domingo, 24 de janeiro de 2016

Warmillon Fonseca Braga usou a irmã Veronice para “Lavagem de Dinheiro” e foram denunciados em Ação Criminal pelo Ministério Público


Durante muitos anos Warmillon Fonseca Braga enganou o povo de Pirapora, acreditando que a população é idiota.

 

O Ministério Público de Minas Gerais apurou que Warmillon contou com a contribuição de “laranjas” para ocultar que é proprietário de bens adquiridos no período em que foi prefeito de Pirapora, em decorrência da prática de crimes contra a Administração Pública de Pirapora.

 

Dentre os “laranjas” estão sua esposa Marcella Machado Ribas Fonseca, que foi denunciada na Ação Criminal, Processo 0019804-11.2015.8.13.0512, por “lavagem de dinheiro” e sua sobrinha Anne Fonseca Braga de Carvalho, que foi denunciada na Ação Criminal, Processo 0019002-13.2015.8.13.0512, por “lavagem de dinheiro”.

 

Pelo mesmo motivo, o Ministério Público de Minas Gerais ajuizou Ação Criminal, Processo nº 0019507-04.2015.8.13.0512, contra Warmillon Fonseca Braga e Veronice Fonseca Braga de Carvalho.

Ambos são acusados de “lavagem de dinheiro” por ocultarem a origem e propriedade de bens e direitos provenientes de crimes contra a Administração Pública em Pirapora.

Durante o período em que Warmillon Fonseca Braga foi prefeito de Pirapora, ele ocultou bens e valores utilizando-se de pessoas interpostas ou “laranjas”.

O Ministério Público obteve acesso aos dados bancários e fiscais de Warmillon Fonseca. Além disso, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais concedeu medidas de interceptação telefônica, busca e apreensão de documentos.

Com base nas fartas provas obtidas o Ministério Público apurou que Warmillon, no período em que foi prefeito de Pirapora, adquiriu bens para si ou terceiros com valores desproporcionais à evolução de seu patrimônio e renda, sem lastro financeiro em fontes lícitas, com incompatibilidade entre a movimentação bancária de Warmillon e os rendimentos por ele declarados.
Warmillon usou a sobrinha Anne Fonseca Braga de Carvalho, filha de Veronice Fonseca Braga de Carvalho, para dissimular que é o real proprietários de diversos bens e empresas que adquiriu após se tornar prefeito de Pirapora. Além disso, movimentou vultosos valores utilizando as contas bancárias de Anne Fonseca Braga de Carvalho.

Também Veronice Fonseca Braga de Carvalho, irmã de Warmillon Fonseca Braga e mãe de Anne Fonseca Braga de Carvalho, foi utilizada para ocultação de bens, apresentando-se como sócia de empresas, que na realidade eram de seu irmão Warmillon.

Veronice Fonseca Braga de Carvalho foi autuada pela Receita Federal por movimentação financeira incompatível com seus rendimentos e Anne Fonseca Braga de Carvalho foi autuada por evolução patrimonial incompatível.
1. Rádio Bel Rio FM:

Parte do capital social (49%) da Rádio Bel Rio FM (Sistema Bel Rio de Radiodifusão Ltda) foi adquirida por Veronice Fonseca Braga de Carvalho. No entanto, as declarações prestadas por Luiz Carlos de Ávila e Marcelo Campos Valadares ao Ministério Público comprovaram que as quotas foram adquiridas por Warmillon Fonseca Braga, noticiando a ingerência de Warmillon na administração da Rádio Bel Rio FM.

Warmillon Fonseca Braga, contando com a colaboração de sua irmã Veronice Fonseca Braga de Carvalho, ocultou a movimentação de recursos necessários para a aquisição das quotas da Rádio Bel Rio FM, bem como a titularidade das mesmas, uma vez que foram registradas em nome da irmã Veronice.

Essa foi uma estratégia de Warmillon para “blindagem” patrimonial e para não externar o patrimônio incompatível com seus rendimentos.

Warmillon Fonseca Braga não contava com lastro financeiro suficiente para a aquisição de todos os bens que passaram a compor seu acervo patrimonial a partir de sua posse no cargo de prefeito de Pirapora.

2. Rádio Pirapora AM (Sistema Norte Mineiro de Radiodifusão):

As provas colhidas pelo Ministério Público demonstraram que Warmillon Fonseca Braga é proprietário da Rádio Pirapora AM (Sistema Norte Mineiro de Radiodifusão – Rádio Acaiaca).

Arquivos apreendidos no gabinete de Warmillon Fonseca Braga na Prefeitura de Pirapora identificaram diversos emails contendo vários orçamentos para a aquisição de equipamentos para a Rádio Pirapora.

Também foi apreendido um envelope branco com timbre da Rádio Acaiaca contendo planilhas e relatórios de faturamento e pagamentos da Rádio Pirapora nos anos de 2010 e 2011.

Novamente se percebe o artifício usado por Warmillon Fonseca Braga para ocultar seu status de sócio da Rádio Pirapora, deixando clara a participação consciente e conivente de Veronice Fonseca Braga de Carvalho como “laranja” em suas movimentações.

Warmillon Fonseca Braga não reuniu lastro financeiro suficiente para as movimentações financeiras que teve e para suportar o crescimento patrimonial constatado.

Foram verificadas as maiores discrepâncias entre a movimentação financeira e o crescimento patrimonial e os recursos auferidos por Warmillon Fonseca Braga, conforme constatado pelo Laboratório de Tecnologia Contra Lavagem de Dinheiro do Ministério Público de Minas Gerais.

Dessa forma, os registros de bens em nome de terceiros, inclusive de Veronice Fonseca Braga de Carvalho, constituíram estratégias traçadas por Warmillon Fonseca Braga para ocultar e dissimular a origem, movimentação e propriedade de bens e valores oriundos de crimes contra a Administração Pública de Pirapora.

Pedidos de Condenação na Ação Criminal:

O Ministério Público pediu a condenação de Warmillon Fonseca Braga e Veronice Fonseca Braga de Carvalho pela prática do crime previsto na Lei 9.613/97 (Lei que dispõe sobre os crimes de "lavagem" ou ocultação de bens, direitos e valores) por 2 (duas) vezes, cuja pena de reclusão é de 3 (três) a 10 (dez) anos e multa, e também na forma dos artigos 29 e 69 do Código Penal.

O Ministério Público também pediu a suspensão dos direitos políticos de Warmillon Fonseca Braga e Veronice Fonseca Braga de Carvalho.

Com fundamento no artigo 91, inciso II, alínea “b” do Código Penal e no artigo 7º da Lei 9.613/97, o Ministério Público pediu a perda dos seguintes bens:

1. 49% das quotas da Rádio Bel Rio FM.
2. A integralidade das quotas da Rádio Pirapora AM (Sistema Norte Mineiro de Radiodifusão), denominada Veronice Fonseca Braga de Carvalho – EIRELI-ME.

Bem Sequestrado:

No processo 0021131-88.2015.8.13.0512, que tramita na Comarca de Pirapora, o Juiz de Direito Anderson Fábio Nogueira Alves já concedeu a medida liminar para expedição de ofício à Junta Comercial de Minas Gerais para registro de sequestro de 49% do capital social da Rádio Bel Rio FM.


35 comentários:

  1. Eita Máquina violenta de roubar dinheiro do povo. Demais. O que faziam os Vereadores da época? Cúmplices dessa roubalheira toda. Tomará que o Ministério Público arranque cada centavo que ele roubou do povo de Pirapora. Bandido!

    ResponderExcluir
  2. É UMA FAMÍLIA DE LARÁPIOS.
    ROUBARAM DE PIRAPORA DURANTE OITO ANOS. CONSTRUÍRAM UM IMPÉRIO FINANCEIRO.
    BANDIDOS MALDITOS!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrícia,
      mãe e filha laranjas, que esconderam dinheiro roubado do povo de Pirapora.
      As duas rádios AM (100%) e FM (49%, por enquanto) adquiridas com os recursos surrupiados da Prefeitura.
      O Posto e Restaurante Vila também.
      A casa da Rua Sete Lagoas também.
      O apartamento de luxo em BH também.
      As fazendas também.
      Os imóveis em outras cidades também.
      Os carros de luxo também.
      O sítio de Buritizeiro também.
      O dinheiro escondido também foi tirado dos cofres públicos.

      Excluir
  3. É, Dra. Miriam, só nos resta a senhora e o blog para enfrentar a quadrilha.
    Depois do que o ex-prefeito fez com Emerson Santos, não resta mais ninguém em Pirapora com independência e credibilidade. A mídia está ajoelhada para criminoso.
    Coragem, Dra! Avante! O que a vida quer de todos nós, neste momento, é coragem, luta e muito amor por Pirapora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que resistir bravamente, porque o bandido, a quadrilha e os simpatizantes da corrupção estão querendo voltar à prefeitura.

      Excluir
    2. Gente,
      essa aí é a Verinha que foi nossa colega?
      Meu Deus, que horror! Ainda levou a filha para o mundo do crime?

      Excluir
    3. MORADORA DO BAIRRO SANTO ANTONIO24/01/2016 20:18

      VERGONHA ALHEIA DE TODA A FAMÍLIA ENVOLVIDA NOS CRIMES DO CHEFE DA GANG.
      JOGARAM NA LATA DO LIXO O NOME DA FAMÍLIA QUE UM DIA FOI RESPEITADA EM PIRAPORA.

      Excluir
  4. Aposto que, assim que o ex-prefeito for preso novamente, porque vai,nem tem outra solução para ele, as coisas mudam, os amigos somem, os simpatizantes desaparecem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leila, ainda existem admiradores de bandido e ignorantes a ponto de não entenderem as consequências devastadoras quando apoiam o ex-prefeito, a quem vendem seus votos a troco de migalhas ou esperam suas compensações financeiras. E Pirapora que se exploda!

      Excluir
  5. Não compreendo como Marcelo Valadares pode ter reatado amizade com o chefe da quadrilha, sendo conhecedor de todos os crimes desse sujeito, inclusive fazendo parte do rol de testemunhas deste processo, conforme está escrito no final da folha 18.
    Não dá para entender de jeito nenhum.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se coloquem no lugar de Marcelo Valadares que teve que ficar 4 ou 5 anos afastado de sua função de diretor-presidente da rádio 102 FM, pagando salário para um interventor, lutando na justiça, gastando dinheiro a rôdo com advogados e nada resolvia, foi muito melhor ele fingir que é amigo de Warmillon (porquê Warmillon também só finge que é amigo dele) e estar de volta na direção da empresa que fundou e é majoritário e esperar a justiça puní-lo, simples assim. Entendeu agora?

      Excluir
    2. Luiz Carlos25/01/2016 10:33

      Vou me colocar no lugar do Marcelo Valadares, homem honesto, empresário bem sucedido, fazendeiro abastado, filho de família conceituada e digna que, por sua independência e dignidade deveria prosseguir com suas demandas judiciais, até a última instância, para fazer valer seus direitos na rádio FM, conspurcados por um ladrão.
      Jamais ficaria nas mãos desse bandido condenado e ex-presidiário, tendo que concordar com sua sanha destruidora contra adversários políticos e obedecer suas ordens criminosas.
      Mesmo sofrendo com a demora da Justiça, eu não cairia no colo de um chefe de quadrilha.
      Mas como diz o dito popular: cada um é cada um.

      Excluir
  6. Não existem mais ou menos honestos. Ou somos honestos ou somos desonestos.

    ResponderExcluir
  7. Senhor Juiz,
    esse pilantra está desafiando a Justiça e o MP, desrespeitando decisões judiciais, achando que juiz e promotor são idiotas como o povinho que o elegeu. Portanto, não demore muito, ponha de volta esse bandido folgado na cadeia, que é o merecido lugar desse elemento malfeitor de Pirapora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O chefe da quadrilha, sua família e os membros da organização criminosa só saberão o real significado das palavras Honestidade, Ética e Moral quando forem morar definitivamente na Nelson Hungria.
      A Pirapora honesta deseja muito que o Juiz Dr. Anderson vai ensina-los.

      Excluir
    2. O novo candidato a prefeito de Pirapora,sera vanderley o irmão mais velho de Indalecio ,temos um novo politico na cidade.

      Excluir
    3. Nesse ponho fé. Trabalhador, honesto, sério, bom marido e pai de família.

      Excluir
    4. Não iria voltar em ninguém ,mais como apareceu sangue novo e se ele for mesmo candidato,voto nele.

      Excluir
    5. Voto nele e que tenha um bom vice uma mulher seria bom!

      Excluir
  8. Muito triste ver no site da Bel Rio o estúdio vazio, sem a presença de Emerson Santos, comunicador importante na região, calado pelo ex-prefeito, que prefere ver toda a imprensa de Pirapora amordaçada, de joelhos e obedecendo suas determinações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que que houve? Estava de férias e só agora estou sabendo, esse bandido conseguiu tirar o programa Falando Sério do ar? Como? Será que não tem mais volta? Alguém que conhece o Emerson sabe se ele voltará?

      Excluir
  9. Parece que o ex-prefeito ficou muito pior depois dos dezesseis meses na Nelson Hungria. Movido somente a ódio, planeja diuturnamente destruir seus "inimigos políticos" e voltar para a prefeitura.
    Incorporou o demônio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me permita complementar sua opinião: TODOS que militam na política partidária são movidos a ódio, planejam diuturnamente destruir seus "inimigos políticos" e pensam em voltar ou entrar na prefeitura. Quem acha que isso é privilégio do ex-prefeito está engando.

      Excluir
  10. Me desculpem o que vou escrever, depois de ler as últimas postagens:

    BOA CONDUTA SE APRENDE EM CASA, RESPEITAR AS PESSOAS, NÃO ROUBAR ,NÃO MENTIR, NÃO COBIÇAR O QUE NÃO É SEU, NÃO QUERER SER O QUE NÃO É. A EDUCAÇÃO É A BASE DE TUDO.

    ResponderExcluir
  11. Uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria quis saber qual é a maior preocupação dos brasileiros. Pela primeira vez, a corrupção apareceu como o problema considerado mais grave no país. Seis em cada 10 brasileiros consideram a corrupção como o pior problema do Brasil. A corrupção apareceu no topo da lista pela primeira vez, deixando para trás problemas clássicos do país como drogas, violência, saúde, inflação e desemprego. Com o agravamento da crise econômica, o medo da disparada dos preços e de perder o emprego cresceu muito nos últimos três anos. Para Márcio Coimbra, professor de Relações Institucionais do IBMEC/DF, a preocupação com a corrupção cresceu porque os efeitos dos desvios atingiram a qualidade de vida das pessoas.
    “A percepção das pessoas vem muito pelo poder de compra. Então, quando a crise econômica passa a afetá-la, ela entende que a corrupção tá chegando no seu próprio bolso. Hoje, as pessoas tão vendo que a corrupção tem consequência”, diz Coimbra.

    PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR:

    SERÁ QUE PIRAPORA É UMA ILHA DENTRO DO BRASIL? SERÁ QUE SÓ AQUI A CORRUPÇÃO É TOLERADA, QUE ROUBAR É NORMAL, QUE EX-PREFEITO, MESMO CONDENADO EM VÁRIOS PROCESSOS, PRESO POR 1 ANO E 4 MESES, É CONFIÁVEL PARA RETORNAR À PREFEITURA?

    ResponderExcluir
  12. Se tudo vai mal, logo... (Roberto DaMatta)
    O fato é que a indiferença a “tudo que é de todos” define o que nós, brasileiros, entendemos por “política”. Para nós, a política é o túmulo do que não gostamos. Como nada temos a ver com ela, tudo o que diz respeito ao gerenciamento público é entregue aos políticos, que fazem o que bem entendem, desde que atendam aos nossos pleitos. Ou não nos perturbem com muitos deveres e impostos. Enquanto isso, nós jogamos o nosso lixo na rua certos de que cabe ao “governo” resolver o assunto, mas a maldita “política” não deixa. Tudo vai bem até o dia em que descobrimos que o descaso em massa, ao lado de incompetência administrativa e da má-fé ideológica, levam o país à ruína.Mas se a nossa utopia é todo mundo virar funcionário público, bolsista ou aposentado e, como prêmio, todo “político” ter o direito de roubar sem ser punido, então o Brasil vai pro brejo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O País na lama entregue aos adoradores da ganância e do poder. Estamos em caos Mundial. Zica, El, Corrupção, refugiados e alteração climática. Não percamos a fé no grão de mostarda.

      Excluir
  13. Na volta do recesso parlamentar, muitos eleitores do vereador Orlando esperam que ele não entre na canoa furada do vereador ovelha e do vereador via velha. Que ele tenha muita serenidade em seus pronunciamentos e feche com chave de ouro sua vida parlamentar. Por isto, ninguém acredita que ele vá cumprir cegamente as ordens do ex-presidiário. A pornô-política vai ficar mesmo com os dois vereadores desequilibrados e de nível baixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um absurdo ter gente que ainda defende 'ORLANDO DA DOENÇA", é farinha do mesmo saco que o ovelha e via velha, sempre defendendo com unhas e dentes o "Inquilino da Nelson Hungria".

      Excluir
    2. O que Orlando fez por pirapora! que eu saiba nada,temos e que tirar todos e colocar novos vereadores.

      Excluir
  14. PIRAPORA CONTINUARÁ SENDO UMA TERRA SEM HOMENS???? NÃO ACREDITO QUE O ATUAL PREFEITO, UM F O R A S T E I R O, UMA PESSOA QUE ESTÁ EM NOSSA CIDADE HÁ 12 ANOS E NÃO POSSUI UM PALMO DE TERRA AINDA CONSEGUE APOIO DE POLÍTICOS! ACHO UMA VERGONHA BETO, HELDER BRAGA, INDALÉCIO, LEÔNIDAS, VEREADORES, E TANTAS OUTRAS PESSOAS, PIRAPORENSES, APOIAREM O ATUAL PREFEITO. GENTE, É A HORA DE CORRER COM ESSES AVENTUREIROS DA NOSSA CIDADE. ACHEM UM NOME NO MEIO DE TANTOS BONS, E LANCEM UMA CANDIDATURA COM SANGUE BARRANQUEIRO. POR TANTOS DESGOSTOS ME MUDEI DAI. GOSTARIA DE VOLTAR, MAS ENQUANTO ELA FOR GOVERNADA POR MONTESCLARENSES FICO POR AQUI MESMO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apareceu alguém sensato.

      Excluir
    2. Circula uma notícia na cidade que dois políticos de Montes Claros, apoiados por piraporenses, querem se candidata a PMP.
      Como aqui se tornou terra de ninguem e lugar de adoradores de criminosos, é bem possível que a notícia seja verdadeira.

      Excluir
    3. A POLÍTICA EM PIRAPORA ESTÁ CADA VEZ MAIS SINISTRA.
      O EX-PREFEITO CONDENADO, COM MAIS DE CEM PROCESSOS, E UM EX-PRESIDIÁRIO QUER VOLTAR. SE NÃO DER, PÕE A MULHER, TAMBÉM DENUNCIADA PELO MINISTÉRIO PÚBLICO. SE NÃO FOR ELA, PODE SER SEU CUNHADO, TAMBÉM PROCESSADO.
      O VEREADOR OVELHA, TAMBÉM PROCESSADO, SE COLOCA COMO UMA OPÇÃO. ALIÁS, PÉSSIMA. O VIA VELHA, TAMBÉM PROCESSADO, QUER COMER PELAS BEIRADAS, COM SEU JEITO MANSO E SONSO, E SE APRESENTA COMO OUTRA OPÇÃO.
      ESTAMOS MESMO F.... COM UMA QUADRILHA PERIGOSA COMO ESTA, É O FIM DE PIRAPORA.

      Excluir
  15. Infelizmente, o prefeito atual perdeu totalmente sua credibilidade perante os munícipes. Sua administração é criticada diuturnamente, principalmente nas redes sociais e na mídia dominada pelo ex-presidiário. Chegou a tal ponto seu desgaste político que até os membros da quadrilha, mesmo sem moral,estão em todos os lugares despejando todo tipo de achincalhe contra o prefeito. Que não tem a menor chance de se reeleger. Com isto, está arrastando os políticos de oposição para o descrédito.

    ResponderExcluir