sábado, 3 de março de 2012

ACP contra a Fundação Hospitalar Dr. Moises Magalhães Freire

Nos últimos dias muitos foram os comentários sobre a ação civil pública movida pelo Ministério Público de Minas Gerais contra a Fundação Hospitalar Dr. Moises Magalhães Freire.

Destaquei alguns pontos da petição inicial desta ACP, que seguem abaixo.

Ressalto que existem provas nos autos, conforme relatado na ACP dando conta de situações gravíssimas, tais como:

Um paciente procurou atendimento na Fundação. Inicialmente, o paciente foi atendido pelo SUS, ocasião em que foi submetido a uma cirurgia ortopédica. Contudo, ao retornar ao hospital para a continuidade do tratamento foi compelido a pagar pelos serviços (ff. 415/416).

Situação análoga ocorreu com outra paciente, que procurou atendimento na Fundação, ocasião em que foi atendida no “pronto-socorro” do hospital (f. 404). A paciente esclareceu que, naquela oportunidade, o médico plantonista colocou uma “tala” em sua perna, liberando-a para voltar para casa, devendo retornar, no dia seguinte, para atendimento com o médico especialista. Ocorre que, ao retornar para o hospital, a paciente foi “direcionada” para atendimento privado (f. 406).

1. SÍNTESE DO OBJETO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA:

A presente ação civil pública tem por objetivo fazer com que a Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire – entidade instituída pelo Município de Pirapora com a finalidade de atuar como um hospital público –, respeite os princípios do Sistema Único de Saúde e passe a atender, exclusivamente, os usuários desse sistema, abstendo-se de destinar sua capacidade operacional, construída com recursos públicos, mais precisamente com recursos do orçamento da Seguridade Social, para a prestação de serviços de natureza privada, ou seja, para pacientes particulares ou clientes de planos e seguros de saúde, nessa condição.

2. FUNDAMENTOS DE FATO E DE DIREITO:
2.1 Aspectos fáticos envolvendo a instituição da fundação-ré

A Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire, entidade pública de natureza fundacional, foi instituída pelo Município de Pirapora/MG.

O processo de instituição da nova entidade teve início com a aprovação da lei municipal de n.º 1.882/2007 (cópia inserida às ff. 70/74 do Inquérito Civil anexo).

A referida lei, em seu artigo 1º, autorizou o Município de Pirapora a “instituir e contribuir na manutenção de uma Fundação”, com o objetivo de “prestar serviços de saúde de caráter social”. A mesma lei, em seu art. 4º, §2º, especificou o objetivo da fundação como sendo o de “atender 100% (cem por cento) da demanda do Sistema Único de Saúde (SUS) que lhe forem encaminhados pelo Gestor de saúde do Município”.

Não obstante, a Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire vem atuando, no âmbito do Sistema Único de Saúde, como se fora um mero prestador privado de serviços, em nítida violação aos princípios vetores desse sistema, tal como estabelecidos pelo Constituinte Originário que, de forma inovadora, impôs ao Poder Público a condição de protagonista em matéria de prestação de serviços de saúde, reservando, à iniciativa privada, a possibilidade de atuação apenas complementar nesse sistema.

E mais. Esse ilegal tratamento conferido à fundação-ré tem permitido, lamentavelmente, a ocorrência de outro gravíssimo desvirtuamento do sistema, consistente no fato de que parte da capacidade operacional da referida fundação municipal vem sendo utilizada para atendimento de pacientes particulares e de convênios privados.

2.2 Aspectos jurídicos que impõem a conclusão de que a fundação-ré é uma entidade pública resultante do fenômeno da descentralização administrativa

Ao instituir a Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire, o Município de Pirapora não criou uma entidade privada com a qual, posteriormente, pudesse contratar a prestação de serviços. Ao fazê-lo, simplesmente descentralizou parte de suas funções administrativas, criando uma pessoa jurídica para assumir essa função descentralizada.

Não bastassem esses aspectos formais, uma breve análise das regras de direito civil previstas para as fundações privadas também impõe a conclusão de que a fundação-ré não poderia ser considerada uma fundação privada, porquanto, ao ser instituída, não foi dotada de um patrimônio suficiente para o cumprimento de sua finalidade.

A lei municipal que autorizou a instituição da fundação-ré também estabeleceu a forma pela qual o Município de Pirapora manteria a entidade, nos seguintes termos:

Art. 4º O Executivo consignará dotação orçamentária, em forma de subvenção, para auxílio na manutenção da Fundação, não podendo tal dotação ultrapassar a 3% do Orçamento do Município. (grifei).

O artigo 4º, §1º da referida lei estabeleceu o mecanismo de repasse dos recursos públicos: a fundação receberá os repasses mensalmente e em forma de duodécimos.

Relevante o fato de que a dotação inicial destinada à instituição da nova fundação constituiu-se apenas de “equipamentos e utensílios”, conforme se extrai do disposto no artigo 3º da Lei Municipal nº 1882/2007. É fácil perceber, pois, que a fundação-ré não teria conseguido sustentar-se não fosse o “auxílio”, posterior a sua instituição, que fora prestado pelo Município de Pirapora. Aliás, quanto ao papel do Município de Pirapora na manutenção da fundação, merecem também destaque algumas deliberações tomadas em primeira reunião do Conselho Diretor da fundação, realizada em 08/10/2007 (fl. 54 do IC):

Mas não é só. Note-se que a fundação-ré, que tem como objetivo essencial funcionar como um hospital, não dispunha, como dotação inicial, de um único bem imóvel e nem mesmo de recursos para a aquisição ou locação de um. Aliás, nesse ponto, é preciso registrar que a sede da Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire é um imóvel que pertence à Fundação Nacional de Saúde – FUNASA. Como demonstra o documento de ff. 174/176 do Inquérito Civil anexo, o referido imóvel foi cedido ao Município de Pirapora, que, por sua vez, cedeu-o para a nova fundação por ele instituída (fls. 172/173 do Inquérito Civil anexo). Observe-se que, no termo de cessão de uso firmado entre a FUNASA e o Município de Pirapora consta, na cláusula segunda, subcláusula segunda, que esse imóvel deveria ser destinado exclusivamente ao Sistema Único de Saúde:

Diante dos aspectos fáticos citados, é fácil perceber que a fundação-ré não pode, de forma alguma, ser tratada como se fosse uma fundação privada. Não bastasse o fato de ter sido instituída pelo Poder Público – e isso deveria bastar, tendo em vista as regras previstas no artigo 37 da Constituição da República – resta claro que a fundação-ré não tinha uma dotação inicial suficiente para sequer conseguir se manter por um único dia.

Como já destacado, o Município de Pirapora foi autorizado por lei a “instituir e contribuir na manutenção de uma Fundação”, com o objetivo de “prestar serviços de saúde de caráter social”, devendo esta “atender 100% (cem por cento) da demanda do Sistema Único de Saúde (SUS) que lhe forem encaminhados pelo Gestor de saúde do Município”.

Com esses aportes legais e doutrinários, assenta-se, claramente, que a fundação-ré não é uma entidade privada; trata-se, à toda evidência, de um hospital público.

Em síntese conclusiva, este o quadro fático da Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire: 1) a fundação foi instituída pelo Município de Pirapora, mediante autorização legislativa; 2) a fundação tem como finalidade a prestação de serviços de saúde, serviços esses inseridos no âmbito do Sistema Único de Saúde (finalidade de atender 100% da demanda do SUS); 3) o patrimônio da fundação (dotação inicial) resumiu-se a “equipamentos e utensílios” (artigo 3º da Lei Municipal n.º 1882/2007); 4) a sede da fundação está instalada em um imóvel público, que pertence à Fundação Nacional de Saúde – FUNASA, tendo sido esse imóvel cedido para o Município de Pirapora, que, por sua vez, cedeu-o para a nova fundação por ele instituída, sendo certo que uma das condições para a cessão do imóvel para o Município de Pirapora foi a sua destinação, com exclusividade, para atividades do SUS; 5) a fundação recebe, ordinariamente, recursos públicos para sua manutenção.

Por isso, é manifesta a ilegalidade de se tratar a fundação-ré como uma entidade privada e que, com o Município de Pirapora, teria uma relação meramente contratual. Nesse sentido, o enunciado normativo contido no art. 2º da Lei nº 1.882/2007, do Município de Pirapora, no ponto em que dispõe que a autorização para instituição da nova fundação seria dada “nos termos dos artigos 62 a 69 do Código Civil Brasileiro” deve ser considerado inválido – controle de legalidade – em face do que dispõe o Decreto-Lei nº 200/67, em seu artigo 5º, §3º, já citado. Além disso, o referido enunciado normativo, no ponto citado, deve ser considerado incompatível – controle de constitucionalidade incidental – com o disposto no artigo 37 da Constituição da República de 1988.

Destarte, deve concluir-se que a fundação-ré é uma entidade estatal que presta serviço público descentralizado. Tratando-se de serviço público descentralizado, a fundação-ré, deve ser tratada, em sua essência, como um hospital público integrante do SUS.

2.3 Aspectos fáticos envolvendo a atuação da Fundação-ré

Não obstante se tratar de uma instituição pública, a fundação-ré vem atuando, no âmbito do Sistema Único de Saúde, como se fosse um mero hospital privado conveniado.

Em consulta ao Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (relatório acostado à f. 478 do IC), observa-se que a fundação-ré se apresenta como uma “Entidade Beneficente sem fins lucrativos”, integrante da esfera “privada”.

É notório o fato de que a fundação-ré tem disponibilizado toda a sua estrutura, construída com recursos públicos, para o atendimento de pacientes privados e de planos de saúde. O SUS, que deveria ser a essência da Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire, vem sendo tratado como se fosse apenas mais um de seus convênios privados, em total desvirtuamento de sua condição de instituição hospitalar de natureza pública. Há, a propósito, na sede da fundação-ré, uma portaria própria para os usuários particulares e de planos de saúde. Não por acaso, o ilegal atendimento de usuários do SUS e particulares, em hospitais públicos, ficou conhecido como o fenômeno da “dupla-porta”.

Os documentos de ff. 354/478 do IC bem demonstram as nefastas consequências de se admitir essa promiscuidade entre o público e o privado. Há evidências concretas de que a fundação-ré tem recebido pacientes que deveriam ser atendidos pelo SUS, direcionando-os para atendimento privado, mediante cobrança pelos serviços prestados.

Como se nota, o prejuízo aos usuários do SUS é manifesto. Essa promiscuidade entre o público e o privado, na fundação-ré, tem sido causa de redirecionamentos criminosos de pacientes do SUS para atendimento privado, com cobrança pelos serviços.

3. DOS PEDIDOS LIMINARES

O Ministério Público, com fundamento nos artigos 4º e 12 da Lei 7.347/85, combinados com o art. 273 do Código de Processo Civil, pede que:

a) seja determinado à Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire que se abstenha de atender usuários particulares e de planos de saúde, nessa condição, devendo destinar a integralidade de sua capacidade instalada para o atendimento de usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, fixando-se multa diária para a hipótese de descumprimento, em valor não inferior a R$50.000,00 (cinquenta mil reais); que seja ressalvado, desse comando, apenas os pacientes privados que porventura já estejam internados no hospital;

b) que seja determinado à Fundação Hospitalar Dr. Moisés Magalhães Freire que garanta atendimento integral aos usuários do SUS, de acordo com a pactuação já existente, disponibilizando 100% de seus leitos, consultas e exames aos usuários do sistema, de forma ininterrupta, sobretudo no atendimento das urgências e emergências, sob pena de multa diária a ser fixada, em valor não inferior a R$50.000,00 (cinquenta mil reais);

c) que seja determinado ao Município de Pirapora que, na condição de responsável pela integralidade da atenção à saúde de sua população, garanta, solidariamente, o atendimento dos usuários do SUS, na forma disposto do item precedente, sob pena de multa diária a ser fixada, não inferior a R$50.000,00 (cinquenta mil reais);

d) seja a decisão tomada (item a) comunicada ao Ministério da Saúde e à Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais, para que adotem as providências, no âmbito de suas competências, para a efetiva fiscalização da medida.

Pirapora/MG, 24 de novembro de 2011.

Gustavo Augusto Pereira de Carvalho Rolla
Promotor de Justiça.

201 comentários:

  1. Eles - grupo do itinerante- mentem, mentem, já perderam a noção da realidade, ou são dissimulados até o tampo, ainda bem que o MP não deixou barato.

    ResponderExcluir
  2. Contador de Pirapora03/03/2012 17:41

    Lembro de quando li uma matéria de certo jornal, onde o jornalista pede o Balanço da Fundação, o pitaqueiro respondeu prontamente que forneceria, mas depois viu que que se fizesse isso todos veriam o quanto de dinheiro rola lá dentro.
    Ele rapidamente mudou de ideia, tremeu nas bases e disse que o Balanço estava em segredo de Justiça, e nunca estava em segredo algum.

    Como eles mentem,têm compulsão pela mentira.

    ResponderExcluir
  3. O post é longo, mas todos que passarem por este blog precisam dedicar um tempinho para ler com tranquilidade a ação do MP.
    A VERDADE tem de ser conhecida, pois há na mídia do prefeito uma encenação que tenta causar terrorismo nos pacientes do SUS.

    ResponderExcluir
  4. Roberto Carlos04/03/2012 09:35

    Olha, Contador de Pirapora, sem contar com o excessivo número de funcionários contratados, muitos sem qualquer qualificação a não ser eleitores em potencial do pitaco e do sinvastatina.

    ResponderExcluir
  5. Ainda tem o caso daquela ong Brasol, que não foi devidamente explicado, cuja verba recebida passou de 2 milhões de reais para dar capacitação a todos os funcionários da Secretaria de Saúde.

    ResponderExcluir
  6. EMPREITEIRO DE PIRAPORA04/03/2012 09:42

    Na época da construção do hospital, escutava-se conversas no canteiro de obras que os caminhões traziam X de material, mas as notas eram tiradas com XXX de material. Foi um superfaturamento nas alturas, sem controle de ninguem, de nenhum órgão publico. Eles meteram a mão, sem dó nem piedade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comenta-se que até a empreiteira encarregada da pintura teve que "dividir" parte do que recebeu pelos serviços prestados e que a quadrilha não "trabalha" com comissão inferior a 50 por cento...

      Excluir
    2. Servidora da saúde05/03/2012 11:54

      literalmente fico boquiaberta com a sacanagem dos quadrilheiros liderados pelo rei ladrão w.

      Excluir
  7. O hospital é muito rentável financeiramente, haja vista o padrão de vida esplendoroso de seus diretores, médicos e cargos de primeiro escalão. Casas luxuosas, carros importados, riqueza a olhos vistos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahaha


      Grana sobrenatural


      hahahahahahahahah


      Trabalho voluntário... conversa para enganar os cidadãos.

      hahahahahahahaha

      Excluir
  8. O hospital poderá sobreviver sem o SUS?
    Os conveniados e particulares sustentam o hospital?
    Ou é o contrário?
    Cada vez que eu uso os medicamentos, instalações, equipamentos do SUS é ele quem paga e também meu plano de saúde? Há um recebimento em duplicidade?
    Cadê o balanço anual da Fundação? Onde foi publicado?

    ResponderExcluir
  9. Maria Lúcia04/03/2012 09:53

    Pode não ser ilegal mas é bastante imoral um jornal semanal publicar uma página inteira falando sobre a decisão da juíza de Pirapora, aterrorizando a população com a possibilidade do fechamento do hospital, iludindo os menos informados, sendo que seu proprietário é o diretor da Fundação. A propósito, esse diretor afirmou que tanto ele como seu filho são voluntários e não recebem absolutamente nada da Fundação.

    ResponderExcluir
  10. Acadêmico de Direito de Sete Lagoas04/03/2012 09:57

    Mesmo não tendo concluído meu curso de Direito, agradeço pelo novo post, uma oportunidade de conhecer o brilhantismo e o reconhecido saber jurídico do Promotor de Justiça de Pirapora.

    ResponderExcluir
  11. Geraldo Luiz04/03/2012 09:58

    A lei não pode ser atrelada e nem subjugada à vontade dos governantes. Tem de ser cumprida.

    ResponderExcluir
  12. O problema é que a maioria da imprensa, comprada pelo itinerante, obedece e publica o que ele manda.
    Fora as baixarias articuladas pelo pitaco, pelo ogro epancador de mulher e pelo baixinho da comunicação, cuja família está toda empregada na prefeitura. Aos dois últimos é confiado o serviço sujo.

    ResponderExcluir
  13. Camiseta Amarela04/03/2012 10:16

    "Não temo a minha morte, pois nunca vou encontrá-la. Quando ela existe eu não existo, quando existo ela não existe." (Epícuro)
    Assim, não tenho medo do prefeito e nem de seu candidato porque nunca vou encontrá-los. Onde eles estiverem, nunca estarei lá.

    ResponderExcluir
  14. Excelente postagem, doutora. É preciso mesmo expor as vísceras das ações corruptas dessa quadrilha. Se algum dia a justiça for feita, que bom será vê-lo atrás das grades...

    ResponderExcluir
  15. Está na hora dos vereadores Juscélio e Celsinho comprarem um espaço na rádio FM para que sejam veiculados seus pronunciamentos durante as reuniões da Câmara Municipal. Na rádio do prefeito serão eternamente boicotados. E a população de Pirapora precisa ouvir todos os discursos feitos pelos dois veradores.
    Não dá mais para ficar reclamando de mais uma ilegalidade do itinerante. É preciso resolver esse problema URGENTEMENTE.

    ResponderExcluir
  16. Como disse o "competente e alegre" procurador da prefeitura, eles só queriam derrubar o prazo dado na liminar da juíza de Pirapora. O julgamento pelo colegiado do Tribunal de Justiça poderá ficar para daqui 1, 10 50 anos que não tem problema. O que o prefeito quer é que tudo continue como antes: particular, convênio e SUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cícero Passos05/03/2012 09:38

      Alguns defensores , precisam reavaliar as suas posições.

      Excluir
  17. Maria Clara04/03/2012 11:02

    O Ministério Público é fiscal da lei.
    O promotor de justiça, como servidor público, precisa estar atento às demandas da sociedade.
    “É preciso ser forte e conseqüente no bem, para não o ver degenerar em males inesperados.” Rui Barbosa
    -

    ResponderExcluir
  18. Maria Clara04/03/2012 11:02

    “Quanto maior o bem, maior o mal que da sua inversão procede.” Rui Barbosa
    -

    ResponderExcluir
  19. É certo que a maioria dos Promotores de Justiça presta, diariamente, excelentes serviços à população, expondo, muitas vezes, suas vidas e de sua família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Ministério Público vem atuando de forma incansável na defesa da nossa amada cidade

      Excluir
  20. Marco Antonio04/03/2012 11:08

    Pugna pelos direitos que te confere a Lei, respeitando-a em todos os seus princípios, porque da obediência que se lhe presta, resulta a Ordem, que é a Força suave que mantém os homens em harmonia. Coelho Neto

    ResponderExcluir
  21. É no Ministério Público que todo cidadão se sente representado.
    Quantos promotores, que atuam na área de improbidade administrativa, já conseguiram recuperar recursos desviados para os cofres públicos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Eduardo, eu já vi muitos casos em que sim, a Justiça conseguiu recuperar dinheiro publico que foi desviado do cofres públicos, e este foi devidamente recuperado.

      Excluir
  22. Essa eleição de outubro será uma carnificina.
    Juízo, oposição!
    Sem união, sacrifício, desprendimento, respeito, não dá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com cada palavra, clotilde. Vc disse tudo!!!!

      Excluir
    2. TENHO NOJO DA POLÍTICA DE BAIXARIAS IMPOSTA PELO ITINERANTE E O PITAQUEIRO. QUEREM FAZER DOS NOSSOS OUVIDOS E OLHOS PRIVADAS. POLITICAGEM DE QUINTA CATEGORIA. NÃO VOTO EM INDIVIDUOS ASSIM. TENHO FILHOS E QUERO GOVERNANTES COMPROMETIDOS COM A MORAL E OS BONS COSTUMES.QUERO UMA PIRAPORA MELHOR PARA OS MEUS FILHOS.

      Excluir
    3. Morena e Anônimo,

      não esperem nobreza de caráter desta "Tchurma do itinerante".
      Eles não conhecem e nunca vão conhecer as aptidões positivas.

      Excluir
    4. A corja maldita tenta induzir a opinião pública com falsas reportagens na rádio e na tv do maior corrupto que Pirapora já teve.

      Excluir
    5. Piraporense05/03/2012 12:09

      Quanto mais eu tomo conhecimento das baixarias feitas pelo bando das trevas minha indignação aumenta contra essa gentinha. Baita abraço blog querido.

      Excluir
  23. Na situação calamitosa vivida por Pirapora é urgente a participação do candidato Indalécio Garcia.
    Não por dinheiro, porque ele não precisa da Prefeitura para viver e nem deve 13 milhões.
    Não por ambição, porque quem o conhece sabe que é um homem sério, sóbrio e sem vaidade. Não gosta de puxa-saco e nem de elogios gratuitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Indalescio não responde a nenhum processo na justiça . Tem um passado limpo. Ao contrário do forasteiro pitaqueiro. Olhos atentos piraporenses!

      Excluir
  24. José Maria04/03/2012 12:57

    “Pode-se enganar a todos por algum tempo. Pode-se enganar alguns por todo o tempo. Mas não se pode enganar a todos todo o tempo.”
    [Abraham Lincoln]
    O povo de Pirapora precisa cair na real. Essa quadrilha tem de ser explusa de nossa cidade. Chega de corrupção, de mentira, de malfeitos, de perseguição, de coronelismo!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LIGADÃO DA APARECIDA04/03/2012 20:04

      FICO ME PERGUNTANDO COMO UM hOMEM DE QUASE DUZENTOS PROCESSOS PODE GOVERNAR UMA CIDADE? POR ESSAS E OUTRAS
      OS CRIMINOSOS DEBOCHAM DESCARADAMENTE DA JUSTIÇA.

      Excluir
    2. CAPITAL MORENA04/03/2012 21:37

      Nós falamos, falamos, discordamos do que aí está. a enganação e os desmandos são impossíveis de esconder, mas a Justiça, na minha opinião, tem se mostrado tão leeeeenta.

      Excluir
    3. Professora ( municipal )05/03/2012 09:42

      Por que não botaram na cadeia um sujeito sem ética ,
      ladrão, corrupto , debochado como o Braga itinerante?

      Até quando vão continuar zombando de nós, da Justiça, do povo ordeiro e trabalhador de Pirapora?

      ?
      ?
      ?
      ?
      ?

      Excluir
  25. Advogado Piraporense04/03/2012 14:00

    Excelente postagem, Dra. Myriam. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite! O blog transparência tem ajudado as pessoas a enxergarem os reais motivos das obras públicas inacabadas, do desaparecimento das verbas, das licitações direcionadas, da falta de respeito com o cidadãos que pagam seus impostos todos os meses. Sou fã do blog!

      Excluir
  26. O Dr.Gustavo Augusto deu uma aula de Direito Constitucional e Administrativo. A peça exordial é brilhante!

    Bom começo de semana , participantes do blog mais acessado do norte de minas.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bairro Santo Antônio04/03/2012 19:08

      o Ministério Público vem atuando incansavelmente na defesa da sociedade, contra os corruptos.
      Infelizmente, o MP tem sido alvo de ataques por parte de políticos locais e de seus parceiros que desejam a todo custo prosseguir com as ilegalidades e os desvios de poder.

      Excluir
    2. Flor de Buriti04/03/2012 19:22

      A nossa população, deve enaltecer os Promotores de Justiça , que prestam um trabalho espetacular.

      Excluir
    3. Universitário Sto Agostinho05/03/2012 08:02

      Existem adEvogados ligados ao corrupto que criticam o Ministério público e a Magistratura. Tola visão de medíocres.

      Excluir
  27. É DE FICAR ESPANTADO COM O NÚMERO ENORME DE MORADORES DE RUA EM PIRAPORA. ACABEI DE PASSAR NA RODOVIÁRIA E ASSUSTEI COM A QUANTIDADE DE PESSOAS CARENTES PEDINDO COMIDA. OS EMPREGOS PROMETIDOS PELA ATUAL ADMINISTRAÇÃO NUNCA FORAM CRIADOS.

    PROMESSAS, PROMESSAS, PROMESSAS, PROMESSAS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lembrei dos vinte mil empregos da vale divulgados pelo Braga na sua rádio. O cara é um mestre da mentira.

      Excluir
    2. Pra mim, hoje, tudo está muito claro. Pira está sendo governada por uma quadrilha de corruptos sem um pingo de caráter.Inconsequentes e oportunistas.

      Excluir
    3. Foram tantas mentiras que o canalha disse ao longo dos sete anos.

      Excluir
    4. comerciante04/03/2012 19:26

      Não dá mais para acreditar no ditador corrupto. A mentira, na era das redes sociais e dos blogs, tem pernas ainda mais curtas.

      Excluir
    5. Paul

      a cidade causa espanto: mato, buraco, poeira,lixo,etc
      Graças ao descaso de um sem noção.Aff!

      Excluir
    6. Já tô vendo as promessas irreais dos seres que tratam a "res publica" como se fosse a "cosa nostra".

      Excluir
    7. Para distrair04/03/2012 20:16

      - O OSCAR DA FARSA GERAL EPIDÊMICA vai para???

      - Esperem...Ops!? Temos um empate!!!

      - O OSCARDA FARSA GERAL EPIDÊMICA vai para:

      O Itinerante corrupto e o Leleo Créu.


      - Palmas para os dois amigos. Afinal, eles criaram,

      organizaram ,estruturaram e triplicaram a

      roubalheira pública na cidade.

      Excluir
    8. se não tomarmos cuidado o dinheirão das fabricas para o centenário vai sumir. Eventos super faturados.
      Vixe! Só por Deus !

      Excluir
    9. Comerciante de olho vivo05/03/2012 09:27

      O Prefeito tbm prometeu na rádio junto ao seu secretário a vinda de várias inústrias para Pirapora.
      Outra promessa não cumprida.

      Excluir
    10. Cícero Passos05/03/2012 09:31

      ânonimo
      com certeza o din din será desviado.
      Ladrão sempre ladrão.

      Excluir
    11. S*e*r*v*i*d*o*r05/03/2012 12:28

      Os energumenos que tomaram conta de Piracity passam o

      final de semana nos sitios nas farras comendo, bebendo, jogando...


      Enqto isso....



      A SAÚDE ANDA UMA MERDA

      A EDUCAÇÃO SEM INCENTIVO,

      O SOCIAL JOGADO NO BURACO,

      O ESPORTE VIVENDO DE PROMESSAS IRREAIS,

      AS VERBAS FEDERAIS, ESTADUAIS E MUNICIPAIS TOMANDO CHÁ DE SUMIÇO,

      A CULTURA SENDO MAQUIADA.

      Excluir
  28. Dentro de tudo que foi posto pelo o promotor e vendo as vistas o que acontece em Pirapora creio que nesta próxima eleição devemos dar a esta corja de intineirantes uma resposta,retirando todos da prefeitura e camara, que esta comprada. colocando gente nova e gente que já esteve lá e conhece como gerenciar a nossa cidade temos exelentes candidatos da nossa cidade{Idálécio Sebastião são candidatos que conhecen a fundo a nossa cidade.

    ResponderExcluir
  29. Com o dinheiro que Indalécio tem, e certamente não é pouco, ele poderia pelo menos contratar um advogado para apresentar denúncias na Justiça Eleitoral contra o pitaqueiro, por propaganda eleitoral extemporânea. Seria uma forma de ele ajudar Pirapora a livrar-se desse malfeitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem tanta coisa pra ser denúnciada.


      Ninguém faz nada.


      Poucos tem a coragem e a vontade de lutar contra os bandidos instalados em Pirapora.

      Excluir
    2. Essa mistura de má gestão e política baixa é um retrato transparente da falta de preparo dos atuais administradores públicos.

      Mentem os meios de comunicação ( comprados ) quando engrandecem o itinerante. Querem impor um personagem irreal ( pura fantasia ) . A realidade é cruel!!!

      Bom , mas nunca é tarde para corrigir o erro.

      Que em 2012 saibamos escolher melhor os nossos gestantes. Precisamos escolher pessoas comprometidas com a VERDADE, COM A HONESTIDADE, COM A MORALIDADE E COM O INTERESSE PUBLICO.

      Esperemos!

      Excluir
    3. Senhor "anônimo", como sempre vocês jogam a responsabilidade para cima do outro. Assim é fácil. Coloque-se diante da situação. Coloque sua cara a tapa, pôrra! Tal qual estes grupos que foram formados no facebook. Todo mundo esperando que o outro faça alguma coisa. Enquanto isto..... alguém come caviar....

      Excluir
  30. A cada postagem da guerreira e destemida Dra. Myriam, fico mais convencida de que o sistema aqui é brutíssimo. Até quando?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. carnavalesco indignado05/03/2012 12:19

      Sempre com matérias inteligentes e brilhantes o B. Transparência nos deixa informados dos desmandos de forasteiros que enriqueceram as custas do povo trabalhador. Coisas do mundo da fantasia do itinerante alice laranjinha.

      Excluir
  31. QUANDO CGEGARÁ A VEZ DE A JUSTIÇA PEGAR OS VEREADORES DE PIRAPORA E DE BURITIZEIRO??
    #######

    IRREGULARIDADES

    Vereadores de Alfenas podem ter que devolver mais de 500 mil aos cofres públicos

    Ministério Público questiona irregularidades nos gastos com diárias de viagens. Dez dos 11 vereadores da Câmara estão envolvidos.
    03/03/2012 12h40


    ANDERSON ROCHA
    www.twitter.com/OTEMPOonline


    Vereadores de Alfenas, no Sul de Minas, podem ter que devolver mais de 550 mil reais, que foram gastos com diárias de viagens, desde o início da legislatura até agora. Dez dos 11 políticos da cidade são alvo da ação civil pública, do Ministério Público.

    Na ação do MP, são questionadas irregularidades no recebimento das verbas. Somados, os valores chegam a R$ 558.383,58. Somente um dos integrantes do Legislativo, o vereador Hesse Luiz Pereira (PSDB) não está na lista. Ele afirma que não utilizou o dinheiro das diárias.

    Alfenas já foi destaque na política nacional por um motivo ruim: em 2011, o município liderava um ranking divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional das cidades com maior número de gastos com diárias de viagens.

    Segundo os dados do levantamento, foram gastos cerca de R$ 814 mil só com viagens de vereadores e servidores da Câmara Municipal.

    Confira a lista dos vereadores e os valores que cada um terá que devolver, segundo o MP:

    Sander Simaglio Maciel (PV) - R$ 71.487,86.
    Evanilson Pereira de Andrade (PHS) - R$ 37.143,86
    Enéias Ferreira de Rezende (PRTB) - R$ 94.645,54
    José Batista Neto (PMDB) - R$ 39.490
    Antônio Anchieta de Brito (PT) (hoje secretário de Obras) - R$ 63.833,04
    Jairo Carlos Campos (PDT) - R$ 3.120
    Marcos Inácio (PT) - R$ 41.970
    Maria José Camilo (PT) - R$ 62.075,65
    Marcos Antônio de Souza (PPS) - R$ 52.008,35
    Vágner Tarcísio de Morais (PT) (atual presidente da Câmara de Alfenas) - R$ 92.610

    ResponderExcluir
  32. Genteeee,

    aquela obra inacabada do calçadão da avenida são francisco é um absurdo.Por que a obra parou? O dinheiro sumiu e a obra não foi feita. Pô !!!! A gente tem que fazer caminhada no meio da avenida. A noite corremos o risco de sermos atropelados pelos veiculos.Paciência tem limites!!!

    ResponderExcluir
  33. MEUS CAROS BLOGUEIROS,

    PIRAPORA VIVE UMA INVERSÃO DE VALORES. O VÍCIO DO MAU EXERCÍCIO DA
    FUNÇÃO PÚBLICA.

    ALGUNS POLÍTICOS SÃO TÃO VAIDOSOS QUE SENTEM-SE semideuses.

    BAIXA A BOLA BRAGUINHA! BAIXA A BOLA! A SUA ARROGÂNCIA ESTA TE LEVANDO PARA O ABISMO.

    ResponderExcluir
  34. União pela internet mobiliza onda de combate à corrupção

    Estado de Minas

    Publicação: 05/03/2012 07:13 Atualização: 05/03/2012 07:19

    O assunto já mobiliza grupos e entidades de combate à corrupção e uma petição eletrônica já está em andamento nas redes sociais para colher assinaturas a favor da transformação da corrupção em crime hediondo. “A corrupção no Brasil mata milhões de brasileiros anualmente, verdadeiro genocídio. A violência, assaltos, sequestros, assassinatos, roubos, tráfico de drogas, armas, animais e mulheres, falsificação de medicamentos, milícias, prostituição infantil e tantos outros crimes, tudo isso é reflexo da impunidade que assola o nosso país beneficiando servidores públicos corruptos que não cumprem a Constituição Federal, roubando verbas destinadas saúde, educação, habitação, estradas, saneamento, transportes e demais necessidades de que o cidadão brasileiro tanto carece”, diz o texto do manifesto a favor das proposições de Taques e Francischini.


    Agentes públicos despachando das cadeias virou rotina, principalmente no caso de prefeituras, é o argumento de Rubens Bueno para seu projeto. “Rotineiramente, vemos agentes públicos, normalmente prefeitos, despachando de cadeias públicas mesmo depois de serem presos cautelarmente. Cremos que o administrador público, agente político ou não, deve ser automaticamente afastado de suas funções em caso de prisão cautelar – flagrante, preventiva ou temporária. Hoje é possível que um prefeito seja preso e não seja automaticamente afastado, chegando-se ao absurdo de governar o município, mesmo estando na cadeia”, afirma o deputado sobre o projeto apresentado por ele no início deste ano legislativo da Câmara.

    Uma outra proposta que pode tramitar esta semana é um sinal de que o Congresso está atento aos desejos da população, que, segundo Marlon Reis, antes considerava a corrupção como algo natural da política. Ela propõe a extensão da Lei Ficha Limpa para ocupantes de funções e cargos de confiança – aqueles que não precisam de concurso público – em todos os poderes e em todos os níveis de governo – União, estados e municípios. Taques, que já defende a corrupção como crime hediondo, começa a colher esta semana a assinatura de 27 senadores para a apresentação da proposta de emenda à constituição (PEC) que estende o conceito da Lei Ficha Limpa para toda a administração pública.

    ResponderExcluir
  35. Sérgio Luiz05/03/2012 08:29

    Os participantes da quadrilha que domina Pirapora há mais de sete anos são criminosos oriundos de cidades do norte de Minas e os piores ex-assessores das administrações passadas de nossa cidade, especialistas em saquear cofres públicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Engana-se Sérgio Luiz. Pirapora está dominada desde os tempos de Wanderley Ávila..... coloca anos e anos nisto. Não culpe a administração atual por toda a situação vexatória que a cidade se encontra. Esta situação foi "construída" com base na omissão dos moradores de Pirapora.

      Excluir
  36. Camiseta Amarela05/03/2012 08:33

    Gosto de ler os comentários do piraporense Ivan Chagas no FB, pois chamam a atenção para a inércia vivida por todos nós.

    "Tem gente da oposição em Pirapora sonhando com o "trono" que não tem competência alguma. Se levar, vocês estarão fritos por mais 4 anos. Minhas opiniões, como digo, são MINHAS, sem ingerência política alguma. Não tenho vínculos políticos nenhum em Pirapora. Não sei quem é quem. Não conheço ninguém. Eu sei que a cidade está literalmente andando na contramão do desenvolvimento social, econômico, cultural, turístico e pior.... político. Defender políticos por conta de empreguinho em Secretaria ou na Prefeitura é demasiadamente chulo. E este pensamento permeia não só, muitos passa-fome em Pirapora, como em todo o Brasil. Com interesses particulares, sobrepondo os interesses públicos, da comunidade. Isto é uma sacanagem que Pirapora está engolindo, calada, vale dizer. A ÚNICA voz que mete a cara é a da Dra. Myriam Figueiredo que colocou-se diante de um risco eminente, que todos nós sabemos qual é. Melhor todos vocês olharem para o que Pirapora foi no passado e o que é hoje. A cidade está um lixo. Falo com conhecimento de causa, poucos de vocês me conhecem, mas eu a conheço desde que nasci, minha mãe aí nasceu. Tenho raízes, laços familiares, grandes amigos e muito zelo, principalmente pelo Velho Chico. Cuidem desta cidade, gente! Não deixem quadrilhas se apossarem dela, como se apossaram do Senado Federal, do STJD e da Câmara dos Deputados."

    ResponderExcluir
  37. O radialista troglodita das veias entupidas de ódio, hoje sem ninguém pra entrevistar, pois a presidente da tal comissão das festividades do centenário não apareceu. Aliás, a tal programação até agora anunciada é de uma pobreza só, muito digna dessa administração itinerante. Pobreza em termos de qualidade porque, em termos de grana, certamente levará dinheiro público pelo raro. A começar por essa comissão, seria o caso de se perguntar a remuneração de cada componente; aliás, por que não divulgam os nomes de todos os componentes, apenas da presidente? Por falar nela, que tal nos informar quanto o grupo folclórico dela fatura mensalmente na prefeitura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boas perguntas, anônimo, pena que fiquem sem respostas

      Excluir
    2. A TV Rio, de propriedade do itinerante, não para de reprisar uma entrevista feita com o Dr. Boaventura, que escracha com o SUS, defendendo a fundação, verdadeiro maná para classe médica, que, em Pirapora, nunca ganhou tanto; disse ele que foi o SUS que quebrou o Hospital São Sebastião kkkk, cujo prédio estaria penhorado pela justiça do trabalho, que deu ganho de causa a um médico que há anos foi embora da cidade...

      Excluir
  38. Cícero Passos05/03/2012 09:29

    Parece piada mas, não é

    rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Está aberta o tempo da inauguração de ordens de serviços.

    rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    vamos rir para não chorar, meu povo.

    ResponderExcluir
  39. Filho de Fluviário05/03/2012 10:37

    Meu pai trabalhou com Dr. Borato, presidente FRANAVE, e foi ele quem arrecadou todas as peças dos antigos vapores e teve a idéia de fazer um Museu dos Fluviários. Na época, ele repassou todas as peças para um clube rotário da cidade e este assinou um contrato de comodato com a Prefeitura de Pirapora.
    É preciso fazer justiça aos homens de bem que por aqui passaram e deixaram um legado de amor à nossa cidade.
    Como "Pirapora só foi descoberta a partir de 2005", a tendência é esquecer os cidadãos que colaboraram efetivamente para o progresso de Pirapora e enaltecer falsos e desonestos políticos e seus assessores que pegam carona em feitos de valorosos cidadãos e cidadãs que aqui viveram e deixaram marcas positivas e indeléveis em nossa história.
    Hoje, quando for inaugurado o Museu dos Fluviários, tenho certeza de que o nome do Dr. Borato não será nem mencionado, mas é somente a ele que devemos essa inesquecível iniciativa e a mais ninguem.
    Se tiver alguma pessoa que pessoa que acessa este importante blog e também as comunidades do FB, peço postar lá, para que a justiça possa ser feita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CAPITAL MORENA05/03/2012 14:48

      Oi Filho de Fluviário, quero externar minha solidariedade ao senhor e à toda a sua família.

      Infelizmente a História do povo de Pirapora, para esses usurpadores, não tem valor algum. Eles aqui aportaram e querem, a qualquer custo, ditar as regras. O mais lamentável nisso tudo é que o seu intento tem sido alcançado graças àqueles que, mesmo filhos de Pirapora, MAS QUE NÃO A AMAM, AMAM a si mesmos, estão MAMANDO junto com a corja.

      Hoje ouvi na 102 FM o desabafo de um piraporense, de sobrenome Portela, que me comoveu muito. Ele se mostrou indignado com o descaso iminente dessa administração para com as pessoas que, de fato, construíram este lugar.

      Resta-nos esperar pela Justiça. Fazer o quê?

      Excluir
    2. Ex- Funcionária da FRANAVE05/03/2012 15:09

      Espero viu, Filho de Fluviário, que seu comentário seja colocado com URGÊNCIA no facebook para que mais pessoas tomem conhecimento desse crime (usurpação de idéias e de autoria de feitos) cometido contra Pirapora e, também, contra o antigo presidente da FRANAVE, Dr. Humberto Borato, com quem tive a honra de trabalhar, cuja saudosa memória deveria ser respeitada e reverenciada.
      Ele deixou sim esse importante legado que, desde o início, denominou Museu do Rio São Francisco. A idéia foi dele, a captação de todas as peças foi feita por ele, os recursos foram dele.

      Excluir
    3. Esses meliantes que ora se apossam desses ferros velhos que dizem ser museu dos fluviários não têm nada a ver com vapores, com o sofrimento dos vaporzeiros, com a história dos fluviários. O objetivo é apenas criar factóides para deixar o pitaqueiro permamentemente em evidência. Essa tal de emutur é um engodo só, um cabide de emprego, no qual recentemente penduraram o que se dizia secretário de cultura e agora é superintendente desse cabide, com salário superior a 5 mil reais. O outro, com salário superior a 8 mil, nem tem o que fazer por lá. A autarquia e o elefante branco estão à deriva, com as finanças no vermelho; pararam de pagar as tarifas de água ao SAAE desde a saída do Narciso.

      Excluir
    4. Filho de Fluviário, por aqui é assim: papagaio come milho e periquito leva a fama. Oportunistas que só!

      Excluir
  40. Morador da Rua Maranhão05/03/2012 10:42

    Não adianta o carro de som ficar passando nas ruas do bairro Aparecida convocando a população para a inauguração do museu dos vapores.
    O que queremos é ter um vida decente e digna, com ruas bem cuidadas, sem mato, buraco e esgoto a céu aberto, posto médico atendendo todos os dias, a academia popular e não aquelas barras de ferro enfiadas num canteiro, a praça dos Fluviários terminada, a volta das bombas da lagoa, empregos para nossos filhos e muitas outras melhorias. Os políticos só valorizam nosso bairro em véspera de eleição.

    ResponderExcluir
  41. Maria Célia05/03/2012 10:56

    Museu à ceu aberto, sujeito às intempéries do tempo, problemas com a cheia do rio, como aconteceu no mês de fevereiro, é mais um factóide do itinerante e seus empregados. Como a prefeitura foi quebrada por eles, não tem dinheiro para as obras necessárias, ficam inaugurando "equívocos" para distrair o povo.
    Se a cidade fosse levada à sério e tivesse o devido respeito dos falsos gestores, primeiro seria comprado um imóvel e, aí sim, transferidas as peças do futuro museu e sua posterior inauguração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse museu é uma piada, que ninguém leva a sério, muito menos os fluviários e seus familiares. Na primeira enchente, tudo irá rio abaixo.

      Excluir
  42. Professor Pardal Gomes05/03/2012 12:00

    Além dos buracos enormes a cidade esta repleta de animais soltos nas ruas e avenidas.

    Hoje quase aconteceu um acidente envolvendo um carro e um cavalo perto do Bretas supermercado.

    Pirapora esta de parabéns!

    ResponderExcluir
  43. O itinerante fez e faz muito mal a Pirapora e a seu povo.
    Que no futuro possamos ficar livres dele.
    Isso, se a maioria do povo quiser, porque ela pode ter se acostumado com a roubalheira, com a corrupção, com a decadência da cidade,com a falta de empregos, com a saúde privatizada, com a menos valia dos simples e com a imensa lista dos malefícios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, infelizmente corremos este risco de o povo (os que elegem) estarem acostumados a serem surrupiados. Tudo é possível. Não nos iludamos.

      Excluir
  44. Cristão na Internet05/03/2012 13:23

    Que cada injustiça cometida em Pirapora encontre seu fim no esplendor da verdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristão na Internet,

      Que os anjos digam AMÉM!

      Excluir
  45. Piraporense Anônima05/03/2012 13:58

    A semelhança da matéria sobre os políticos corruptos mostrada no Fantástico deste domingo em relação às cidades de Pirapora e Buritizeiro, NÃO terá sido mera coincidência. A coisa por aqui se não for igual, é muito pior.

    Vejamos:
    -Cores da administração do prefeito em órgãos públicos (campanha pessoal);
    -Construções mirabolantes (particulares)com o dinheiro do povo;
    -Combustível jorrando por aí, com o dinheiro do povo;
    -Obras inacabadas (caducando);
    -Cidade, às vésperas do centenário, completamente abandonada;
    -Saúde debilitada;
    -Desvio de verbas públicas (só não vê quem não quer);
    -Educação e educadores entregues à própria sorte etc. etc. etc.

    Fiquei sabendo ainda que tem diretora de escola arrancando os cabelos, pois os auditores querem porque querem as prestações de contas dos materiais a elas destinados pela Secretaria de Educação como, por exemplo, as roupas usadas nos desfiles cívicos e em comemoração aos aniversários da cidade.

    Segundo essa mesma informação, muitas delas DOARAM muito desse material e não têm como se explicar para os "homens". Só quero ver em que vai dar toda essa peleja. Adoro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fantástico tá de brincadeira. Aqueles prefeitos mostrados ontem, perto do itinerante e do padreco de buritizeiro, são fichinha, mero aprendizes da corrupção. Se viessem aqui, teriam matérias para uma edição inteira.

      Excluir
    2. Assino com vocês as postagens.

      Excluir
    3. Capitão Fabiano - Pirapora06/03/2012 15:35

      Boa tarde!

      Repasso a vocês, parte do e-mail enviado por mim à redação do fantático


      Assistimos a matéria deste domingo no fantástico, relativo ao desvios cometidos pelos prefeitos de várias cidades. Gostaria, se possível for, que a redação faça uma matéria na cidade de Pirapora/MG, onde tem um prefeito ITINERANTE que está no poder há quase 16 anos. Ele foi prefeito da cidade de Lagoa dos Patos/MG por dois mandatos e agora com 7 anos no comando de Pirapora. O dito prefeito, WARMILLON FONSECA BRAGA possui um patrimônio de quase 32 milhões, ISSO EM 7 ANOS, responde a mais de 80 processos, foi denunciado e é investigado pelo MP, TCE, MPF, receita federal e Polícia Federal. Possui uma mansão na cidade de Buritizeiro/MG avaliada em mais de 2 milhões. Dentre esse patrimônio consta uma emissora de rádio (em nome de laranja) alvo de investigação do MP e uma emissora de TV). Controla 90% da mídia local. Para maiores detalhes, acessem o blog Transparência de Myriam Figueiredo e vão constatar as diversas irregularidades praticadas por esse político corrupto e desonesto. São Fraudes em licitações, desvios de verbas federais e estaduais, através de diversas obras inacabadas, desvio de material e uniiformes escolares, de merenda escolar e de recursos na saúde. Recentemente foi denunciado pelo MPF por fraude na construção de banheiros em Lagoa dos Patos.Estamos à disposição para quaisquer esclarecimentos. Aqui vocês irão encontrar material e irregularidades bem maiores que a destes prefeitos mencionados na reportagem. Outro fato deprimente que foi alvo do MP é a COBRANÇA de consulta e atendimento em Hospital Público, Dr Moisés Magalhães Freire, que é uma Fundação Hospitalar, construída e mantida pelo poder público. Deixam de atender os pacientes do SUS para atender a particulares e convênios. Caso se interessem e queiram manter contato, estamos à disposição: ... Tenho a certeza que através do fantástico, o Brasil conhecerá um dos maiores prefeitos investigado por corrupção de todos os tempos, existente no NORTE DE MINAS e quem sabe no país. Esperamos contar a breve visita de vocês e, na oportunidade enviamos nosso fraternal abraço.

      Excluir
    4. Muito bem, Capitão. A Justiça precisa acordar e por o itinerante e toda a quadrilha atrás das grades, logo, logo...

      Excluir
    5. Indalécio, veja a carta do Capitão Fabiano. Você também, Dju, mirem-se ambos no exemplo do Capitão. Para alçar grandes voos, é preciso coragem, determinação, competência pro enfrentamento. Se não se arriscam, não se expõem, melhor que continuem em suas fortalezas, um esperando que o povo vá implorar que ele seja candidato, a outra, esperando que a prefeitura lhe caia no colo...

      Excluir
    6. CAPITAL MORENA06/03/2012 21:17

      Oi Capitão Fabiano, assim como o senhor, no mesmo domingo, após a apresentação do programa Fantástico, eu também enviei um e-mail nesses termos para a Rede Globo. Estou no aguardo e torcendo para obter êxito nesta empreitada.

      Pessoal vamos nos unir neste sentido. Se cada um de nós fizer o mesmo, quem sabe?

      Excluir
    7. Grande Capitão Fabiano!!!! O senhor é um exemplo de coragem !

      Excluir
  46. A gente vê no noticiário da TV, lê nos jornais, revistas e mesmo neste Blog, inúmeras notícias de cassação de políticos corruptos, muitas vezes, por motivos menos graves do que aqueles que são praticados/cometidos aqui em Pirapora e Buritizeiro com o dinheiro sagrado do povo sofrido.

    Qual o poder tem esse prefeito de Pirapora? Que redoma o protege? O padreco de Buritizeiro, da mesma forma. Não consigo entender...

    Será que as denúncias não estão sendo suficientemente contundentes? O QUE ACONTECE, PELO AMOR DE DEUS?

    ResponderExcluir
  47. Piraporense Anônima,
    adivinhe quem forneceu esses materiais e roupas usadas nos desfiles cívicos? A farra é grande em todos os eventos. Tudo super faturado e depois o recurso público é dividido, com a parcela maior para o chefe e a menor para a periguete criminosa. Há mais de sete anos esse esquema é feito sem medo da justiça e do MP.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa piranha destruidora de famílias rouba os uniformes das crianças desde a epóca do turco. Não vale nada ! A filha louca de pedra é candidata a vereadora na chapa do pitaqueiro. Ladrão encosta em ladrão.

      Excluir
  48. ROTARIANO INDIGNADO05/03/2012 16:44

    Filho de Fluviário, Dona Leonice, Ex-Funcionária da FRANAVE e a quem possa interessar, quero explicar sobre o Museu do São Francisco:
    O companheiro Borato, rotariano e presidente da FRANAVE, cedeu todas as peças de vapores antigos para o Rotary Clube Pirapora-Praia fazer o Museu do São Francisco.
    Por sua vez, o Rotary Clube Pirapora-Praia fez um contrato de comodato com a Prefeitura de Pirapora, através da Secretaria de Cultura, que cederia uma parte do antigo escritório da FRANAVE para montar o museu e a Prefeitura ficaria encarregada da sua manutenção e vigilância.
    Alguns rotarianos estão indignados, pois nessa inauguração do Museu a Prefeitura ignorou a parceria com o Rotary Clube.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CAPITAL MORENA05/03/2012 20:57

      Boa noite Sr. Rotariano Indignado,

      Desse pessoal aí não dá pra esperar outra coisa diferente desse pouco caso, eles estão se achando os donos de Pirapora há muito tempo. Aqui eles mandam e desmandam. O pior, com o aval de muitos piraporenses da gema!

      Excluir
    2. comerciante07/03/2012 12:39

      É um absurdo o que a tchurma anda fazendo com Pirapora.

      Excluir
    3. bairro bom jesus07/03/2012 12:52

      Só esse Governo vergonhoso e sem respeito com a história de Pirapora poderia fazer uma dessas mesmo.

      Excluir
  49. Lucy Aparecida05/03/2012 17:03

    Por falar nesse museu, haverá uma exposição de fotos antigas dos vapores, cidades e ribeirinhos? E das antigas roupas dos comandantes, marinheiros, taifeiros? Seria muito interessante. Há espaço suficiente para isto?
    Quem souber, responda aqui pois sou piraporense, neta de fluviário, mas moro em São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não espere nada de interessante, Lucy. O espólio da franave foi sumindo aos poucos, a maioria das fotos desapareceu, assim como os diários de bordo, que ninguém sabe onde foram parar

      Excluir
  50. O B. são joão está abandonado a própria sorte.
    Irresponsabilidade !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Empresário07/03/2012 13:01

      A Gang de forasteiros merece mesmo ir pra PQP

      Excluir
  51. Advogado Buritizeirense05/03/2012 21:39

    O Ministério Público exerce legítimos poderes-deveres para que os agentes políticos estejam a serviço da sociedade. Os Piraporenses agradecem o trabalho do brilhante Promotor Gustavo Augusto Pereira de Carvalho Rolla.

    ResponderExcluir
  52. Servidor Municipal - o antenado06/03/2012 07:05

    O leleo da mão boba anda igual o silvio santos.

    - Quem quer dinheiro???Duzentos reais pra você, cem reais pra seu marido, cinquenta reais pra sua filha.

    - Quem precisa de patrocinio?? Oito mil reais pra esse evento, dez mil pra outro evento, vinte mil pra o evento do próximo mês.

    Aiaiaiaiaiaiaiaiaiaiaia

    Estão brincando com a Justiça Eleitoral.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A máquina administrativa esta sendo usada e abusada.
      Fiquemos atentos!!!

      Excluir
  53. _______________________________________________


    Música cantada pelo itinerante para o povo de sucuPIRA



    FESTA (versão Paulão)


    Que vai rolar a festa

    Vai rolar!

    O povo de Pira

    eu vou enganar

    _________________________

    Se liga Pira, o itinerante quer comprar a nossa dignidade com promessas e dinheiro. Depois, ele vai nos fazer comer pó, lama , mato, buraco, etc.

    ResponderExcluir
  54. A reunião da câmara de Pirapora, de hoje, foi de chorar. Aquela vereadora "da qual, na qual, o qual" é um caso perdido. Fiquei tão constrangida com sua fala ao homenagear a LIASA que não tive outra alternativa a não ser DESLIGAR o rádio. Que horror!

    Quando ela "discursa" cá entre nós já é dureza, mas hoje, para os homenageados, ela se superou. Que vergonha!

    Dizem que ela é a representante do sexo feminino na câmara. Eu dispenso. Credo!

    Vai ser CHUCRA assim no inferno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa tal lucinha da doença é de uma idiotice sem tamanho. Acha que falando o nome de Deus a 3x2, vai merecer o voto dos evangélicos que, espero, nas eleições, darão uma banana pra ela e pro coleguinho do restaurante, outro que de repente se descobriu evangélico. Será que repassam ao pastor, como dízimo, dez por de toda grana que cai na conta deles? Será??? Acham que enganam Jesus Cristo com esse papo furado deles...

      Excluir
    2. Vereadora Lucinha da doença, no qual, a qual, da qual, ASSIM VOCÊ ME MATA!!!

      KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Excluir
    3. Vereadora, assim você me mata (kkkkk)

      Como pode uma pessoa tão despreparada representar o povo? Gente, é preciso rever conceitos e procurar escolher melhor, pois como está é que não pode. A mulher mata a gente de vergonha.

      Excluir
  55. Capitão Fabiano - Pirapora06/03/2012 16:21

    Boa tarde a todos!

    Vejam essas publicações referentes ao Banco do Nordeste, aquele mesmo do empréstimo para o SAAE.

    05/03/2012 | 00:00
    MPF investiga acusações ao Banco do Nordeste

    Revoltada com os “lucros irrisórios” do Banco do Nordeste do Brasil em 2011, ao contrário dos congêneres, sua associação de funcionários fez duras críticas à má-gestão da entidade e defendeu que os “culpados por essa sangria” respondam judicial, administrativa e criminalmente. Segundo Rita Josina, que preside a entidade, o Ministério Público Federal investiga “operações de crédito suspeitas de fraude” no BNB.

    05/03/2012 | 00:00
    CGU já apura
    A Controladoria Geral da União também apura denúncias graves envolvendo a gestão do Banco do Nordeste, cuja sede é em Fortaleza.

    05/03/2012 | 00:00
    Sem transparência

    A associação critica ainda da falta transparência nas contas do banco, que também seria “alvo de denúncias de favorecimento a políticos”.

    FONTE: Coluna do Cláudio Humberto - Dia 05/03/2012

    http://www.claudiohumberto.com.br/colunas_anteriores/?dataCalendario=2012-03-05

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo que ama Buritizeiro06/03/2012 21:42

      Capitão Fabiano, por falar em SAAE, no caso o de Buritizeiro, os servidores dessa autarquia bem poderiam seguir o exemplo dos funcionários do BNB, pois, desde a posse do padreco prefeito, a autarquia tem sido sistematimente saqueada por gestão, para sermos cordiais, no mínimo temerárias.
      Primeiro, o padreco entregou o SAAE a um advogado vindo de Montes Claros, que teria sido indicado pelo certo deputado, enroladíssimo. Foram perdas e mais perdas.
      Quando reintegrado ao cargo, após ser cassado, o padreco entregou a autarquia a um advogado, que teria atuado na defesa dele, no processo. Ficou cerca de um mês, cedendo lugar a dadagugu, que teria sido indicado pelo itinerante e por seu irmão. Como prêmio, o advogado teria ganho um contrato ilegal de assessoria jurídica, o salário pulou de 2 mil para 4.500 mensais, combustível à vontade pra sua caminhonete a diesel, pagamento da conta do seu celular etc.
      No mês passado, com a saída de gugudada, o padreco trouxe, para a direção da autarquia, um arquiteto, também vindo de Montes Claros, que seria indicado pelo deputado Paulo Guedes, que teria indicado também o novo secretário de agricultura de Buritizeiro, também de Montes Claros. Nem faz um mês que está na direção do SAAE, o moço já teria avançado no filé dessas administrações, municipal e/ou autarquias: diárias de viagem. Dizem que segue o exemplo do padreco, que deita e rola, verdadeira farra do boi.
      Os servidores do SAAE bem que poderiam seguir o exemplo dos funcionários do BNB. Quando o padreco e seus asseclas saírem, deixarão, para o povo de Buritizeiro, prejuízos que nunca mais serão recuperados.

      Excluir
  56. Parece que o presidente da câmara de Buritizeiro acha que preside a assembleia legislativa, a câmara dos deputados ou o senado. Depois que, em questão de horas, sem pensar nas consequências, realizaram duas reuniões extraordinárias para aprovar projeto de lei, de autoria do padreco prefeito, concedendo reajuste salarial de 25 por cento a apenas 100 dentre os 600 servidores, o tal carlos do ief ontem, para não realizar a costumeira reunião, declarou a pauta "trancada" até que o padreco "sente" com os vereadores e com o sindicato dos servidores, estendendo o reajuste aos demais. Vão esperar sentados. Quem está preocupado com pauta trancada dessa câmara ridícula???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma Família Buritizeiro06/03/2012 20:43

      Mas o passatempo preferido desses capachos do padreco denominados "vereadores" é SENTAR(!). Eles adoram sentar(!).

      Estão com o burro na sombra, riem das caras das pessoas. Esse tal Carlos do ief, ao ser cobrado de uma cidadã buritizeirense sobre o estado de abandono em que se encontra a cidade, assim respondeu: "Não tenho nada a ver com isso".

      Vai representar o povo assim, no raio que o parta!

      Excluir
    2. Legal mesmo foi saber que o ex-presidente e o atual se estranharam e quase saíram no tapa, segunda-feira... Por que esse nervosismo, garotos? Todo mês pintam na continha deles gordos subsídios e a famosa verba indenizatória.

      Excluir
    3. Alguém sabe dizer por que a Câmara de Buritizeiro, a partir de outubro do ano passado, resolveu desafiar a legislação em vigor e parou de publicar, na internet, o balanbcete de receita e despesa?? Será que, para voltar à normalidade, será preciso a intervenção do Ministério Público?

      Excluir
    4. Flor de Buriti07/03/2012 12:58

      Fico pasma!

      Excluir
  57. O desespero bateu na baixa cupula administrativa de Pirapora, não sei com qual intuito, fui fotografado nesta terça-feira na policlinica onde fazia um tratamento dentario pelo SUS, por um fotografo bem conhecido entre os profissionais de imprensa. Só gostaria de lembrar que existe um codigo de conduta onde é proibido qualquer tipo de divulgação de foto em consultórios médicos, hospitais ou qualquer orgão que presta serviço a comunidade, sem expressa autorização por escrito do diretor do estabelecimento publico, posterior do medico e por fim do paciente.Saliento ainda que por motivos nebulosos, essa foto foi tirada e caso seja publicado em qualquer veiculo, ainda que passe varios anos poderei entrar na justiça por danos morais contra a administração publica, o fotografo e a direção do estabelecimento de saude ao qual me referi. Não me importo em ser fotografado, desde que eu saiba com qual finalidade. Para evitar aborrecimentos para a prefeitura, Policlinica e tambem ao fotografo, fiz um boletim de ocorrencia e estou protocolando uma denuncia por assedio moral, pelo constrangimento ao qual fui submetido.

    CLAUDIO CESAR MORENO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cláudio,

      receba o nosso apoio. O itinerante e seus comparsas são mestres da baixaria, da política porca...

      Continue firme!

      Excluir
    2. SE USAREM TUA IMAGEM METE UM PROCESSO . PARA BANDIDOS A JUSTIÇA. ABÇS

      Excluir
    3. PIRAPORENSE ( ITABIRA )07/03/2012 12:44

      QUE HORROR.. MEU DEUS.. O NEGÓCIO TÁ FEIO EM PIRAPORA.

      Excluir
    4. Mãe piraporense07/03/2012 12:56

      O governo do itinerante e do pitaqueiro está precisando contratar consultores de ética e boas maneiras. Quanta falta de educação! Quanta imoralidade!
      Quanta podridão!

      Excluir
    5. Cadeia para estes agressores dos cidadãos piraporenses.

      Pô!!! Esses caras , estão passando dos limites.

      Afff!!!

      Excluir
    6. S. d cultura esporte08/03/2012 09:08

      ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

      Pois é meus caros blogueiros , as ações do partido do
      PITACO DOS HORRORES mostram exatamente como eles são e como agem . Por estas e outras não acredito nem confio nestas pessoas de condutas desviadas.

      Acorda Pirapora amada !

      Abaixo os corruptos imorais !

      ¨
      ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

      Excluir
  58. A PARTIR DESTA NOTÍCIA, ME RESPONDAM, POR FAVOR: PODE-SE CONSIDERAR QUE É LEGAL OU ILEGAL O ADVOGADO DE UMA AUTARQUIA DE CIDADE VIZINHA ABASTECER O SEU (DELE) CARRO POR CONTA DA AUTARQUIA????
    =====

    MP denuncia 13 por 'Farra dos Combustíveis' no RS


    Equipe AE - 23/02/2012 - 19:16

    O Ministério Público denunciou hoje 13 pessoas envolvidas em um esquema em que parentes e amigos de vereadores do município de Santana do Livramento (RS) abasteciam veículos particulares com dinheiro público. O caso veio à tona ao longo de 2011 e ficou conhecido como "Farra dos Combustíveis".

    Foram denunciados pelo crime de peculato os ex-presidentes da Câmara de Vereadores nos anos de 2010, Bernardino Gularte Fontoura; e 2011, Sérgio Nunes Moreira; dois servidores do legislativo local e outras nove pessoas. Bernardino Fontoura foi denunciado, ainda, pelo crime de supressão de documentos.

    De acordo com o MP, Bernardino Fontoura e Sérgio Moreira autorizaram, por diversas vezes, os abastecimentos para veículos de particulares, mesmo havendo previsão de que as permissões somente deveriam ser feitas para automóveis da frota do Legislativo. "É importante destacar que o inquérito policial tratou somente dos abastecimentos efetuados em 2010 e 2011. Já foi requisitada, à Polícia Civil, a apuração relativa a anos anteriores", informou o promotor de Justiça Adriano Pereira Zibetti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem dúvida que é ilegal. A justiça deveria punir o advogado, condenando-o, no mínimo, a ressarcir a autarquia o dinheiro empregado no abastecimento de sua camionhete. Igualmente, na minha opinião, devem ser penalizados os que o autorizavam - ou autorizam - o abastecimento ilegal

      Excluir
  59. O QUE DIZER ENTÃO DE UM CERTO RELÓGIO QUE TERIA CUSTADO 500 MIL?

    =====
    Prefeito processado por comprar carro de luxo

    Marcelo Uberaba, de Paraopeba, disparou três tiros contra rival em 2011

    Ezequiel Fagundes - Do Hoje em Dia - 6/03/2012 - 08:47

    lucas prates

    Carro
    Placa preta top de linha: Captiva tem motor seis cilindros, câmbio automático e controle de tração

    Expulso do PT e recém-filiado ao PSD, o prefeito de Paraopeba, Marcelo Carvalho da Silva, mais conhecido como Marcelo Uberaba, ganhou fama nacional após aparecer nas páginas policiais, em julho de 2011, acusado de ter sacado um revólver e disparado três tiros contra um rival político em plena via pública e depois ter fugido da polícia.

    Quase um ano depois do episódio policial, Marcelo Uberaba é alvo central de um processo de improbidade administrativa (mau uso de dinheiro público) movido pelo Ministério Público Estadual (MPE). Político de primeiro mandato, ele destinou dinheiro público da cidade para comprar um carro de alto luxo avaliado em mais de R$ 100 mil.

    Com a alegação que precisava de um veículo com tração nas quatro rodas para poder percorrer “enormes extensões de estradas rurais”, Marcelo Uberaba mandou logo comprar um Captiva, o SUV top de linha da Chevrolet.

    Não bastasse a mordomia, o prefeito escolheu o modelo Sport AWD, que vem equipado com motor seis cilindros, capaz de gerar 268 cavalos de potência, câmbio automático de seis velocidades, sistema de controle de tração, freios ABS, ar-condicionado eletrônico, estofamento de couro e rodas de alumínio cromadas, entre outros confortos.

    Autor da ação civil de improbidade administrativa, o promotor de Justiça de Paraopeba, Flávio Cesar de Almeida Campos sustenta a aquisição do carro de luxo “não atende ao interesse público”, mas somente o “deleite pessoal do administrador”.

    De acordo com o promotor, ao optar por um processo de licitação, cujo objeto era a aquisição de um carro de luxo, o prefeito feriu os princípios da moralidade, razoabilidade e proporcionalidade, da Constituição Federal.

    “A conduta do réu afrontou, além das regras contidas no artigo 37 da Constituição Federal, a honestidade que deveria ter com a população de Paraopeba, a observância da lei elaborada pelos representantes populares e a lealdade creditada ao regular funcionamento do Poder Executivo”, considerou o promotor na ação de improbidade.

    O caso está sendo analisado pelo juiz de Direito de Paraopeba. Na denúncia, o MPE pede a condenação do réu pela prática de improbidade administrativa com as seguintes sanções: perda da função pública, suspensão dos direitos políticos no período de três a cinco anos, pagamento de multa, além de ficar proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios.

    O prefeito Marcelo Uberaba foi procurado, durante todo o dia da última segunda-feira (5), em seu gabinete, mas não retornou os pedidos de entrevista.

    ResponderExcluir
  60. EM PIRAPORA E EM BURITIZEIRO, ISSO E OUTRAS SITUAÇÕES MAIS GRAVES ACONTECEM TODOS OS DIAS, COMO O CASO DA ADOLESCENTE, COM CÂNCER, QUE SÓ FOI ATENDIDA DEVIDO A INTERVENÇÃO DO MP. EM BURITIZEIRO, UM NASCITURO MORREU PORQUE NO HOSPITAL NÃO HAVIA OXIGÊNCIO. E NÃO ACONTECE NADA COM ESSES ADMINISTRADORES IRRESPONSÁVEIS
    *****
    Do Portal HD - 7/03/2012 - 00:28

    O aposentado Claudionor Ferreira do Nascimento, de 41 anos, denuncia o descaso com que a Secretaria Municipal de Saúde de Almenara, na região do Baixo Jequitinhonha de Minas, tem demonstrado com relação ao seu caso. Nascimento perdeu o movimento das pernas há mais de cinco anos e precisa urgentemente de uma consulta médica pelo SUS.

    De acordo com o aposentado, há quase dois meses que os agentes de saúde da prefeitura não o visitam em sua casa. "O dinheiro que recebo da aposentadoria gasto quase tudo com os remédios que preciso tomar e as pomadas que uso. Meus irmãos me ajudam na alimentação. E atualmente preciso de uma consulta, pois tenho sentido muita dor e como minha família e eu somos de pouca condição, não posso pagar uma particular para ver o que é essa dor que venho sofrendo há meses", explicou.

    Segundo o irmão de Nascimento, o eletricista Renato Ferreira, o problema se agravou com as escamações de minha pele devido a falta de um colchão d' água. “Peço que algum filho de Deus que venha a ler essa reportagem e que tenha um colchão d’agua ou uma cadeira de roda em boas condições de uso que, por favor, ajudem o meu irmão", pediu o irmão de Claudionor.

    Claudionor mora no Bairro Planalto, bairro que não conta com uma unidade básica de saúde que atenda exclusivamente os seus moradores. A reportagem procurou responsáveis da prefeitura da cidade, mas ninguém foi encontrado.

    Interessados em ajudar Claudionor podem procurá-lo em sua casa, na Rua Sítio São Francisco, 72 – Bairro Planalto – no fundo da cerâmica Casa Nova, ou entre em contato com a Redação do Portal HD, via fale conosco.


    .

    ResponderExcluir
  61. Em Alagoas, prejuízos de R$ 300 milhões em licitações

    Odilon Rios, O Globo

    Dezessete pessoas foram presas, em Alagoas, acusadas de um prejuízo de R$ 300 milhões aos cofres públicos, nos últimos cinco anos, na área de licitações de alimentos, para delegacias, cadeias e quarteis, na Secretaria de Defesa Social. Os presos são contadores ou empresários. Agentes públicos são investigados.

    As investigações foram do Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), do Ministério Público Estadual. A Operação Espectro teve participação de policiais civis, militares e da Força Nacional.

    - Vamos supor que uma empresa ganhava uma licitação de R$ 5 milhões para alimentos para as cadeias ou delegacias. Ao invés de entregar os R$ 5 milhões, embolsava quatro e entregava um milhão de reais. Um absurdo, disse o promotor Luiz Tenório.

    Empresas revendiam alimentos ao estado, mas os produtos não eram entregues e triplicavam os valores nas notas fiscais. O MP afirma que pelo menos 73 empresas fazem parte da fraude, sendo que outras 12 ainda estão sob investigação.

    O esquema, pelas primeiras contas do Ministério Público, se arrasta há mais cinco anos. A "fatia" investigada neste momento se refere aos anos de 2007, 2008, 2009 e 2010. O ano de 2011 ainda está sendo analisado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polícia Federal faz operação para combater fraudes em licitações no Rio

      Agência Brasil

      Publicação: 07/03/2012 16:56 Atualização:

      A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje, no Rio de Janeiro e em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, a Operação Caríbdis para combater fraudes em processos de licitações. Ao todo, 130 policiais cumprem 58 mandados de busca e apreensão deferidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

      De acordo com nota divulgada pela PF, as investigações apontam suspeitas de irregularidades no processo licitatório envolvendo empresas privadas e a prefeitura de São João de Meriti. As companhias participavam da concorrência pública para fornecer alimentos a creches e escolas municipais e a entidades filantrópicas beneficiadas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar para o Ensino Fundamental e Creche (Pnae/Pnac).

      Segundo a PF, o nome da operação é uma referência à figura da mitologia grega, filha da Terra e de Poseidon. Caríbdis foi fulminada por Zeus e lançada ao mar, transformando-se em um monstro que tudo devorava.

      Uma coletiva de imprensa será concedida às 11h, na Superintendência Regional da PF no Rio de Janeiro, na zona portuária, para dar mais informações sobre a ação.

      Excluir
    2. Nessa operação, a PF empregou 130 agentes? Desses, poderia mandar pelo menos uns dez para uma vasculhada geral nas prefeituras de Pirapora e de Buritizeiro, e em algumas residências onde, dizem, haveria cofres abarrotados de dinheiro público...

      Excluir
    3. Privilégio antiquado

      Direito de políticos escaparem da Justiça comum pode estar no fim

      ESTADO DE MINAS - Publicação: 08/03/2012 04:00


      Depois da Lei da Ficha Limpa começam a surgir iniciativas no Congresso Nacional para derrubar mais uma distorção da legislação brasileira: o foro privilegiado. Trata-se de um instituto legal que livra autoridades de serem processadas pela Justiça comum. Ministros, senadores e deputados federais, por exemplo, somente podem ser julgados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em matéria criminal e pelo Superior Tribunal Eleitoral (TSE),quando se tratar de crime nesse âmbito. No estados, o governador é julgado pelos tribunais de Justiça (TJs). Criado com bons propósitos, o foro privilegiado foi logo distorcido, como quase toda vantagem ou privilégio concedido a quem exerce algum poder político no Brasil.
      Sua justificativa lembra a do voto secreto nas casas legislativas em matéria que pode resultar em retaliação contra o parlamentar que ouse contrariar a vontade dos poderosos de plantão. O foro privilegiado pretendeu livrar a autoridade ou o político com assento no Congresso Nacional do constrangimento de enfrentar julgamento em primeira instância na comarca de sua base eleitoral. É fácil imaginar o que adversários em campanhas eleitorais são capazes de fazer para desmoralizar o concorrente. Assim, qualquer um pode engendrar uma denúncia de corrupção de menores, estupro, roubo ou tentativa de homicídio, levá-la a um juiz local ou de cidade vizinha. O caso pode levar meses – exatamente os da campanha eleitoral – até ficar provado que o acusado é inocente.
      Não demorou, porém, para que espertalhões vissem no foro privilegiado a razão maior para investir pesado numa cadeira de senador ou deputado federal. Com o tempo, os anais da Justiça foram colecionando evidências de que esse instituto acabou se transformando num passaporte para a impunidade, revalidado e reforçado pelas inúmeras possibilidades de recursos postergatórios permitidos pela complexa legislação brasileira e pelo acúmulo de processos na instância mais alta da Justiça. É hora de rever a amplitude que ainda se concede ao foro privilegiado e o que se pretende é reduzir sua validade para a preservação tão somente da atividade parlamentar e suas atitudes e manifestações políticas. Ficariam de fora os crimes contra a administração pública, o peculato, a corrupção e o tráfico de influência, além de todos de natureza criminal.
      Serão necessárias 171 assinaturas na Câmara dos Deputados para que esse avanço se concretize em forma de uma proposta de emenda constitucional (PEC). Não será fácil consegui-las. Também é fato que quase ninguém no Congresso acreditava que a Lei da Ficha Limpa teria tramitação tão rápida e tão bem-sucedida, já que as gavetas da Câmara e do Senado têm sido dormitórios de inúmeros projetos bem-intencionados, principalmente os que afetam privilégios e cortam vantagens. É que os tempos são outros. Turbinadas pelas redes sociais da internet – sem patronos e sem partidos –, as demonstrações de cansaço com a corrupção e com os corruptos ganham, atualmente, força e velocidade nunca vistas. A que propõe o fim do foro privilegiado para criminosos comuns, embora eleitos, vem nessa direção

      Excluir
  62. Camiseta Amarela07/03/2012 14:40

    Os últimos acontecimentos em Pirapora, além de inaceitáveis, mostram como os políticos da situação estão fomentando o ódio e as agressões físicas e morais contra seus opositores, mostrando antecipadamente como será a campanha política em Pirapora: uma verdadeira carnificina. A Justiça, o MP, a Polícia Militar têm que estar muito atentas a fim de serem evitados crimes de toda natureza.

    ResponderExcluir
  63. O chefe da quadrilha está mostrando sua falta de compostura e de ética quando libera e incentiva seus comandados a criminalizar a campanha política.
    O itinerante e seu candidato saíram do esgoto físico e moral, sem escrúpulos, honestidade, civilidade, respeito, ética no trato com a coisa pública e com seus adversários políticos, por onde já andaram e agora em Pirapora.
    São arrogantes, invejosos, fanfarrões, sua fedentina moral não tem remédio, pois são verdadeiros vilões, bandidos torpes e safados.
    Muito cuidado, minha gente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o ITINERANTE E O PITACO ESTÃO ESTIMULANDO OS SEUS

      COLEGAS A AGIREM COM VIOLÊNCIA.

      VEJO A ATUAL SITUAÇÃO COM EXTREMA PREOCUPAÇÃO E

      REPUGNÂNCIA.

      Excluir
  64. Maria do Socorro07/03/2012 14:57

    Não vamos deixar que a mentira vença a verdade!
    Vamos com muita coragem e disposição porque ainda dá tempo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que Deus nos ajude a nos livrar dessa corja maldita o mais rápido possível.

      Excluir
  65. O itinerante nunca vai entender que não é o cargo que dá dignidade ao homem, mas é o homem que dignifica o cargo.
    E este prefeito, que a maioria do povo elegeu por DUAS VEZES, é o atraso moral, ético, político, cultural e democrático.

    ResponderExcluir
  66. Carmem Lúcia07/03/2012 15:06

    É o fim do mundo um diretor de policlínica se armar de um estilete para agredir fisicamente um paciente, nesse caso um estimado radialista.
    Nessa atual gestão está mais do que comprovado que o crime não somente compensa, como também recompensa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lagoas dos Patos MG07/03/2012 18:36

      O W em lagoa dos Patos sempre fez a politica suja e nojenta .

      Excluir
    2. Não devemos nos esquecer que o chefe e mentor dessas agressões e ameaças é o leleo mão boba.

      Excluir
    3. Eles chegaram, maquiaram a cidade no primeiro mandato. Iludiram a maioria dos cidadãos e repetiram a dose. Tudo isso devido à fraquíssima representatividade política quando da chegada do W por aqui.

      Agora, com o poder que lhes confiaram, estão esmagando o povo sem dó nem piedade. E ai de quem reclamar.

      É este o preço que a população paga pela vaidade dos ditos políticos da Terra, pois se não houvesse tanta desunião, certamente não estaríamos assistindo a esse filme de horror.

      Excluir
    4. Boa noite Carmem Lúcia,

      Que coisa triste, hein!
      E os casos que são "abafados"?
      Imagino, depois dessa, que muitos cidadãos de bem possam ter passado ou estar passando por situação idêntica, mas que por medo e/ou receio, preferem se calar.
      Preocupa-me imaginar o que pode estar reservado para nós daqui pra frente.

      Excluir
    5. Outro tiro no pé.Como o itinerante é seus comparsas são ruins. vivemos a administração das Trevas. E viva a Grande baixaria imposta pelos atuais " poderosos"!

      Excluir
  67. É a arrogância do ignorante e de seus asseclas. Em todas as situações, não perdem a oportundade de mostrar toda a sua pequenez. São criatura vis, abjetas, primitivas, toscas, se sentem capazes de enfrentar a Justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mãe piraporense07/03/2012 18:27

      Fico horrorizada com a política de baixarias do bando do pitaqueiro de Montes Claros. Eles não respeitam as pessoas, as famílias de pirapora, as opniões contrárias. Onde vamos parar? Deus nos salve!

      Excluir
    2. concordo plenamente com a sua colocação Hélio.

      Excluir
    3. CAPITAL MORENA07/03/2012 22:03

      Em relação à agressão sofrida pelo Cláudio Moreno, eu também concordo com todos os comentários. Mas, infelizmente, este é o preço que temos pagado há quase oito anos, por causa da falta de humildade daqueles que se dizem políticos em Pirapora.

      Não fosse a desunião, incompetência e a vaidade exacerbada de alguns, não tenho dúvidas, de que a história poderia ter sido escrita de outra forma e, certamente, nem teríamos tomado conhecimento da existência desse grupelho infame.

      Abramos os olhos, pois a história pode se repetir. E aí sim, sentiremos na própria pele o que é sofrimento e coação, na verdadeira essência dessas palavras.

      Excluir
    4. A QUESTÃO É :

      SOMOS GOVERNADOS POR PESSOAS SEM CARÁTER. ESTAMOS SERIAMENTE AMEAÇADOS PELO POLITICAMENTE INCORRETO EU JÁ FALEI DISSO COM OS MEUS ALUNOS.

      Excluir
  68. Piraporense Anônima07/03/2012 21:52

    Alguém poderia explicar o que está acontecendo em relação aos exames de direção que acontecem aqui em Pirapora e que têm REPROVADO tanto? Eu estou curiosa para saber o que está por trás dessa reprovação em massa.
    Que está muito esquisito tudo isso. Ah, isso está!

    ResponderExcluir
  69. NO DIA INTERNACIONAL DAS MULHERES, UM PEQUENO TRECHO DA ENTREVISTA DA MINISTRA DO STJ E DO CNJ ELIANA CALMON.




    1. Qual é o maior inimigo do Brasil?


    A corrupção. As elites estão de mãos dadas com a corrupção, alguns porque realmente fazem parte de uma sociedade corrupta. Outros porque nem têm noção de que estão contribuindo para a corrupção, como o corporativismo.



    2.Gostaria de ter sido indicada ao STF se sua idade permitisse?


    Não, não seria feliz lá. É uma Casa muito política, contida, onde se fala pouco. É uma Casa de muitas vaidades. Não tenho o perfil. Sou como sou.


    3.Falava-se muito que o ACM mandava na Justiça da Bahia. Tem fundamento?

    Total. Ele mandava em tudo na Bahia, inclusive nos desembargadores, menos da Justiça Federal. O presidente do Tribunal Eleitoral chegava a dizer: "O cabeça branca mandou decidir dessa forma". Isso eu vivi, briguei e fiquei isolada.


    4. Como sobreviveu?

    Como tenho sobrevivido até hoje. Sou a marca dos desafios, né? Riam de mim. Mas sempre fui "brigona".


    ( ENTREVISTA MINISTRA ELIANA CALMON - ESTADO DE SÃO PAULO )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, Poeta,

      A ministra Eliana Calmon, com base no trecho da entrevista, é a "cara" da Dra. Myriam Figueiredo.

      Fico muito feliz. É muito prazeroso saber que ainda há mulheres fortes como elas, neste país tão desacreditado.

      Excluir
  70. ********08 de Março*************


    " Um dia vivi a ilusão de que ser homem bastaria
    Que o mundo masculino tudo me daria
    Do que eu quisesse ter
    Que nada, minha porção mulher que até então se resguardara
    É a porção melhor que trago em mim agora
    É o que me faz viver "

    Gilberto Gil


    ****************************************

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Capitão Fabiano - Pirapora08/03/2012 15:39

      Valeu Paulão, parabéns pela escolha. Esta música é realmente muito linda.

      Só para completar:

      Quem dera
      Pudesse todo homem compreender, oh, mãe, quem dera
      Ser o verão o apogeu da primavera
      E só por ela ser

      Quem sabe
      O Superhomem venha nos restituir a glória
      Mudando como um deus o curso da história
      Por causa da mulher...

      Excluir
    2. Obrigadão , capitão Fabiano.

      Excluir
  71. Pirapora a Limpo08/03/2012 10:56

    Parabéns Dra. pelo seu dia e obrigado pelos excelentes serviços prestados à comunidade Piraporense através do seu Blog.

    ResponderExcluir
  72. M----M----M-----


    Hoje é o Dia Internacional da Mulher Maravilha!!!!


    Sim, porque todas as mulheres são verdadeiras heroínas.

    abçs :-)


    M----M----M-----

    ResponderExcluir
  73. Parabéns , as mulheres guerreiras que dão conta do dia dia com muita coragem , as mulheres multifuncionais.



    "Renova-te.

    Renasce em ti mesmo.

    Multiplica os teus olhos, para verem mais.

    Multiplica os teus braços, para semeares tudo.

    Destrói os olhos que tiverem visto.

    Cria outros, para as visões novas."

    C. Meireles

    ResponderExcluir
  74. Piraporense08/03/2012 11:26

    Infelizmente algumas mulheres são agredidas fisicamente e verbalmente.

    Vejam as agressões verbais que a Dra myriam e a Dju Vieira sofreram pelos insanos da ponopolítica.

    Homens agressivos, violentos, sem moral, mercenários, vermes que por dinheiro são capazes de ameaçar, mentir e agir desonestamente.

    A minha homenagem vai para todas as mulheres e em especial a Dra. Myriam e Djú Vieira.

    ResponderExcluir
  75. Piraporense08/03/2012 11:32

    Pirapora anda afundado na era da Mediocridade e do marketing vigarista.

    ResponderExcluir
  76. Sinto náuseas de ver a lama feita pelos porcos corruptos.

    ResponderExcluir
  77. EDNA SALGADO BURITIZEIRO TE RESPEITA E AMA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Buriti,

      Eu assino embaixo!

      Excluir
    2. Valeu Edna Salgado, a redenção de Buritizeiro. Eu e minha família estamos com vc. Abraço.

      Excluir
    3. Mulheres - todas - e homens de bem de Buritizeiro: vamos nos unir em torno da professora Edna

      Excluir
  78. Delícia! Delícia !

    Bom demais!

    Lei da ficha Limpa.

    Presente para o Brasil e principalmente para Pirapora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O CANGACEIRO MAROLINHA TÁ PRONTO PARA DAR O BOTE.

      Excluir
    2. A Lei é ótima. Temos outras batalhas pela frente.
      Avante gente do bem!!!!

      Excluir
    3. Estou curioso pra ver o resultado das investigações que os auditores do TCEMG e do MP fizeram nas contas da Câmara. Quero ver o cangaceiro se explicando...

      Excluir
  79. cícero passos08/03/2012 13:07

    Impossível passar de carro nas ruas da cidade.

    Vergonha!

    Descaso!

    Omissão!

    Desmando!

    Falta de compromisso com o povo.

    Na minha rua os vizinhos reuniram para comprar um caminhão

    de cascalho para jogar nos buracos.

    Tó esperando vereador me visitar.

    Tó aguardando com ansiedade.

    telefono pra prefeitura e um jogo de empurra empurra.

    ResponderExcluir
  80. Paulo junior,

    Deus nunca deixou de atuar em bondade e amor.
    Quando todos os recursos falham, Seu amor prevalece!
    Aferre-se a sua fé.
    Permaneça firme em Sua Palavra.
    Não há outra esperança nesse mundo!

    Força, fé , esperança e amor pela vida !

    ResponderExcluir
  81. Mulheres do blog mais amado e acessado da região


    FELIZ NOSSO DIA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cacau,

      Amei o seu desprendimento! É isso aí. FELIZ NOSSO DIA!

      Sou muito feliz por ter tido o privilégio de ter dado à luz, há 22 anos atrás, exatamente neste dia, a uma criatura tão maravilhosa: MINHA FILHA!

      Obrigada DEUS!

      Excluir
  82. Capitão Fabiano - Pirapora08/03/2012 15:28

    Em nome da Drª Myriam Figueiredo, cumprimento todas essas maravilhosas e valorosas mulheres que nos honram com suas presenças virtuais e nos dão a alegria de poder compartilhar as suas ideias e opiniões em prol destas populações sofridas de Pirapora e Buritizeiro. Avante amigas, que o exemplo da força deste dia, revigore as esperanças para termos uma sociedade mais justa e fraterna.

    Escolhi este texto para homenageá-las, guereiras do dia a dia!

    "Mulher"

    Por ILSA DA LUZ BARBOSA

    Você que busca no dia a dia sua
    independência, sua liberdade, sua
    identidade própria;

    Você que luta profissional e
    emocionalmente, para ser
    valorizada e compreendida;

    Você que a cada momento tenta ser a
    companheira, a amiga, a "rainha do lar";

    Você que batalha incansavelmente por seus
    próprios direitos e também por um mundo
    mais justo e por uma sociedade sem
    violências;

    Você que resiste aos sarcasmos daqueles
    que a chamam de, pejorativamente, de
    feminista liberal e que já ocupa um
    espaço na fábrica, na escola, na
    empresa e na política;

    Você, eu, nós que temos a capacidade de
    gerar outro ser, temos também o dever de
    gerar alternativas para que a nossa Ação
    criadora, realmente ajude outras
    mulheres a conquistarem
    a liberdade de Ser...

    ResponderExcluir
  83. REYNALDO - BH (blog da VEJA)08/03/2012 17:20

    Parabéns. Este dia é especial. Mais do que os outros festivos e comerciais. Este dia foi fruto da LUTA diária, persistente, forte, decidida e ainda incompleta. Não se troca presentes hoje. Não é preciso. Mulheres estão acima e além de tudo o que a vida pode dar. São o princípio e o fim das coisas. De tudo. A nós, amigos, resta aprender o caminho que mulheres conhecem e trilham. Quando não conhecem, inventam. Quando não inventam, intuem.
    As vitórias das mulheres são as mais intensas e verdadeiras. Em uma sociedade que nada dá e tudo cobra, desafios fazem parte – desde cedo – do dia-a-dia das mulheres.
    Que homens saibam aprender, respeitar e estar ao lado de MULHERES de verdade. Como são todas vocês.
    Não dou parabéns. Digo obrigado. A cada uma e a todas.
    E que NUNCA, JAMAIS, nos esqueçamos do por que o dia 8 de março é o Dia Internacional das Mulheres.
    Foram necessários 53 anos para que um mínimo de reconhecimento da LUTA das mulheres fosse citado. E mais 65 anos para que a ONU reconhecesse o que cada homem já deveria saber. No total, são 118 anos (!!!) entre a covardia (um dos maiores crimes já cometidos pela humanidade!) e o reconhecimento. Tardiamente vergonhoso. E ainda incompleto… Até quando?
    ………………
    História do 8 de março

    No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.

    A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

    Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o “Dia Internacional da Mulher”, em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas).

    ResponderExcluir
  84. Judith, para todas as mulheres08/03/2012 17:50

    Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.
    Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas.
    Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.
    Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.
    Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.
    Olhe para o lado, alguém precisa de você.
    Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.
    Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.
    Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.
    Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
    Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
    Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
    Se achar que precisa voltar, volte!
    Se perceber que precisa seguir, siga!
    Se estiver tudo errado, comece novamente.
    Se estiver tudo certo, continue.
    Se sentir saudades, mate-a.
    Se perder um amor, não se perca!
    Se achá-lo, segure-o!
    (Fernando Pessoa)

    ResponderExcluir
  85. Um dia só é pouco. Que DEUS nos cubra de bênçãos e sabedoria todos os dias de nossas vidas.

    Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola a derruba com suas próprias mãos (Prov 14:1).

    ResponderExcluir
  86. Ligadão da Aparecida08/03/2012 18:36

    Fiquei sabendo que foi o ex secretario de saúde do turcão que agrediu o locutor Cláudio Cesar.

    Como pode?

    Todos os bandidos e piriguetes criminososos que fizeram parte da administração do turcão estão com o itinerante.

    Precisamos dar um basta nessa farra da ladroagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na cidade do itinerante e suas laranjas, nada mais natural que existam agressões e baixarias. Vale lembrar que os falsários populares não conhecem as palavras respeito e honestidade.

      Excluir
  87. Professor municipal08/03/2012 19:13

    “No dia em que as mulheres dominarem o mundo,
    A única desigualdade será na altura do salto ou no corte de cabelo.

    Só as dietas mais rigorosas causarão fome e o único crime registrado será o roubo de beijos.

    Se ainda se falar em aquecimento global, ele será causado pelo calor das grandes paixões e a queda da bolsa será um mero descuido ao procurar um batom.

    Chegará o dia em que as mulheres, como quem retoca a maquiagem, pintarão o mundo mais justo e humano. Estaremos torcendo para que este dia chegue logo." (Uniqe)

    Felicidades Dra. Myriam Figueiredo e todas as mulheres participantes do blog transparência.

    ResponderExcluir
  88. Neste Dia Internacional das Mulheres estou feliz triplamente: sou mulher, tenho uma filha que nasceu nesta data, e também por causa do bate papo muito fofo com as duas vice prefeitas Edna e Djuliane no Programa Falando Sério de Hoje. Lindo. Amei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conceição da Silva09/03/2012 13:07

      Leonice au tbm gostei mt e agora vou ficar com a DJU em Pirapora. A MULHER TEM QUE MOSTRAR QUE TEM FORÇA. PROFESSORA EDNA EM BURITIZEIRO E DJU VIEIRA AQUI EM PIRAPORA. TUDO DE BOM.

      Excluir
    2. Também apoio as duas

      Excluir
  89. XÔ PESSIMISMO!!!

    É fato que no dia de hoje comemoramos o Dia Internacional da Mulher. Contudo, não podemos nos esquecer que, para tanto, foi preciso que centenas de mulheres trabalhadoras fossem queimadas vivas. Caríssimo o preço da homenagem, não?

    Assim, em pleno século XXI faz-se necessário políticas públicas sérias voltadas para a dignidade da mulher dona de casa, mãe de família, trabalhadora, arrimo de família etc., etc.

    Há uma gama de mulheres sofrendo as piores agruras (sabemos disso) e que precisam de mais do que uma singela homenagem. Muitas delas, emudecidas, clamam por socorro! Infelizmente.

    ResponderExcluir
  90. CAPITAL MORENA08/03/2012 22:22

    Gustavo Augusto Pereira de Carvalho Rolla
    Promotor de Justiça.

    A nação carece de HOMENS como o senhor. Como carece!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MEU DEUS, QUANDO CHEGARÁ A HORA DE PIRAPORA E DE BURITIZEIRO????
      ****
      Políticos de Turmalina são condenados por associação em um esquema de corrupção

      08/03/2012 20h13
      O TEMPO - DA REDAÇÃO
      OTEMPOonline


      ASoelson Araújo e Edi Pinheiro de Castro, respectivamente ex-prefeito e ex-vereador de Turmalina, no Vale do Jequitinhonha, foram condenados a cinco anos de reclusão por associação em um esquema de corrupção. Segundo os autos, em fevereiro de 2007, durante processo de cassação do então prefeito municipal, teria sido montado um esquema de corrupção no qual Edi, exercendo a função de vereador, teria se comprometido a votar contra a cassação de Soelson em troca de favores e uma quantia em dinheiro no valor de R$ 57 mil.

      Segundo a denúncia, E.S.A.M., enviado pelo então prefeito, teria procurado os vereador e os dois irmãos dele para apresentação das ofertas e das solicitações de Soelson, que iria autorizar a execução de serviços de transporte público municipal das escolas e feirantes, bem como providenciar um imóvel e uma quantia em dinheiro que totalizaria o montante de R$ 57 mil. Além disso, os três irmãos teriam solicitado empregos na administração pública municipal para seus familiares e a quantia de R$10 mil para aquisição de um veículo.

      A proposta teria sido repassada ao prefeito, que marcou reunião com todos os denunciados, sendo que a entrega do dinheiro teria sido realizada pessoalmente por este em um sítio de propriedade de um dos irmãos do vereador, em 10 de fevereiro de 2007.

      Com exceção do prefeito e vereador, os demais acusados foram condenados a quatro anos e 2 meses de reclusão, em regime inicialmente semi-aberto e foram absolvidos do delito de formação de quadrilha.

      Excluir
    2. QUANDO NOTICIAREMOS A PRISÃO DO ITINERANTE E DO PADRECO?
      *****

      SUL DE MINAS
      Ex-prefeito de Três Pontas é condenado a 3 anos e seis meses de detenção por desvio de dinheiro público
      08/03/2012 10h59

      O ex-prefeito de Três Pontas, no Sul de Minas, Antônio Carlos Mesquita (PDT), foi condenado à pena de 3 anos e 6 meses de detenção em regime semi-aberto pela Justiça mineira por desvio de dinheiro público e dispensa ilegal de licitação na criação de uma loteria municipal. O secretário da administração e irmão do político, Fernando Tadeu Mesquita, e o analista de sistemas dele, Edson Lopes da Fonseca, também foram condenados à mesma pena nesta quinta-feira (8), depois da criação da "Disque Fartura".

      O ex-prefeito, o secretário e o analista deverão ainda pagar multa de, respectivamente, cinco, dois e um salário mínimo. Entre os meses de abril e novembro de 1998, na cidade de Três Pontas, o então prefeito instalou uma loteria municipal chamada Disque Fartura, com prêmios em dinheiro e valores em ouro. A lei municipal que regularizou a loteria estabeleceu que o serviço seria explorado por empresa privada, que todas as despesas ficariam a cargo da empresa concessionária e que deveria haver licitação para a concessão. O objetivo era auxiliar a arrecadação municipal e contribuir em espécie para a seguridade social.

      Entretanto, o prefeito e o secretário de administração, seu irmão, contrataram, em regime de permissão e mediante indevida dispensa de licitação, a empresa Fartura Administração, Empreendimentos e Marketing S/C Ltda. Na mesma época, foi contratado o analista de sistemas, como representante da empresa, para implantação de sistema de computadores e central telefônica para atendimento aos participantes da loteria. A prefeitura forneceu dinheiro público à empresa e ao analista de sistemas, e a compra dos equipamentos da lotérica foi superfaturada, o que gerou um prejuízo de R$ 134.579,43 aos cofres públicos.

      De acordo com o advogado de defesa do prefeito e do irmão dele, Luiz Carlos Gambogi, eles vão recorrer da decisão. "A defesa não teve acesso ao processo antes da abertura do mesmo, o que é garantido pelo direito da defesa prévia", afirmou Gamboji. Ele pedirá ainda o embargo por divergência, já que os três desembargadores que acompanharam o processo, segundo ele, tiveram divergências em relação ao caso. "A intenção é que o caso seja avaliado por cinco desembargadores e não apenas três", afirmou.

      A ação criminal foi ajuizada pelo Ministério Público em abril de 2002 e foi julgada em Três Pontas, com a condenação dos réus, que recorreram ao Tribunal de Justiça. A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais determinou que os três envolvidos perdessem os direitos civis de exercer cargo, emprego ou função pública, mandato eletivo ou por nomeação pelo prazo de cinco anos, depois que o processo for concluído até a instância em que receber o trânsito julgado.

      Para o desembargador Adilson Lamounier, relator do recurso, as provas testemunhais e documentais comprovaram o desvio de finalidade, já que a lei autorizou a criação da loteria municipal que determinava que o governo da cidade não poderia arcar com gastos. Até porque, o objetivo era arrecadar verba para a seguridade social. O relator considerou ainda que o analista de sistemas deve ser responsabilizado, “uma vez que todo aquele que contribui para a prática de infração penal incide nas mesmas penas”.

      O desembargador Eduardo Machado acompanhou o relator, ficando vencido em parte o desembargador Alexandre Victor de Carvalho, que havia fixado a pena dos acusados em três anos. A decisão ainda cabe recurso.

      Ação civil pública. Uma ação civil pública já havia sido instaurada pelo Ministério Público em setembro de 2001. Nessa ação, os réus foram condenados a devolver o valor desviado, R$ 134.579,43, aos cofres públicos. A baixa definitiva desse processo se deu em março de 2009, e hoje ele está em fase de cumprimento de sentença.

      Excluir
    3. GALERA, VAMOS TAMBÉM NÓS APELAR PARA A ELIANA CALMON, PARA QUE JUSTIÇA SEJA FEITA E O ITINERANTE E O PADRECO SEJAM PRESOS?
      *****
      09/03/201206h00
      Com média de três processos por município, Alagoas ganha força-tarefa para julgar casos de improbidadeComenteCarlos Madeiro
      Do UOL, em Maceió

      Comunicar erro Imprimir Conhecido pelos escândalos políticos, o Estado de Alagoas terá um força-tarefa para analisar ações de improbidade administrativa que tramitam no judiciário envolvendo gestores públicos. Segundo o TJ-AL (Tribunal de Justiça de Alagoas), existem 343 processos em trâmite, o que dá uma média superior a três processos para cada um dos 102 municípios alagoanos.

      Para analisar os casos, foi criado um grupo composto por cinco juízes que vão atuar como auxiliares nos processos que tramitam nas Varas da Fazenda Pública da capital e nas Varas do interior. Os nomes do magistrados escolhidos foram publicados em portaria no Diário Oficial da Justiça desta quinta-feira (8), que oficializou a criação da força-tarefa. Os magistrados contam com a ajuda de técnicos fazendários da Receita Federal e da Secretaria da Fazenda.

      “É um número gigantesco de processos. Se pudéssemos somar os recursos desviados que estão nessa ações, chegaríamos a uma cifra astronômica, que tiraria Alagoas da pobreza em que está”, afirmou o coordenador em Alagoas do MCCE (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral), advogado Adriano Argolo.

      Somente as duas maiores ações que tramitam na Justiça acusam gestores e empresas por desvios na ordem de R$ 500 milhões. A primeira é referente à Operação Taturana, desencadeada pela Polícia Federal, em 2007, que investigou ex e atuais deputados em um esquema de desvio da Assembleia Legislativa na ordem de R$ 300 milhões. Já a denúncia do MP (Ministério Público Estadual) contra a chamada “máfia do lixo” acusa o prefeito de Maceió, Cícero Almeida (PP), e mais 15 pessoas, por um suposto esquema fraudulento de R$ 200 milhões, desviados dos recursos da coleta do lixo urbano da capital alagoana.

      No último domingo, o UOL revelou que as duas empresas acusadas de participação no suposto esquema em Maceió, e que ainda sequer foram citadas no processo enviado à Justiça em novembro de 2010, venceram a licitação e vão coletar o lixo nos próximos cinco anos em Maceió. Para isso, vão receber R$ 493 milhões.

      “Ficamos de mãos atadas, pois não posso impedir [a contratação]. Legalmente, nem rés no processo essas empresas são ainda. Isso é grave e é o malefício que a impunidade causa. Se houvesse o julgamento e fossem absolvidas, ninguém estaria falando nada. Mas esse estado de dúvida é ainda pior. Se elas fossem condenadas, como pedimos, não estariam sendo recontratadas”, disse o promotor Marcus Rômulo, autor da ação de improbidade adminsitrativa.

      CONTINUA NO PROXIMO POST

      Excluir
    4. CONTINUAÇÃO DO POST ANTERIOR
      *****
      A atuação do grupo
      Os juízes escolhidos pelo TJ-AL foram selecionados pela atuação na área fazendária e por serem responsáveis por varas com poucos processos pendentes. Assim, a ideia é que os magistrados se dediquem às causas que envolvam desvio de recursos. Para isso, eles terão sala própria.

      Segundo o presidente do tribunal, Sebastião Costa Filho, a criação o grupo foi recomendado pela corregedora do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), ministra Eliana Calmon, que teria criticado a demora na apreciação de ações contra gestores. Ele explica que a falta de técnicos que analisem contas públicas é um dos calos do judiciário local, que terá agora apoio de instituições fazendárias. “Escolhemos magistrados com larga experiência em processos administrativos e que vão contribuir para o julgamento célere destas ações. Eles também terão apoio de especialistas de órgãos como a Receita Federal e Secretaria da Fazenda, por exemplo, para melhor embasar suas decisões”, disse.

      Costa Filho explicou que, apesar do colegiado para analisar as causas, a decisão dos processos respeitará a lei da magistratura e será assinada pelo juiz titular da vara onde tramita. “No futuro, a depender do resultado desse trabalho, poderemos estudar ter uma vara especial para os casos de improbidade”, afirmou.

      Decisão elogiada
      A criação da força-tarefa foi elogiada pelas entidades representativas e que lutam contra a corrupção em Alagoas. Para o presidente da OAB-AL (Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas), Omar Coelho de Melo, o grupo vem em boa hora, já que as regras eleitorais passam por mudanças com a aprovação da Lei da Ficha Limpa, aprovada pelo Congresso Nacional e validada, no mês passado, pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

      “A situação dos processos em Alagoas, de um modo geral, é de lentidão. A gente vê com muita satisfação a vontade do tribunal em fazer com que os processos andem. São as decisões que vão gerar o ficha limpa. É uma contribuição inestimável que o judiciário local dá, fazendo com que os processos andem, para saber afinal quem é 'ficha limpa'. Hoje, como vamos saber se os processos não são julgados?”, questionou.

      O cordenador do MCCE em Alagoas também elogiou a iniciativa, mas fez uma ressalva no que se refere à Lei da Ficha Limpa. “Esperamos que surja efeito prático desse grupo, que é louvável. Você ter um um grupo de juízes trabalhando em diversos processos é melhor que uma vara. Mas é importante o TJ-AL julgar as causas, já em segunda instância, que também se acumulam. As decisões em primeira instância não são alcançadas pela Lei da Ficha Limpa. Por isso é importante o TJ-AL agilizar os seus processos”, afirmou Adriano Argolo.

      Excluir
    5. O PADRECO E O ITINERANTE TAMBÉM INCORRERAM NESSES MESMOS CRIMES
      ****
      Justiça condenada prefeito de Uberaba por irregularidades em concurso público

      Outros dois funcionários da prefeitura de Uberaba também foram condenados. Todos os envolvidos terão que pagar multa e ressarcir os cofres públicos com o dinheiro gasto

      Marcelo Ernesto

      ESTADO DE MINAS - Publicação: 09/03/2012 19:32 Atualização: 09/03/2012 20:10


      O prefeito de Uberaba e mais dois funcionários foram condenados por improbidade administrativa

      O prefeito de Uberaba, Anderson Adauto (PMDB), recebeu mais uma condenação por improbidade administrativa. De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), ele e mais dois funcionários da prefeitura são acusados de irregularidades na realização de um concurso público para o cargo de agente de saúde do município. Conforme a denúncia do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), durante a realização do processo seletivo ocorreram diversos problemas – fraude em gabaritos, vício na publicação das notas e irregularidades nas pontuações. O esquema foi denunciado pelo então secretário de saúde e provocou a anulação do concurso. A decisão é de primeira instância e ainda cabe recurso. O município está localizado na Região do Triângulo Mineiro.

      Além do prefeito, a então diretora do Departamento Central de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Secretária Municipal de Administração, Lázara Abadia Gomes Ribeiro, e o Secretário Municipal de Administração, que ainda responde pela pasta, Rômulo de Souza Figueiredo, terão que ressarcir o patrimônio público no valor de todas as despesas gastas na realização do concurso. O valor total ainda será apurado. Os três também terão que pagar multa de 20 vezes o valor da última remuneração mensal líquida recebida no exercício dos cargos em 2006. Os envolvidos terão os direitos políticos suspensos por cinco anos e ficam impedidos de fazer contratos ou receber benefícios ou incentivos fiscais do pode público.

      Para o juíz Timóteo Yagura, da 5° Vara Cível da comarca de Uberada, as irregularidades detectadas foram “gritantes”. Em sua decisão, o magistrado lembrou que a classificação foi feita por Lázara e ratificada por Adauto, na condição de prefeito, e por Rômulo Figueiredo, como secretário de administração. Pra ele, houve “cartas marcadas” na realização do concurso. “Sem medo de errar, de antemão, já se sabia quais pessoas seriam ‘aprovadas’ naquele concurso, num manifesto jogo de cartas marcadas em detrimento de centenas de outras pessoas”, citou. E completou dizendo que “não há dúvidas de que a conduta dos réus causou prejuízos ao erário e atentou contra os princípios da administração pública”.

      Em sua defesa no processo, os três réus se disseram inocentes e atribuíram a culpa ao secretário de saúde que, segundo eles, teria elaborado e conduzido a aplicação das provas. A reportagem do em.com tentou contato com a prefeitura de Uberaba, mas ninguém atendeu as ligações.

      Reincidência

      No início deste mês, Anderson Adauto já havia sido condenado por improbidade administrativa por contratar uma empresa de marketing e comunicação, sem concorrência, ao custo de R$ 1,2 milhão. Conforme a sentença do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, além da devolução de todos os valores gastos na contratação ilegal, o prefeito e a empresa terão que pagar multa no valor de equivalente ao dano gerado ao município. Adauto ainda poderá perder a função pública e ter os direito políticos suspensos por cinco anos.

      Em fevereiro, o prefeito recebeu a mesma condenação por ter utilizado dois informes publicitários, confeccionados com o dinheiro público, para se autopromover.

      Excluir
    6. Em Pirapora, o itinerante e o pitaqueiro usam e abusam dos recursos públicos para se autopromover, mas ninguém denuncia. Quem cala, consente, incentiva o crime.

      Excluir
    7. É isso aí, Promotor. Honre o seu sobrenome e ponha quente nesses meliantes. Não se esqueça de, também, pôr na reta o padreco de buritizeiro... Ele tá carecendo de sentir a dureza da Lei... O bicho tá aprontando, tá achando que a prefeitura é dele, que pode dar o SAAE pros estrangeiros... Tá cheio de processos na comarca, mas ninguém sabe por que não andam, ou, quando andam, seguem a passos de tartaruga.

      Excluir
  91. O padreco prefeito de Buritizeiro sabe que a qualquer momento será defenestrado do cargo e se esforça para destruir a cidade e as finanças da prefeitura. As finanças do SAAE estão bastante combalidas, pois o padreco usa a autarquia como moeda de troca política, entregando a direção a pessoas absolutamente estranhas até mesmo à cidade, como é o caso do mais novo diretor, trazido de Montes Claros por indicação de um deputado. O tal diretor mal chegou e em poucos dias já pôs em sua conta bancária quase 3 mil reais em diárias de viagem... Pena que a Câmara de Buritizeiro seja igualmente inimiga do povo da cidade, não está nem aí pra esses absurdos, finge que nada disso está acontecendo... Não via ficar pedra sobre pedra no SAAE e na prefeitura. O padreco e os estrangeiros que saquearam e saqueam a autarquia irão embora, deixando um rombo que dificilmente será recuperado... Cidadãos de Buritizeiro, hora de reagir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um assalto puxa outro. Recentemente, um conhecido me disse que uma potente caminhonete mitsubishi, 4 portas, preta, tem sido vista com frequência, num posto de combustível em Pirapora, sendo abastecida até o talo com óleo diesel. O dono do carrão não paga com cheque, nem com dinheiro nem passa cartão de crédito ou débito. Simplesmente assina uma nota, sem qualquer preocupação com o valor, e a dolorosa é encaminhada ao SAAE de Buritizeiro, quer dizer, quem paga são os contribuintes buritizeirenses.
      Certo de que terminará seu mandato impune, o padreco, que não teme a justiça de Deus nem a dos homens e ri da inutilidade e boçalidade dos vereadores, segue praticando esses e outros absurdos contra os buritizeirenses.

      Excluir
  92. CAPITAL MORENA09/03/2012 22:13

    Pessoal, na verdade nós estamos sem lenço e sem documento, entregues à própria sorte.

    Cadê a Justiça que NUNCA chega por aqui?

    Neste mesmo blog as pessoas têm postado inúmeros casos (de menor grau de corrupção) mas que foram ou estão sendo solucionados país a fora pela Justiça. Por que aqui, com tantas evidências, a Justiça não age?

    Tem caroço nesse angu. Ah! tem!

    ResponderExcluir