22:54

      Será que para moralizar precisa se buscar tal recurso? Será que o MP local não tem competência suficiente para colocar ordem no galinheiro? A que ponto chegamos, meu Deus!

      Excluir
    2. Lindolfo Silva vc acredita no MP?
      Anônimo 02/11/12 21:29, Vai sonhando com o jornal Estado de Minas assim como todos os jornais de minas falar mal de Tia Anastasia e de Aécio Cheraldo Neves. Qunado vc viu um jornal escrever uma linha contra o governador e o senador de Minas? A justiça em minas está dormindo eternamente em berço esplendido.

      Excluir
  51. IMAGINEM O CANGACEIRO COMO VICE VAI APRESENTAR NOTAS DE MILHOES,VAI ROUBAR COM BORRA,VERGONHOSO TUDO ISTO,SERA QUE NAO TEM JUSTIÇA NESTE ESTADO DE MINAS?COMO PODE TANTA ROUBALHEIRA E NADA ACONTECE?
    E ESTES 03 VEREADORES QUE RETORNARAO PARA A CAMARA COM QUE MORAL VAO ASSUMUIR AQUELA CASA?AH,ME ESQUECI DE UM DETALHE,ELEITOR COMPRADO NAO PODE RECLAMAR,AFINAL FOI UM NEGOCIO,EU TE DOU 100 REAIS/VOCE VOTA EM MIM ,DAI PRA FRENTE NAO TE DEVO SATISFAÇAO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rua maranhão03/11/2012 11:59

      uma vergonha! Pirapora é a capital morena da CORRUPÇÃO!!!!!!

      Excluir
    2. Imaginem quantas notas as empreiteiras do marolinha santaianinha e as do pasteleiro fornecerão pro cangaceiro e pro pitaqueiro

      Excluir
  52. Segunda feira o boca alugada estara na radio dizendo que tudo nao passa de intriga,cambada de FDP,um dia esta zona vai acabar,a verdade tera que prevalecer,o mal nao pode prevalecer por todo o tempo,e pensar que tudo isto acontece por culpa do eleitor que se corrompe.

    ResponderExcluir
  53. E Dona Redonda, sustentada com nosso dinheiro para brincar no centro viva vida, continua desenterrando mortos, atacando a oposição, mesmo já tendo passado quase um mês da eleição.
    Assim como no pai, nas suas veias corre sangue de ódio, rancor, mágoa, inveja, horror, repulsão. É sangue ruim mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rua maranhão03/11/2012 11:59

      uma ignorante que vive a vida para difamar as pessoas. Não olha pra dentro da família dela onde o telhado é fino finíssimo. Ela poderia explicar como a irmã dela ganhou a vida em Bh.

      Excluir
    2. ADVOGADO PIRAPORENSE03/11/2012 13:29

      É DÍFICIL ACEITAR UMA MÃE DE FAMÍLIA UTILIZAR PALAVRAS INAPROPRIADAS CONTRA CIDADÃOS PIRAPORENSES NAS REDES SOCIAIS. A ATITUDE DESSA MULHER POSSUI SEMELHANÇAS COM O " MODUS OPERANDI" DESQUALIFICADO DO SEU GENITOR.

      Excluir
    3. Em breve Dona Redonda fará cirurgia plástica pra levantar os peitos flácidos que já batem no umbigo

      Excluir
    4. kkkkk, e nós ainda vamos pagar a conta pela recauchutada das muxibas.

      Excluir
  54. Vereadores fazem prestação de contas fictícia em Pirapora.
    m Pirapora, no Norte de Minas, todos os dez vereadores não só compram combustível à revelia como alugam carros e contratam advogados sem ter que prestar contas e sem se preocupar com os valores. É a conclusão de um relatório técnico de auditoria do Ministério Público de Contas, órgão vinculado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), ao qual o Hoje em Dia teve acesso e publica informações desde ontem.

    Os parlamentares alugam veículos sem apresentar contratos ou notas fiscais e, quando apresentam, os valores pagos não correspondem aos de mercado. As situações chegam a ser inusitadas e se repetem desde 2009.

    A vereadora Ana Lúcia de Souza Rodrigues (PSC), por exemplo, alugou um Saveiro, ano 1985, por R$ 1 mil por mês. O valor de mercado do veículo é de R$ 4.715. Em pouco mais de quatro meses a vereadora conseguiria comprar o automóvel. Porém, pagou as mensalidades de aluguel por nada menos que três anos. Daria para comprar quase oito Saveiros iguais ao alugado.


    Contratos

    “A falta de razoabilidade é ainda mais aparente nos contratos celebrados pela vereadora Ana Lúcia de Souza Rodrigues, que em 32 meses de locação do veículo VW Saveiro, placa GMA-2138, ano/modelo 85/85, despendeu R$ 38.300, valor suficiente para comprar aproximadamente 8 automóveis similares ao alugado (um veículo a cada 4 meses de locação)”, afirma relatório do Ministério Público de Contas do Estado.

    Dos dez vereadores, apenas um, Egnaldo Barbosa Júnior (PPS), apresentou valor compatível com a realidade, em 2010. Mas, no ano anterior e no seguinte, ele incorreu na mesma irregularidade dos colegas.


    Impugnação

    O parlamentar Orlando Pereira Lima (DEM) além de ter alugado um veículo com preço superior ao de mercado apresentou contrato de locação no valor de R$ 1.050 e foi reembolsado em R$ 1.500. “Irregularidades dessa natureza reforçam a necessidade de impugnação plena de todos os gastos com locação de veículos, porque, além da extrema fragilidade da liquidação da despesa, houve evidente e injustificado abuso na prestação de contas da verba de gabinete”, diz trecho do relatório.

    O vereador Sebastião de Souza Santana (DEM) alugou um Fiat Palio e foi reembolsado pelo valor, em 2010. No entanto, não apresentou sequer o contrato de locação. Nem mesmo cadastrou o veículo na Câmara. Apenas disse que tinha alugado um automóvel e o valor que deveria ser restituído. Isto bastou para que recebesse o dinheiro.

    Recibos

    No ano seguinte, os recibos vieram, mas foi encontrada outra forma de infringir à lei. “O descontrole é tamanho que o Vereador Sebastião de Souza Santana apresentou recibos de locação de carro com valor superior ao previsto no contrato, sendo reembolsado sem qualquer objeção”, informou o documento oficial.

    Já o parlamentar Celso Leonardo Ribeiro de Oliveira (PR) até cadastrou e apresentou contrato do Gol alugado. Mas não mostrou à Câmara os recibos pela prestação do serviço.

    O Ministério Público de Contas quer que os dez vereadores devolvam os recursos gastos de forma irregular. Somadas as quantias despendidas de forma errônea com combustível, locação de veículos e contratação de advogados chega-se ao valor de R$ 873 mil.

    ResponderExcluir
  55. Vereadores fazem prestação de contas fictícia em Pirapora

    Amália Goulart e Humberto Santos - Do Hoje em Dia (03/11/12)
    DIONE AFONSO/ARQUIVO HOJE EM DIA

    Apreensão de documentos durante a investigação de irregularidades dos dez vereadores da cidade

    Em Pirapora, no Norte de Minas, todos os dez vereadores não só compram combustível à revelia como alugam carros e contratam advogados sem ter que prestar contas e sem se preocupar com os valores. É a conclusão de um relatório técnico de auditoria do Ministério Público de Contas, órgão vinculado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), ao qual o Hoje em Dia teve acesso e publica informações desde ontem.

    Os parlamentares alugam veículos sem apresentar contratos ou notas fiscais e, quando apresentam, os valores pagos não correspondem aos de mercado. As situações chegam a ser inusitadas e se repetem desde 2009.

    A vereadora Ana Lúcia de Souza Rodrigues (PSC), por exemplo, alugou um Saveiro, ano 1985, por R$ 1 mil por mês. O valor de mercado do veículo é de R$ 4.715. Em pouco mais de quatro meses a vereadora conseguiria comprar o automóvel. Porém, pagou as mensalidades de aluguel por nada menos que três anos. Daria para comprar quase oito Saveiros iguais ao alugado.

    Contratos

    “A falta de razoabilidade é ainda mais aparente nos contratos celebrados pela vereadora Ana Lúcia de Souza Rodrigues, que em 32 meses de locação do veículo VW Saveiro, placa GMA-2138, ano/modelo 85/85, despendeu R$ 38.300, valor suficiente para comprar aproximadamente 8 automóveis similares ao alugado (um veículo a cada 4 meses de locação)”, afirma relatório do Ministério Público de Contas do Estado.

    Dos dez vereadores, apenas um, Egnaldo Barbosa Júnior (PPS), apresentou valor compatível com a realidade, em 2010. Mas, no ano anterior e no seguinte, ele incorreu na mesma irregularidade dos colegas.

    Impugnação

    O parlamentar Orlando Pereira Lima (DEM) além de ter alugado um veículo com preço superior ao de mercado apresentou contrato de locação no valor de R$ 1.050 e foi reembolsado em R$ 1.500. “Irregularidades dessa natureza reforçam a necessidade de impugnação plena de todos os gastos com locação de veículos, porque, além da extrema fragilidade da liquidação da despesa, houve evidente e injustificado abuso na prestação de contas da verba de gabinete”, diz trecho do relatório.

    O vereador Sebastião de Souza Santana (DEM) alugou um Fiat Palio e foi reembolsado pelo valor, em 2010. No entanto, não apresentou sequer o contrato de locação. Nem mesmo cadastrou o veículo na Câmara. Apenas disse que tinha alugado um automóvel e o valor que deveria ser restituído. Isto bastou para que recebesse o dinheiro mensalmente.

    Recibos

    No ano seguinte, os recibos vieram, mas foi encontrada outra forma de infringir à lei. “O descontrole é tamanho que o Vereador Sebastião de Souza Santana apresentou recibos de locação de carro com valor superior ao previsto no contrato, sendo reembolsado sem qualquer objeção”, informou o documento oficial.

    Já o parlamentar Celso Leonardo Ribeiro de Oliveira (PR) até cadastrou e apresentou contrato do Gol alugado. Mas não mostrou à Câmara os recibos pela prestação do serviço.

    O Ministério Público de Contas quer que os dez vereadores devolvam os recursos gastos de forma irregular. Somadas as quantias despendidas de forma errônea com combustível, locação de veículos e contratação de advogados chega-se ao valor de R$ 873 mil.

    Leia mais na Edição Digital.

    ResponderExcluir
  56. Está explicado porque os vereadores jamais foram contra os desmandos do prefeito, pois as ações são idênticas. Quem tem telhado de vidro já viu.

    ResponderExcluir
  57. ADVOGADO PIRAPORENSE03/11/2012 13:24

    PIRAPORA VIVE CERCADA POR UM MODELO CORRUPTO DE ADMINISTRAÇÃO.
    ARBITRARIEDADES SÃO COMUNS NAS LICITAÇÕES E CONTRATOS REALIZADOS PELOS AGENTES POLÍTICOS.CHEGAMOS AO FUNDO DO POÇO.

    ResponderExcluir
  58. LUCINHA PAGAR 32000 DE ALUGUEL PARA UM CARRO QUE VALE 4700,A CAMARA PAGOU E NAO ESTRANHOU.
    SE DERAM CONTA QUE O PRESIDENTE ERA O CANGACEIRO?IMAGINEM A ROUBALHEIRA ANO QUE VEM NO PASO MUNICIPAL.
    SERA QUE ESTAMOS FICANDO LOUCOS E TUDO NAO PASSA DE INTRIGA DA OPOSIÇAO?
    CADE A JUSTIÇA PELO AMOR DE DEUS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa marolinha da doença, em dez palavras que diz, nove são referência a Deus, Jesus, enfim, sempre bancando a evangélica santinha do pau oco, enganando os eleitores. Agora, ficamos sabendo que é bem espertinha pra desviar dinheiro público. Ainda bem que não foi reeleita. Tomara que a Justiça a obrigue a devolver a grana desviada e ainda a mande pra cadeia. Não custa sonhar. Porém, mais que sonhar, temos de nos mobilizar e exigir da justiça rigorosa punição pra esses marolinhas e também pro itinerante, pro pitaqueiro, enfim, pra todos os quadrilheiros.

      Excluir
    2. Amigos e familiares residentes em outras cidades, tomando conhecimento, via veículos de comunicação, ficam me questionando: e aí, a cidade sabe de toda essa corrupção e não toma atitude nenhuma?

      Excluir
    3. Interessante destacar que a contabilidade da Câmara e a da Prefeitura são feitas em Belo Horizonte, tudo debaixo de sete chaves, tudo muito escondido. Imaginem a roubalheira que deve ocorrer...

      Excluir
    4. Lucinha, evangélica santinha do pau oco, o que vai dizer na sua igreja?

      Excluir
    5. Shirley Aparecida Fonseca04/11/2012 21:11

      NADA. Lucinha da doença não dirá nada para os "irmãos" da igreja e continuará sendo ovacionada. No caso da derrota nas urnas, a acolherão como sendo A INJUSTIÇADA.

      Não é disso que o povo gosta? Não é da mentira que o povo sobrevive? Ser ludibriado, para a maioria, tem sido a melhor forma de sobreviver. Há pessoas que gostam exatamente desse tipo de vida. Quanto mais enganados, melhor.

      Essa é a vida de gado, literalmente.

      Excluir
  59. MAIS DENÚNCIAS CONTRA VEREADORES DE PIRAPORA
    *******
    03/11/2012 09:41 - Atualizado em 03/11/2012 09:41

    Vereadores fazem prestação de contas fictícia em Pirapora

    Amália Goulart e Humberto Santos - Do Hoje em Dia

    Em Pirapora, no Norte de Minas, todos os dez vereadores não só compram combustível à revelia como alugam carros e contratam advogados sem ter que prestar contas e sem se preocupar com os valores. É a conclusão de um relatório técnico de auditoria do Ministério Público de Contas, órgão vinculado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), ao qual o Hoje em Dia teve acesso e publica informações desde ontem.

    Os parlamentares alugam veículos sem apresentar contratos ou notas fiscais e, quando apresentam, os valores pagos não correspondem aos de mercado. As situações chegam a ser inusitadas e se repetem desde 2009.

    A vereadora Ana Lúcia de Souza Rodrigues (PSC), por exemplo, alugou um Saveiro, ano 1985, por R$ 1 mil por mês. O valor de mercado do veículo é de R$ 4.715. Em pouco mais de quatro meses a vereadora conseguiria comprar o automóvel. Porém, pagou as mensalidades de aluguel por nada menos que três anos. Daria para comprar quase oito Saveiros iguais ao alugado.

    Contratos

    “A falta de razoabilidade é ainda mais aparente nos contratos celebrados pela vereadora Ana Lúcia de Souza Rodrigues, que em 32 meses de locação do veículo VW Saveiro, placa GMA-2138, ano/modelo 85/85, despendeu R$ 38.300, valor suficiente para comprar aproximadamente 8 automóveis similares ao alugado (um veículo a cada 4 meses de locação)”, afirma relatório do Ministério Público de Contas do Estado.

    Dos dez vereadores, apenas um, Egnaldo Barbosa Júnior (PPS), apresentou valor compatível com a realidade, em 2010. Mas, no ano anterior e no seguinte, ele incorreu na mesma irregularidade dos colegas.


    Impugnação

    O parlamentar Orlando Pereira Lima (DEM) além de ter alugado um veículo com preço superior ao de mercado apresentou contrato de locação no valor de R$ 1.050 e foi reembolsado em R$ 1.500. “Irregularidades dessa natureza reforçam a necessidade de impugnação plena de todos os gastos com locação de veículos, porque, além da extrema fragilidade da liquidação da despesa, houve evidente e injustificado abuso na prestação de contas da verba de gabinete”, diz trecho do relatório.

    O vereador Sebastião de Souza Santana (DEM) alugou um Fiat Palio e foi reembolsado pelo valor, em 2010. No entanto, não apresentou sequer o contrato de locação. Nem mesmo cadastrou o veículo na Câmara. Apenas disse que tinha alugado um automóvel e o valor que deveria ser restituído. Isto bastou para que recebesse o dinheiro mensalmente.


    Recibos

    No ano seguinte, os recibos vieram, mas foi encontrada outra forma de infringir à lei. “O descontrole é tamanho que o Vereador Sebastião de Souza Santana apresentou recibos de locação de carro com valor superior ao previsto no contrato, sendo reembolsado sem qualquer objeção”, informou o documento oficial.

    Já o parlamentar Celso Leonardo Ribeiro de Oliveira (PR) até cadastrou e apresentou contrato do Gol alugado. Mas não mostrou à Câmara os recibos pela prestação do serviço.

    O Ministério Público de Contas quer que os dez vereadores devolvam os recursos gastos de forma irregular. Somadas as quantias despendidas de forma errônea com combustível, locação de veículos e contratação de advogados chega-se ao valor de R$ 873 mil.

    Leia mais na Edição Digital.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E daí? Roubar em Pirapora pode. Esse tal de Ministério Público vai fazer alguma coisa? Lógico que não! Fica aí de conversinha fiada, de bla bla bla, mas tomar atitude que é bom, nada.

      Excluir
    2. O Ministério Público está investigando, kkkkk, ai que mêda, dizem os vereadores. Mais um processo que não vai dar em nada, kkkkk

      Excluir
    3. Marcos Paulo04/11/2012 21:04

      E ainda há quem acredite que o MP fará algo em favor da moralidade aqui em Pirapora. Faça-me rir.

      Excluir
  60. Se gritar pega ladrao nao fica um politico nessa terra,que vergonha eleitor voce colocou de volta um bando de ladrao.
    vide Hoje em Dia 03/11/2012.
    A moral destes larapios do dinheiro publlico esta na lata do lixo,desanimo de ver que nesta terra so estamos tendo provas de que os atuais politicos sao todos ladroes caras de pau.

    ResponderExcluir
  61. Como uma notícia pode gerar muitas interpretações!
    Sobre as duas reportagens do jornal Hoje em Dia, não duvido de sua veracidade, pois as provas são reais e contundentes. Elas existem e quem burlou a lei deve ser punido, afinal o dinheiro é do povo.
    Questiono, sim, por que essas informações foram reveladas somente agora, depois das eleições, quando foram reeleitos três vereadores, um passou a vice-prefeito, e outro será secretário municipal. Aí sim, pode ser publicado, já que não haveria mais possibilidade de uma derrota eleitoral para os amigos do prefeito e, no embalo, desmoralizaria os vereadores de oposição e o desafeto Domingos.
    A primeira turma de auditores veio em outubro de 2011 e a segunda em fevereiro deste ano, e somente agora os dados desses relatórios foram repassados para a jornalista. Para mim, a motivação das reportagens não me convenceu. E desconfio muito da participação do prefeito de Pirapora e de seu amigo do TC neste noticiário.
    Outra coisa: as duas auditorias foram feitas na Câmara Municipal e, principalmente na Prefeitura, com verificação in loco da real aplicação das verbas. Quantos de nós encontramos os carros do TCEMG pelas ruas da cidade, com engenheiros e técnicos fazendo as medições. E por que nada do que foi descoberto, nas duas auditorias, jamais foi revelado e divulgado em nenhum jornal? Por que o prefeito está sendo blindado? Por que a corrupção na Prefeitura está sendo escondida, ou pelo menos, omitida?
    Esta é a minha primeira interpretação sobre as notícias do Hoje em Dia. Ainda quero escrever mais sobre este assunto. Mesmo indignada e decepcionada, quero ir mais além.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho minhas dúvidas. Penso que se o prefeito estivesse por trás dessas publicações, elas poderiam ter ocorrido antes das eleições, centralizando o foco em Groselha e Egnaldinho que, como se viu, não destoam dos demais no mau emprego do dinheiro público... Isso fatalmente respingaria na candidatura de indalécio, com ampla divulgação na tevê e na rádio chapa branca do itinerante, que explorariam os fatos sem dó. Inexplicável é a campanha do indalécio ter ignorado a grossa corrupção instalada na prefeitura, diversas vezes divulgada no Hoje em Dia...

      Excluir
    2. Atrapalharia também a reeleição dos vereadores do prefeito e, logicamente, do cangaceiro e do pitaco.
      Respingaria, portanto, nas duas chapas de prefeito e de vereadores, da situação e da oposição.
      Concordo com o anônimo das 14:11. Precisamos ler as linhas e as entrelinhas da notícia.

      Excluir
    3. Discordo. Não atrapalharia a turma do prefeito porque, se dependesse dele, os amiguinhos do itinerante não seriam citados, apenas groselha e egnaldinho.
      A essa altura, pouco importa a origem da matéria, o que interessa é saber que o executivo e o legislativo navegam no mesmo mar de lama da corrupção, ambos surrupiando o dinheiro público, não estão nem aí pra ética, muito menos para o povo. Bolsos cheios, sabem que ficarão impunes mesmo...

      Excluir
    4. Anônimo 04/11/12 00:33, concordo plenamente com o seu comentário, excetuando apenas o vereador Domingos do INSS, desta câmara que aí está, até que me provem o contrário.

      Excluir
  62. É uma pena que as pessoas de Pirapora não gostem de gente séria como Domingos do INSS, pois foi o único que não se beneficiou desta sujeirada toda. Trouxe de volta o posto da Receita Federal e inúmeras outras coisas,mas isto não traz votos. Ser honesto hoje é defeito! Parabéns Domingos. Meu voto não foi perdido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Domingos não se reelegeu porque exerceu o mandato com honestidade, não aceitando participar das maracutaias propostas pelo itinerante

      Excluir
    2. NINGUÉM é honesto naquela Casa. NINGUÉM!

      Excluir
  63. Concordo inteiramente com você, anônimo das 14:11.
    Não duvido das ilegalidades, mas tenho certeza absoluta de quem partiu a liberação dessas informações ao jornal Hoje em Dia, somente agora e apenas dos vereadores. E o prefeito? E as licitações fraudulentas sobejamente comprovadas?

    ResponderExcluir
  64. Somente Groselha pagou um assessor jurídico para defender seus interesses?
    E os outros vereadores? Tenho informações fidedignas que existem muitos advogados que prestam serviços para a maioria dos vereadores e recebem através das verbas de gabinete. Cadê os nomes dos vereadores e de seus assessores jurídicos?
    Somente Groselha e Dr. Eugênio é que podem ter seus nomes divulgados? Porque um é irmão e o outro advogado de Indalécio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 16:55, aproveite que suas informações são fidedignas e relate aqui pra nós os nomes dos vereadores e dos advogados pagos com as verbas de gabinete. Queremos saber!

      Excluir
    2. Fique tranquilo. Quando tiver as provas completas posto no blog. Preciso estar com os documento em mãos, para não prejudicar a Dra. Myriam.
      Os profissionais são muito conhecidos e os valores escandalosos.

      Excluir
    3. Esses profissionais e os valores escandalosos serão relacionados aqui, como diriam os personagens de Gabriela, "mais é nunca" rs rs

      Excluir
  65. E o cangaceiro, que nem foi citado hoje no jornal, é um santo vereador? Tem mais irregularidades do que todos os outros vereadores juntos. São inúmeras ilegalidades conhecidas dentro da Câmara, que espero ter sido descobertas pelo TC.
    Sem contar que é proprietário de uma empresa de transporte escolar, que deve a todos os entes da federação, é inadimplente e, portanto, não pode participar de licitação pública, está em nome de dois familiares-laranjas, sendo sua irmã a procuradora da firma, e que contrata com a prefeitura desde 2005.
    Querer poupar bandido porque é amigo do prefeito e do pitaco, pra mim é demais. Não sou otário.

    ResponderExcluir
  66. UAI MAS O TC NAO E´COMANDADO POR W.A?
    ESSE NAO E´AMIGAO DO INTINERANTE LADRAO?
    ESTAMOS FERRADOS DESSE JEITO,HA MUITA PODRIDAO NESSE MEIO.
    LEO SUJEIRA E SEU VICE CANGACEIRO VAO QUEBRAR O RESTO QUE SOBRAR DESSE PASO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bingo!
      Vc está certíssimo!
      As informações liberadas sobre vereadores e retidas sobre o prefeito têm as digitais desse sujeito. A repórter só fez publicar o que foi liberado. Monitoramento total.
      A amizade é grande. Perpassa o TC e vai para o TJ.

      Excluir
    2. Não adianta querer repassar para os outros a responsabilidade que também é nossa. O pitaqueiro maldito e o cangaceiro troglodita vão quebrar o resto que o itinerante deixar porque foram eleitos por 52% dos votantes locais. Para não falar na omissão, na inoperância, na covardia, na pusilanimidade, no comodismo de quase todos nós. Se a doutora miryam não tivesse criado este blog, nem isso estaríamos fazendo, ou seja, atrás de um teclado, no conforto dos nossos lares, dando inflamados palpites, enquanto os cofres municipais são assaltados. Os caras aumentam o IPTU. Nossa reação? Vamos lá e pagamos. Dobram a tarifa da água ao bel-prazer deles. Nossa atitude? Vamos lá e pagamos. Superfaturam shows do centenário e outros mais? Nossa reação? Assistimos e aplaudimos. Duas portas na fundação? Nossa reação: apresentamos nossa carteirinha do plano de saúde, assinamos papeis confirmando que fomos atendidos pelo SUS e tudo bem, tamos nem aí pros pobres que na porta dos fundos esperam horas intermináveis com uma fitinha no braço... Na merenda escolar superfaturada, assaltada, roubada, servem ovo ou salsicha a preço de filé mignon. Nossa reação? Damos de ombro, afinal nossos filhos estudam em escolas particulares. E depois a culpa é apenas do TCE, do TJ e do MP?

      Excluir
    3. Anônimo 04/11/12 09:58 o seu comentário diz tudo. É OSSO! OSSO DURO DE ROER!

      Excluir
  67. Os piraporenses honestos querem ver também informações do TC sobre as auditorias feitas na Prefeitura. Como também o resultado da Operação Waterloo.
    Foi bom saber de todos os trambiques de vereadores. Agora queremos saber muito mais. Que a bola da vez seja o prefeito e toda sua administração. De 2005 até a última auditoria. Se parar nos vereadores, pra mim é apenas uma cortina de fumaça lançada para preservar o chefe da gang.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo 03/11/12 17:33, CONCORDO E ASSINO EMBAIXO.

      Excluir
  68. ESTA É A PIRAPORA DECADENTE:

    Anônimo 02/11/12 07:23
    Festa na madrugada do dia de finados na casa de uma conhecida periguete.
    Quem passava pela rua era agredido com palavrões, gestos indecentes e até orgaos sexuais eram exibidos.
    Imagina o que estava rolando lá dentro.
    Foram cenas chocantes.




    Anônimo 02/11/12 12:09
    A um tempo atrás muita gente que passou pela avenida viu uma sessão de fotos de jovens nus naquela casa. Eles não importam não. Acham tudo muito natural.
    Imagina se a moça tivesse sido eleita, o que faria na tribuna da Câmara?




    Anônimo 02/11/12 14:29

    Anônimo das 7:23,
    por que vc não chamou a PM?
    por que vc não tirou retrato com seu celular e jogou no youtube?



    FLOR DOS BURITIS 02/11/12 12:18
    Eles gostam da safadeza desde que moraram em Buritizeiro. Conheço cada caso horroroso dessa família. A má fama por aqui é antiga. Só cruzaram a ponte e o rio. As práticas imorais continuam as mesmas, só que com mais dinheiro.




    PAULÃO 02/11/12 15:17
    UMA PUTARIA GENERALIZADA!


    PAULÃO 02/11/12 15:18
    FOI A PERIGUETE DOS UNIFORMES OU FOI A DOIDONA DA FILHA DELA?


    Shirley Aparecida Fonseca 02/11/12 16:02
    Gente, a questão é a seguinte: TÁ TUDO DO-MI-NA-DO! Simples assim. Afinal, há 08 anos a pornografia é que manda e desmanda nesta cidade. Só não vê quem não quer.


    Anônimo 02/11/12 17:00
    O Poder Judiciário em Pirapora não esta dominado.


    Anônimo 02/11/12 17:12
    Uniformes e mochilas já estão na ordem do dia para serem vendidos (serão entregues???) pela periguete criminosa das licitações. Tá na hora de incrementar o faturamento. Muitas despesas de campanha para serem cobertas. Antes, fantasias e camisetas para o carnaval


    Anônimo 02/11/12 17:17
    Gente, se a mocinha gosta de sexo, que mal há nisso? Talvez seja uma forma de compensação pelo prazer não obtido nas urnas...


    Gú 02/11/12 18:19
    A doida faz suruba c o dinheiro publico das licitações fraudulentas. Lembram a boutique dela ganhou a licitação das máquinas para o centro viva vida.


    rua maranhão 03/11/12 12:02
    etá piriguete safada! Tbm com a família que tem a educação passou longe.



    SE A DOIDA FILHA DA PETIGUETE TIVESSE SIDO ELEITA TERÍAMOS NAS REUNIÕES UMA SESSÃO DE PORNOGRAFIA EXPLICITA. VAI GOSTAR DE PUTARIA ASSIM NA PQP!!!!!

    Cândida02/11/12 16:10

    PAULÃO 02/11/12 15:16, mesmo a tresloucada não tendo sido eleita, já temos assistido de camarote a derrocada moral desta cidade, graças à pornografia pública do itinerante e de sua corja maldita.
    Por acaso, você teve a infeliz oportunidade de ver no fb a postagem de um fake que montou Jesus Cristo dando dedo para Indalécio? A moralidade e a ética que deveriam ser a tônica de pessoas civilizadas, aqui em Pirapora, alcançou este nível degradante, uma verdadeira desgraça.



    Anônimo 02/11/12 16:59
    nunca vi tanta baixaria como a turma do warmi... fez durante as eleições. Montagens imorais, comentários obcenos nas redes sociais. Puxa, como essa quadrilha é baixa, né?!

    INDUSTRIAL 03/11/12 12:12
    tenho vontade de vomitar, evacuar com tanta falta de respeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquela família vive na lata do lixo. Não respeita ninguem pois se diz protegida pelo prefeito, vive da corrupção dos cofres públicos, não tem nível moral e é dada às práticas imorais e pornográficas, é desprovida de educação, se utiliza das ações cretinas de brigas e de confusões, dá golpes de todos os tipos um atrás do outro, é a arrogância que virou falta de educação, é a vigarice personificada, é a delinquência declarada.

      Excluir
    2. Só mesmo um estranho como o pitaco, que não conhece as pessoas e nem as famílias de Pirapora, para investir 150 mil reais na campanha da periguete filha, a fim de elegê-la vereadora. Sem educação, sem princípios, sem limites, sem formação intelectual, sem pais educadores e que são péssimos exemplos, uma jovem sem futuro.

      Excluir
    3. CAPITAL MORENA04/11/2012 21:00

      Tudo o que se refere a esta família, se é que se pode considerar aquele amontoado de família, a da periguete, nada me surpreende, nem tampouco o investimento que recebem do itinerante e do pitaco, pois são farinha do mesmíssimo saco, se merecem, chafurdam na mesma lama podre da corrupção.

      Excluir
  69. Camiseta Amarela04/11/2012 09:37

    A maioria dos que votaram no pitaco, vendida, comprada, ameaçada, empregada ou simplesmente apática, entregou Pirapora novamente nas mãos dos corruptos.
    Cabe a nós, que não participamos deste crime eleitoral, uma posição firme de cidadania, seja da maneira que nos for possível fazer e caminhar. Sabemos contra quem vamos lutar e contra o que vamos combater. Esta última eleição nos deu muitas lições. Ficar de braços cruzados, achar que pouco ou nada podemos fazer, deixar a desesperança tomar conta de nós, abandonar os sonhos de uma cidade para todos os piraporenses, ter medo da perseguição dos poderosos, nunca mais. E isto já é um ótimo começo de uma longa jornada contra a cruel realidade vivida em Pirapora, cuja história precisa ser reescrita.
    E apesar do prefeito e sua caterva tentarem domar o MP e o Judiciário, esperamos que a justiça, mesmo muito lenta, seja feita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camiseta Amarela, saudades da sua verdade! Não some não, pois precisamos muito dos seus comentários lúcidos e pertinentes.
      Abraços,
      Leonice

      Excluir
  70. 04/11/2012 08:11 - Atualizado em 04/11/2012 08:11

    Gastança nas Câmaras

    Do Hoje em Dia

    Nas últimas eleições em Pirapora, quase 30 mil eleitores votaram nos dois candidatos a prefeito e elegeram Léo Silveira, do PSB, que tinha o apoio do prefeito Warmilon Braga, do DEM, mesmo partido do candidato a vice, vereador Esmeraldo Pereira Santos. Este vereador é o presidente da Câmara Municipal, que na atual legislatura aumentou o número de vereadores, de dez para quinze. Apesar disso, apenas três se reelegeram.

    Como em Pirapora, vereadores pelo país afora aumentaram seu número em centenas de municípios, de modo que a partir de janeiro próximo o país terá mais 5 mil vereadores, todos remunerados pelos cidadãos que pagam impostos. O número total de vereadores fica perto de 57 mil. Se a maioria se comportar como os dez atuais vereadores de Pirapora, o rombo nas contas públicas será significativo.

    Nas duas últimas edições, este jornal revelou que a inspeção do Tribunal de Contas do Estado na Câmara Municipal de Pirapora descobriu que todos os vereadores apresentaram notas irregulares para receber verbas de gabinete, nos três últimos anos. Não foram verificadas ainda as contas deste ano, mas não há motivos para acreditar que os desvios tenham cessado em ano eleitoral.

    O caso mais escandaloso é o do vereador Celso Oliveira, do PR, que não foi reeleito. Conforme apurou o jornal, a quantidade de álcool, gasolina e óleo diesel comprada pelo vereador com a verba de gabinete daria para seu veículo rodar mais de 80 mil quilômetros. Ou 537 quilômetros por dia. Todos os colegas tiveram problemas também com o aluguel de veículos, entre outras despesas. O Ministério Público vai tentar recuperar na Justiça um total de R$ 873 mil gastos irregularmente pelos 10 vereadores.

    Pirapora não é exceção entre os municípios brasileiros. O Congresso Nacional tem parte da culpa, pois aprovou em 2008 a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 58, que possibilitou o aumento do número de vereadores, até 30 de junho deste ano. É verdade que ela também impôs restrições financeiras às Câmaras Municipais, para evitar aumento de despesas em razão do acréscimo de vereadores. Mas não se espera que as restrições sejam obedecidas. O que falta na verdade é espírito público e razoabilidade no momento de decidir como gastar os impostos. Em Pirapora, a Câmara se reúne um único dia por semana. Em vez de elevar o número de vereadores, a cidade poderia ter aumentado o número de dias em que eles discutem as novas leis.

    HOJE EM DIA, 4-11-2012

    ResponderExcluir
  71. A FOLHA DE S. PAULO INCORRE EM ERRO. O MAIS RICO É O ITINERANTE, SE INCLUIRMOS O LARANJAL

    04/11/2012 - 04h15

    Interior de MT terá o prefeito mais rico do país

    FÁBIO LEITE
    COLABORAÇÃO PARA A FOLHA
    PAULO GAMA
    DE SÃO PAULO

    Lucas tem 24 anos e, apesar da pouca idade, é um importante produtor de soja, milho e algodão no interior do Mato Grosso. Mais recentemente, passou a investir na pecuária. Os negócios ganharam escala chinesa e vão lhe assegurar R$ 144 milhões na conta em 2013.

    Otaviano tem 53 anos, investe há mais de duas décadas nos mesmos negócios e na mesma região. Virou acionista majoritário de uma das maiores companhias agrícolas do país e tem em patrimônio declarado mais que o dobro de Lucas: R$ 321 milhões.

    Lucas do Rio Verde é uma cidade com cerca de 50 mil habitantes que fica a 350 km de Cuiabá (MT). E Otaviano Pivetta (PDT) será seu prefeito a partir de janeiro.

    A vitória em Lucas nas eleições rendeu a Otaviano o posto de novo prefeito mais rico do país. "Só ser for entre os que declaram. Infelizmente, há tanta gente que não declara o que realmente tem. Eu declaro todos os meus bens pelo valor real", diz.

    Apesar da modesta receita anual da cidade, menos da metade da soma de seus bens, o empresário pedetista teve de investir alto para voltar a ser prefeito. Ele já governou Lucas entre 1997 e 2004 e elegeu seu vice, o atual prefeito Marino Franz (PPS).

    EM FAMÍLIA
    Ex-deputado estadual e ex-secretário do governo do hoje senador Blairo Maggi (PR), Otaviano travou um duelo milionário com o primo Rogério Pivetta Ferrarin (PMDB). Cada um investiu cerca de R$ 1 milhão nas respectivas campanhas. Otaviano venceu com 2.277 votos de diferença.

    Quase toda a campanha foi financiada com recursos próprios obtidos dos lucros das empresas. A maior delas, a Vanguarda do Brasil, fica na vizinha Nova Mutum (MT), que será governada pelo irmão Adriano Pivetta (PDT), com bens de R$ 16,7 milhões.

    O envolvimento de empresários milionários na política da região não é um fenômeno restrito à família Pivetta. Levantamento feito pela Folha mostra que Mato Grosso concentra os futuros chefes de executivos municipais mais ricos do país.

    Os prefeitos eleitos para administrar os 141 municípios do Estado declararam à Justiça Eleitoral R$ 825 milhões em bens, média de R$ 5,9 milhões por político.

    DOBRADINHA
    O segundo colocado no ranking dos mais ricos em todo o país é o futuro prefeito de Cuiabá, capital do Mato Grosso. Mauro Mendes (PSB), que venceu o petista Lúdio Cabral no segundo turno, declarou neste ano ter R$ 116,8 milhões de patrimônio.

    O valor é o dobro dos R$ 57,1 milhões que ele informou em 2010, quando disputou o governo do Estado. Na ocasião, seu vice na chapa era o líder do ranking, Otaviano Pivetta. A dupla perdeu para Silval Barbosa (PMDB).

    "Nunca reparei nisso [patrimônio maior que a receita anual da cidade]. Gosto de realizar, independentemente se vou usufruir, me dedico ao desenvolvimento econômico. Estamos fazendo um pedacinho de Brasil diferenciado em Lucas", afirma Otaviano.

    ResponderExcluir
  72. Do Terra

    Lista aponta 10 'práticas de corrupção' do dia-a-dia do brasileiro

    MARIANA DELLA BARBA

    Quase um em cada quatro brasileiros (23%) afirma que dar dinheiro a um guarda para evitar uma multa não chega a ser um ato corrupto, de acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e o Instituto Vox Populi.

    Os números refletem o quanto atitudes ilícitas, como essa, de tão enraizados em parte da sociedade brasileira, acabam sendo encarados como parte do cotidiano. "Muitas pessoas não enxergam o desvio privado como corrupção, só levam em conta a corrupção no ambiente público", diz o promotor de Justiça Jairo Cruz Moreira.

    Ele é coordenador nacional da campanha do Ministério Público "O que você tem a ver com a corrupção", que pretende mostrar como atitudes que muitos consideram normal são, na verdade, um desvirtuamento ético. Como lida diariamente com o assunto, Moreira ajudou a BBC Brasil a elaborar uma lista de dez atitudes que os brasileiros costumam tomar e que, por vezes, nem percebem que se trata de corrupção. A lista inclui não dar nota fiscal, não declarar Imposto de Renda (IR), tentar subornar o guarda para evitar multas, falsificar carteirinha de estudante, dar/aceitar troco errado, roubar TV a cabo, furar fila, comprar produtos falsificados, no trabalho, bater ponto pelo colega e falsificar assinaturas.

    "Aceitar essas pequenas corrupções legitima aceitar grandes corrupções", afirma o promotor. "Seguindo esse raciocínio, seria algo como um menino que hoje não vê problema em colar na prova ser mais propenso a, mais pra frente, subornar um guarda sem achar que isso é corrupção." Segundo a pesquisa da UFMG, 35% dos entrevistados dizem que algumas coisas podem ser um pouco erradas, mas não corruptas, como sonegar impostos quando a taxa é cara demais.

    Otimismo
    Mas a sondagem também mostra dados positivos, como o fato de 84% dos ouvidos afirmar que, em qualquer situação, existe sempre a chance de a pessoa ser honesta.

    A psicóloga Lizete Verillo, diretora da ONG Amarribo (representante no Brasil da Transparência Internacional), afirma que em 12 anos trabalhando com ações anti-corrupção ela nunca esteve tão otimista - e justamente por causa dos jovens.

    "Quando começamos, havia um distanciamento do jovem em relação à política", diz Lizete. "Aliás, havia pouco engajamento em relação a tudo, queriam saber mais é de festas. A corrupção não dizia respeito a eles." "Há dois anos, venho percebendo uma grande mudança entre os jovens. Estão mais envolvidos, cobrando mais, em diversas áreas, não só da política." Para Lizete, esse cenário animador foi criado por diversos fatores, especialmente pela explosão das redes sociais, que são extremamente populares entre os jovens e uma ótima maneira de promover a fiscalização e a mobilização.

    Mas se a internet está ajudando os jovens, na opinião da psicóloga, as escolas estão deixando a desejar na hora de incentivar o engajamento e conscientizá-los sobre a corrupção.

    "Em geral, a escola é muito omissa. Estão apenas começando nesse assunto, com iniciativas isoladas. O que é uma pena, porque agora, com o mensalão, temos um enorme passo para a conscientização, mas que pouco avança se a educação não seguir junto", diz a diretora. "É preciso ensinar esses jovens a ter ética, transparência e também a exercer cidadania."

    Políticos x cidadão comum
    Os especialistas concordam que a corrupção do cotidiano acaba sendo alimentada pela corrupção política. Se há impunidade no alto escalão, cria-se, segundo Lizete, um clima para que isso se replique no cotidiano do cidadão comum, com consequências graves. Isso porque a corrupção prejudica vários níveis da sociedade e cria um ciclo vicioso, caso de uma empresa que não consegue nota fiscal e, assim, não presta contas honestamente.

    CONTINUA NO PRÓXIMO POST

    ResponderExcluir
  73. CONTINUAÇÃO DO POST ANTERIOR


    De acordo com o Ministério Público, a corrupção corrói vários níveis da sociedade, da prestação dos serviços públicos ao desenvolvimento social e econômico do País, e compromete a vida das gerações atuais e futuras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E veja o que um leitor do site Terra postou como comentário:

      LaDitadora
      04/11/2012, 14h22
      E DESDE QUANDO MINISTÉRIO PUBLICO DE MINAS TEM MORAL PRA FALAR ALGUMA COISA? AQUI PROMOTOR VIVE VIAJANDO, DE LICENÇA, TRABALHANDO 4 HORINHAS POR DIA, SE RECUSANDO A ATENDER AS PESSOAS E NO FINAL DO MÊS RECEBEM COMO SE TIVESSEM TRABALHADO COMO TODOS NÓS. SE ISSO NÃO É CORRUPÇÃO O QUE É ENTÃO?
      responder

      reportar abuso

      excluir
      9 up 1 down

      Excluir
    2. Lindolfo Silva04/11/2012 22:39

      Anônimo 04/11/12 10:29, TEORIA, TEORIA, TEORIA... NA PRÁTICA A HISTÓRIA É OUTRA. PAPAI NOEL E COELHINHO DA PÁSCOA SÃO PRA BOI DORMIR.

      Excluir
  74. ” Quando voçe quiser desistir
    E seu coraçao estiver prestes a partir
    Lembre-se que voce é perfeito
    Deus não comete erros”

    Jon Bon jovi

    ResponderExcluir
  75. Pois aqui em Pirapora eu confio muito no trabalho da Dra. Graciele e na determinação em fazer justiça da Dra. Arlete.
    Não nos decepcionaram. Se desdobram para banir a corrupção de nossa cidade. Ainda não conseguiram, mas não desistem.
    Não tenho o mesmo conceito das instâncias superiores.

    ResponderExcluir