sexta-feira, 15 de março de 2013

Hospedagem em Hotel de Pirapora = R$ 196.000,00


Por que o Município de Pirapora fez mais um contrato com o Hotel Cariris para a prestação de serviços de hospedagem?

Quem são os hóspedes da Prefeitura de Pirapora?

Alguém mora neste hotel às custas da Prefeitura de Pirapora?

Hoje a menor diária (solteiro) do hotel é R$ 71,90.

O valor contratado é suficiente para pagar 2.726 diárias.

Confiram:

Contratante: Prefeitura Municipal de Pirapora. CNPJ da Contratante: 23.539.463/0001-21. Contratada: Sopal Hotéis Cariris Ltda. CNPJ da Contratada: 20.533.790/0001-88. Contrato: 019/2013. Valor do Contrato: R$ 196.000,00. Vigência: 14/02/2013 à 31/12/2013 - Processo: 005/2013. Pregão Presencial com Registro de Preços: 005/2013. Objeto: Prestação de serviços de hospedagem para atender a Prefeitura M. de Pirapora/MG. Pirapora/MG, 14/02/2013. Heliomar Valle da Silveira – Contratante. Delma Palma Souza – Contratado.

(Diário Oficial do Estado de Minas Gerais – DOEMG; Publicação de Terceiros; Pág. 10; de 01/03/2013)


Licitação idêntica durante o mandato do ex-prefeito itinerante:

Hospedagem em Hotel de Pirapora = R$ 134.000,00




A farra com o dinheiro público continua no mandato do prefeito subjudice.

190 comentários:

  1. A campanha do pitaco não foi pelo continuismo?
    Pois é, o pitaco continua metendo a mão no dinheiro da prefeitura e fazendo igual o itinerante
    Fala sério quase 200 mil pra pagar um hotel em Pirapora
    Isso é maracutaia das grosas
    Soma 196 mil mais 134 mil = 334 mil reais
    Gente é dinheiro demais
    Fala pra nós pitaco quem é que hospeda no hotel cariris?
    São seu parentes e amigos que moram em Montes Claros e Sete Lagoas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antonio Carlos15/03/2013 17:01

      A soma certa é 330 mil reais
      Concordo que é grana demais e é mais uma licitação ilegal
      Se for hospedagem para pessoas amigas ou parentes do prefeito é caso de polícia e de denunciar para o Ministério Público
      Nunca vi um caso desses em nenhuma cidade
      O normal é pagar diária para funcionários que viajam para outras cidades ou reembolsar despesas com alimentação e hospedagem
      Mas pagar hospedagem na mesma cidade é roubalheira descarada

      Excluir
    2. O mesmo modus operandi. A mesma safadeza. Uma bruta sacanagem. E quem pregou a transparência em palanque dá mostras de que não está nem aí pra ninguém. Pirapora caiu nos braços da malandragem.

      Excluir
    3. Essa licitação é de lascar.

      Excluir
    4. E inúmeras vão ocorrer se a Justiça não agir conforme a lei e investigar como se deve. Como dizia Rui Barbosa 'A justiça atrasada não é justiça; senão injustiça qualificada e manifesta.'

      Excluir
    5. Não se deixem enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem.

      Rui Barbosa

      Excluir
    6. Prezados conterrâneos, eu não sei os valores exatos deste contrato e portanto acho que devem ser desta ordem mesmo. No entanto cabe algumas explicações por parte do Hotel Cariris: 1 - Houve uma licitação pública e transparente. Nós apresentamos a nossa proposta e vencemos. Não tínhamos e não temos nenhuma relação com nenhum grupo político no poder e/ou da oposição. 2 - Este é um valor total que a prefeitura pode pagar durante o ano todo. Isto significa que tal valor pode não ser atingido. Foi o que ocorreu no último ano. O número de hóspedes enviados foi bem inferior ao previsto. 3 - O processo de hospedagem é bastante transparente. O hóspede da prefeitura chega ao hotel, apresenta uma autorização assinada pela prefeitura. Após o hóspede sair do hotel é solicitado um empenho. Este empenho, cujo valor da diária é aquele pactuado na licitação, é pago em 30 dias. Cumpre esclarecer que a prefeitura é responsável apenas pelo pagamento das diárias. Quaisquer outras despesas o hotel cobra do hóspede na saída. 4 - No ano passado ficaram hospedados no hotel Cariris através deste contrato professores, médicos, soldados. Como disse anteriormente, o número de diárias realmente usadas foi bem inferior ao valor da licitação. Assim, o valor que o Hotel Cariris recebeu foi inferior ao valor previsto e igual ao número de hóspedes. Do ponto de vista do Hotel Cariris, não há nenhum problema e todos os valores recebidos estão devidamente registrados e vinculados às respectivas diárias. Finalmente, eu gostaria que ao publicar as opiniões, ao lutar por um cidade melhor, as pessoas tivessem cuidado para não manchar nomes e marcas. A liberdade de opinião é fundamental! A responsabilidade também. Quem me conhece pessoalmente sabe o quanto prezo por valores como transparência e luta contra corrupção. Abraços
      Ernani Palma

      Excluir
    7. Antonio Carlos17/03/2013 17:50

      Ernani Palma
      Você falou que "No ano passado ficaram hospedados no hotel Cariris através deste contrato professores, médicos, soldados".
      Mas não existe lei que autoriza a prefeitura pagar hospedagens para estas pessoas que não são funcionários da prefeitura.
      O erro não é do hotel. O erro é a prefeitura fazer licitação fora da lei duas vezes.

      Excluir
    8. Turista de olho aberto17/03/2013 18:58

      Estranho no inicio da fala do Ernai ele começa dizendo que não sabe os valores exatos deste contrato, então parte do achismo que são desta ordem mesmo.

      Em seguida fala que a licitação foi tranparente,ué se foi tranparente como é que nem sabe quais os valores corretos?

      Se no ano passado foi utilizado um valor inferior, como ele afirmou então o que justifica que a licitação deste ano ter ficado 62 mil reias mais cara?

      E quem são estes médicos?Soldados(estamos em guerra)? e Professores?

      Quantas diárias foram utlizadas? Por quantas pessoas foram? Quais os valores rebidos pelo hotel no ano passado através da prefeitura?

      Tudo muito mal explicado, vou partir da premissa de que a administração do hotel esteja fazendo tudo dentro da legalidade e culparei somente o prefeito e prefeitura.

      Excluir
    9. É o chamado TURISMO DE NEGÓCIOS, modalidade implantada pelo itinerante. Essa é a revitalização do turismo apregoado aos quatro cantos por uma meia-dúzia de bajuladores falastrões. De quebra a tchurma faz jus a um passeio gratuito pelas águas do Velho Chico a bordo do Benjamim Guimarães e simultaneamente uma visita ao Museu das Àguas, que muitos apelidaram de ferro-velho; uma moqueca de surubi apimentada com direito a 03 caipivodka; passeios no ultraleve do ex-prefeito e melhor, tudo por conta do Município. Sabe como é que é "aos amigos tudo, aos inimigos os rigores da lei."

      Excluir
    10. Edgar Santos17/03/2013 21:31

      Mesmo sendo opositor ferrenho e contrário a todas essas estratégfias de poder, parabenizo o Sr. Ernani Palma que num ato de coragem veio justificar o famigerado processo licitatório que se repete no exercício de 2013 e na gestão do Leo Silveira. O que não consigo compreender é como se provisiona um valor absurdo para serviços de hospedagem, mesmo sabendo que é matematicamente impossível para a PMP esboçar um quantitativo de diárias e pessoas que farão uso destas mesmas. Outro fato não menos importante se faz no sentido de que o município não deve arcar com este tipo de 'benesses' no que contraria os princípios da administração, em especial legalidade e impessoalidade. A obviedade de contratos celebrados pela PMP e partes, em muitos aspectos é sugestionada pela própria LRF - Lei de Responsabilidade Fiscal. Esses malabarismos muito comuns na anterior e agora na atual gestão faz com que cheguemos à infeliz conclusão de que antecipação de receitas prenuncia ato de ilegalidade, pois o ente público não pode pagar por serviços não executados. Indiferente a manifestação do empresário, tenho minha dúvidas, salvo melhor juízo, sobre a licitude do objeto e do valor contratado. Peço desculpas por minha inquietação, mas a Dra. Myriam Figueiredo está correta na exposição de ideias e mormente sabendo-se tratar de reincidência, nos mesmos moldes que fora feito no ano de 2012.

      Excluir
    11. Edgar Santos17/03/2013 21:44

      Errata: Antecipação de despesas, não de receitas como fora mencionado em comentário anterior. A título de entendimento faço a seguinte publicação.

      Muito cuidado deve ser tomado nos casos de contrato de obras e prestação de serviços em que há estipulação de adiantamentos. Nada na Lei n. 4.320/64 impede o pagamento de uma parcela por antecipação, mas a Administração deve precatar-se com cláusula contratual que garanta a realização da obra ou serviço; ou, em caso contrário,multa por inadimplemento contratual.

      Lembre-se de que há despesas ou obrigações que devem ser cumpridas, independentemente de verificação do implemento de condição, tais como as que se originam de mandamentos constitucionais ou de leis ordinárias de qualquer esfera governamental. (In A Lei 4.320 comentada, 27. ed. Rio de Janeiro: IBAM,1996, p. 123-124).

      Desta feita, não há impedimento legal a vedar a realização de despesa com o adiantamento pretendido, devendo a municipalidade, porém, por medida de cautela, estabelecer no instrumento contratual cláusula que assegure a prestação efetiva do serviço mediante, também, a fixação de multa pelo descumprimento correlato.

      REVISTA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS
      julho|agosto| setembro 2009 | v. 72 — n. 3 — ano XXVII

      Excluir
    12. O hotel poderia vir a público e explicar se tem participação no mau cheiro vindo da boca-de-lobo ali na esquina da felipe sampaio com rodolfo malard. Há suspeitas de que o esgoto do hotel teria sido ligado à boca-de-lobo. Isso é verdade?

      Excluir
    13. Edgar Santos18/03/2013 11:23

      Sem deixar de advertir que “O pagamento antecipado não pode representar benesse injustifi cada da administração para os particulares. A defesa ao fim buscado pelo Estado conduz a que, como regra, o pagamento se faça após comprovada a execução da prestação a cargo do particular”.

      Harmoniza-se com a exegese exposta o comentário do administrativista Jessé Torres Pereira Junior:

      “(...) de ordinário, o pagamento somente é devido após o adimplemento da obrigação a que se refere, sendo esta também a regra do processo de liquidação da despesa pública (Lei n. 4.320/64, art. 63, § 2°); nada obstante, haverá a possibilidade de o edital e o contrato autorizarem a antecipação de pagamento em duas hipóteses — em correspondência com a antecipação da execução da
      obrigação, propiciando descontos à administração (art. 40, XIV, d), e nas licitações internacionais, onde poderá prevalecer disposição especial”.

      Assim, pode-se concluir com segurança que a antecipação de parte do pagamento é possível, desde que prevista no instrumento convocatório e no termo de contrato e que, nos termos do art. 40, XIV,d, da Lei Nacional de Licitações eContratos, redunde em economia para o erário. Além disso, a fim de contingenciar os riscos a que se expõe a Administração, o pagamento antecipado deverá
      fazer-se acompanhar de prestação de garantia por parte do contratado.

      REVISTA DO TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE MINAS GERAIS
      julho|agosto| setembro 2009 | v. 72 — n. 3 — ano XXVII

      Excluir
  2. suzana de paiva15/03/2013 16:05

    são os forasteiros pendurados nas tetas da prefeitura-mãe que, toda semana, dão uma passadinha básica em Pirapora, comem, bebem e dormem às nossas custas, recebem salários gordos, e depois vão gastar em suas cidades de origem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem feito
      quem mandou votarem em forasteiros igual o itinerante e o pitaco?
      agora aguentem a roubalheira
      cidade que o povo é otário só toma ferro

      Excluir
    2. Não concordo com você.
      A metade da população de Pirapora não votou nessa corja
      de ladrões.

      Excluir
    3. Como são cínicos esses salafrários que mamam na mãe prefeitura e sádicos andam em nossas ruas na certeza da impunidade. Safados mandatários de um rei sem coroa, mas que continua exercendo seus podres poderes.

      Excluir
  3. Como veem na mudou. Nem criatividade pra fazer uma corrupção diferente o pitaqueiro tem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada mudou mesmo. O cara ainda fala de transparência. Puts,
      é brincadeira .

      Excluir
    2. Como são parecidos.

      Primeiro foi a repetição do superfaturamento do show do terra samba no carnaval ( igual ao superfaturamento dos shows do centenário)

      Segundo foi a licitação inexplicável das diárias no hotel cariris.

      Daqui uns dias serão:

      Os uniformes superfaturados, os matéirias didáticos, as mochilas, os lanches para os servidores, as boutiques e lojas de utensilios que licitam máquinas, materiais esportivos, carnes, matérias higiênicos, as praças fantasmas,os funcionários fantasmas, as obras hiperfaturadas,os combustíveis superfaturados,as escolas municipais fantasmas etc.

      Excluir
  4. Ruth Maria da Silva15/03/2013 16:57

    A maioria do eleitorado elegeu um candidato forasteiro.
    Agora tem de pagar as despesas de todos os seus convidados que por aqui passarem.
    Não precisávamos passar por isso. Certamente, com Indalécio, seus assessores seriam piraporenses e nossos cidadãos seriam valorizados e requisitados para ocupar todos os cargos comissionados.
    Passem pela porta da Prefeitura e observem as placas dos carros estacionados. A grande maioria dos veículos têm as placas de outras cidades. E olhem que são dezenas de carros. Assim como no hospital e nos Centros de Saúde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parentes e amigos do itinerante e do pitaqueiro
      advogados de BH
      contadores de BH
      os visitantes são brindados com hospedagem e alimentação de primeira

      Excluir
    2. Mira Ferreira15/03/2013 19:40

      O problema Ruth Maria da Silva é que os justos acabam pagando pelos pecadores e dobrado. Pirapora está nas mãos de verdadeiros sanguessugas. Estão tirando tudo de nós, sem dó e sem piedade. Ave Maria! Só Jesus na causa.

      Excluir
    3. Os eleitores venais, de cabeça feita ou absolutamente ignorantes e manobrados, compraram a porcaria toda de MOC sem questionar. Vão ter que pagar muito caro.

      Excluir
    4. Jovem Antenado16/03/2013 14:33

      Compromisso e respeito é o que teríamos com Indalécio Garcia, político de alta categoria moral, admirado, honesto, carismático, trabalhador, conhecido e piraporense.

      Excluir
    5. "A ausência da ética deixa um vácuo onde se propaga a onda da corrupçao." - Antonio Gomes Lacerda

      Excluir
  5. Sou venbdedor e tenho 54 anos. não sou de Pirapora, um cearense que adotou essa terra aqui casou e teve filhos. Ando a cidade de ponta a ponta todos os dias e as reclamações são constantes e variadas. Votamos em Indalécio e Egnaldinho e queria eles na prefeitura. A cidade que conheci as pessoas se davam até em campanha política. Passava a eleição e todos se tornavam amigos e se cumprimentavam. Hoje em dia todo mundo está separado e desde que o warmilon veio pra cá eu já não coinheço mais ninguém. Fico triste porque vejo essa cidade com tantos problemas nos bairros, buracos, valas, desempregados, famílias passando fome, meninos fora da escola, drogas e assaltos. Agora pergunto se isso não vai ter fim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O w é uma praga. Detonou a cidade e implantou a corrupção estruturada juntamente com a política imoral, pesada, maldosa.

      Excluir
  6. IMCOMPREENSIVO COMO A IMPUNIDADE TOMOU CONTA DE PIRAPORA. JÁ VI PREFEITOS SEREM AFASTADOS PELA JUSTIÇA AQUI E POR QUASE NADA. NA ATUALIDADE PARECE QUE NINGUÉM ENXERGA A ATROCIDADE QUE O W E AGORA O LEO ESTÁ FAZENDO COM A GENTE. QUEM VAI NOS DEFENDER?

    ResponderExcluir
  7. JONAS L. CARDOSO15/03/2013 19:34

    Tenho isso e tantos outros delitos como um DEBOCHE ao povo de Pirapora, aos que se manifestam contrários, aos que levantam a voz e a própria justiça que é afrontada diariamente. Sei lá! Virou mania essa corrupção desenfreada e aos olhos de todos e de uns que fingem não estar acontecendo nada. NA MAIOR CARA DE PAU!!!

    ResponderExcluir
  8. Isso e só o começo ! pior vai ficar quando o governo federal começar a liberar o dinheiro do PAC 2.Para aceleração e crescimento dos estados e municipios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eles vão lutar para conseguir muitas verbas, pois para sustentar dois prefeitos e ainda consolidar patrimônio é necessário muito dinheiro.

      Excluir
  9. Christianne15/03/2013 20:08

    OS POLÍTICOS ROUBAM E QUEM PAGA A CONTA É A POPULAÇÃO TRABALHADORA DE PIRAPORA.
    NÃO AGUENTAMOS MAIS!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CRISTIANE OS LADRÕES DO POVO ACREDITAM QUE ESTÃO PROTEGIDOS PELA SANTA IMPUNIDADE. POR ISSO , ROUBAM SEM PIEDADE DOS PIRAPORENSES.

      Excluir
  10. Me admira sua persistência em apontar a corrupção em Pirapora diante de tanta pressão e ameaças dos "poderosos".
    Não é para qualquer um. Muitos desistem no meio do caminho.

    ResponderExcluir
  11. Suely Campos15/03/2013 21:00

    Myriam,
    jamais se abata pelo que dizem os comprados, pois são comprados. Só gente de muita fibra, perseverante, com inteligência, segura na sua empreitada e com muita coragem poderia enfrentar tamanha quadrilha de gangsters que, desde 2005 vem infernizando esta cidade.
    Graças a você, os leitores deste blog começaram a enxergar e a comprovar as vigarices dos quadrilheiros.
    Conte com minha solidariedade na defesa da honra e da justiça.

    ResponderExcluir
  12. Inacreditável!!!! O L esta seguindo direitinho a cartilha do warmilhões. Coitada de Pirapora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coitados de nós que estamos pagando as travessuras do ex e do atual prefeito. Contas de IPTU, taxa de lixo, de esgoto, iluminação pública e outras taxas exorbitantes com valores astronômicos. Como somos gentis e acomodados, a chibata desce todos os dias e sequer ousamos um movimento. PIRAPORA CONTINUA DAÍ PRA PIOR.

      Excluir
  13. Piraporense Indignado15/03/2013 21:48

    Bem sabemos que a corrupção se alastra tanto no Brasil como no mundo. Temos a plena convicção que essa doença maldita está enfronhada nos três poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário. Bem sabemos que não existe CORRUPTOS sem CORROMPIDOS nos devios de dinheiro público, haja vista a participação de servidores, empresários, profissionais liberais, técnicos, etc. Sabemos, também que a humanidade tem se tornado refém do dinheiro fácil e alguns brasileiros matreiros infestam o serviço público e se colocam num, cargo eletivo para se enriquecerem ilicitamente. Agora, o que não podemos conformar é que em Pirapora a IMPUNIDADE reine e os corruptos continuem nadando de braçadas e desdenhando de todos, inclusive da justiça. E o que é pior, nas rodadas de cerveja, confraternizações, churrascos e reuniões na calada da noite nos chamam de otários pelo simples fato de ainda continuarmos honestos e perseverantes contra os crimes de colarinho branco, pelo brio em expor as sacanagens e pela coragem de pessoas como a Dra. Myriam que diuturnamente publica nada mais que a VERDADE, sempre na defesa do nosso povo. O que não consigo entender até hoje é que diante de tantas evidências no desvio de dinheiro público, nada foi feito de concreto pelas instituições de competência na punição desses transgressores. Reafirmo que essa sensação de impotência dos órgãos em se fazer a justiça prevalecer a cada dia se faz mais evidente e incompreensível. Há uma negligência proposital? Ou não? Esse jogo de interesses confesso que nunca vi igual, em momento algum da minha existência. Por enquanto, creio integralmente na JUSTIÇA DIVINA e que DEUS nos presenteie com a condenação dos meliantes. Tem um pensamento de Platão que irá justificar o que alego e caiu como uma luva como essa minha indignação "A quem poderá ser aprazível uma cidade, se não lhe agradam as leis?"

    ResponderExcluir
  14. DEPOIS DO ESCÃNDALO DO CARNAVAL NA CONTRATAÇÃO DO TERRA SAMBA E AQUELAS BANDAS HORROROSAS, ME VEM ESSA LICITAÇÃO DE HOSPEDAGEM. AGORA O QUE ME CHAMA A ATENÇÃO É QUE SE TRATA DE PREGÃO PRESENCIAL ONDE SEMPRE O FAVORECIDO É O HOTEL CARIRIS. PRA MIM UMA CLARA OPERAÇÃO FRAUDULENTA COM INDÍCIOS FORTES DE LAVAGEM DE DINHEIRO. O MP TERÁ QUE INVESTIGAR. ISSO NÃO PODE CONTINUAR ASSIM. 200 MIL ONTEM, 196 MIL HOJE, 300 MIL AMANHÃ E OS CARAS VÃO SE ENRIQUECENDO ILICITAMENTE AS CUSTAS DO SOFRIMENTO DA POPULAÇÃO. VERGONHA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô carnavalzinho ruim. Não quero nem lembrar. Decepção é pouco para o que sinto. O povo teve tudo para mudar, o povo não! Alguns que ainda estão nas portas na Prefeitura esperando por um carguinho em comissão ou um contratinho sem fazer nada.

      Excluir
  15. AQUI, O PITACO E O TINERANTE FIZERAM PIOR QUE ISSO...
    *****
    Prefeito de São Sebastião é cassado pela Justiça

    Agência Estado

    Publicação: 15/03/2013 19:43 Atualização: 15/03/2013 19:55

    São Sebastião, 15 - Na véspera do aniversário de 377 anos de emancipação político-administrava de São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, a Justiça Eleitoral cassou na tarde desta sexta-feira o mandato do prefeito Ernane Bilotti Primazzi (PSC), reeleito nas últimas eleições, e de seu vice, Aldo Conelian, por prática de captação de sufrágio. A denúncia foi feita pela coligação "Seriedade e Trabalho", do PPS, do então candidato e ex-prefeito de São Sebastião Juan Manoel Pons Garcia. A denúncia também foi feita contra Wagner Teixeira (PV), que à época da campanha era o vice de Primazzi. A decisão foi comemorada com fogos de artifício e baterias de escola de samba na praça central da cidade.

    De acordo com a denúncia protocolada no Ministério Público, Primazzi, Teixeira e Conelian participaram de um comício no dia 21 de julho do ano passado em uma comunidade denominada "Vila Bom Jesus", localizada no bairro de Maresias, ocasião em que o prefeito teria afirmado aos eleitores que teria resolvido a questão do litígio possessório da área onde vivem. O juiz não foi localizado para comentar se quem assume será o segundo colocado ou se haverá novas eleições.

    A defesa do prefeito

    Em nota, a prefeitura afirmou que são "informações desencontradas que têm circulado pela cidade, dando conta de uma suposta decisão de cassação de registro da candidatura do prefeito reeleito". Ainda segundo a nota, "não houve até o momento notificação oficial de qualquer decisão por parte do judiciário, seja aos candidatos, seja aos seus advogados". Apesar de prefeitura informou também que após a notificação, serão apresentados recursos às instâncias adequadas, "o que certamente levará à revisão de eventual sentença desfavorável de primeira instância".

    "Chamamos a atenção para o fato de que o prefeito foi diplomado e empossado, havendo ampla jurisprudência a garantir a sua permanência no cargo até o final da decisão, nas instâncias superiores. Afasta-se, portanto, as especulações sobre a convocação de novas eleições ou a posse de quem quer que seja, o que só traria prejuízos à administração municipal", informou a prefeitura na nota oficial.
    ESTADO DE MINAS - Uol Online 15-3-2013

    ResponderExcluir
  16. Constantino, o Justo16/03/2013 11:03

    O jargão "PIRAPORA NÃO PODE PARAR" que foi usado de forma insistente nos programas de rádio e TV do pitaco e ditos pelos asseclas por toda a cidade tem tudo haver. O continuísmo continua a pleno vapor sob os olhares míopes dos puxa-sacos e daqueles que adotaram o silêncio para tirar também o seu quinhão. PIRAPORA, onde a decadência moral é a lei. Onde a CORRUPÇÃO se dá nas barbas da justiça. Onde homens e mulheres de famílias tradicionais defendem com unhas e dentes o W e o pitaco, somente por interesse próprio. Onde a desfaçatez e a ironia é cada vez masi sentida. Lá se vai a nossa cidade, literalemnte para o buraco. Enquanto isso, os mandatários do "rei morto, rei posto" continuam na fanfarronice, na bebedeira e na cumelança, jogando conversa fora e debochando das autoridades que pouco a pouco perdem a sua posição para os que ainda estão impunes. Vivemos em PIRAPORA uma SATYRICON onde a prosmicuidade corre frouxa e na pajelança vem se acentuando com as bençãos de falsos sacerdotes e de líderes nada espirituais que no final são bem recompensados, diga-se de passagem. Estamos apelando a Deus e crendo que amanhã tudo mude. THE AFTER DAY apocalíptico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo passa! O tempo voa! E em PIRAPORA A CORRUPÇÃO CONTINUA NUMA BOA.

      Excluir
    2. Não tenho como não elogiar o Constatino por esse desabafo. Olha o trem aui táfeio com um buraco no meio. Quem vai salvar Pirapora???

      Excluir
    3. Joana Almeida18/03/2013 12:27

      Legal gostei a pura verdade. Gosto de gente que sabe dizer o que pensa e expressa sua indignação com sabedoria. Parabéns.

      Excluir
  17. Enquanto isso o servidor municipal ficar a ver navios, sem as horas extras e com um aumento salarial de 6% só quero saber quanto eles deram de aumento ão servidor do saae . que com certeza deve ter sido mais do que o do servidor municipal.só não entendo porque o servidor municipal se acovador tanto nesses últimos anos ,devem estar muito satisfeitos com o que recebem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'A impunidade é a matriz e a geratriz de novos e insensatos acontecimentos e o desmoronamento do que ainda resta de bom na alma humana.' Leon Frejda Szklarowsky

      Excluir
  18. Sabem até quando essa corrupção vai durar? Até Pirapora falir ou enquanto o povão, trouxa como sempre, continuar pagando a conta alta dos criminosos!

    ResponderExcluir
  19. Suzana Campos16/03/2013 14:02

    A CADA ENXADADA,UMA MINHOCA!
    Não tem uma coisa sequer que essa gente faça, que não se encontra coisa errada! Continuam metendo a mão sem dó e nem piedade no dinheiro público! Perderam, ou não sei se nunca tiveram, qualquer resquício de vergonha e continuam com o mesmo esquemão do ex-prefeito. Também, quem era o número dois nessa organização criminosa?

    ResponderExcluir
  20. Márcio Oliveira16/03/2013 14:16

    Quantas vezes a praça Padre Leo foi inaugurada?
    O Secretário de Estado, Eros Biondine, na época deputado federal, destinou uma verba de quase 200 mil reais, para que fosse feita uma bela praça. Passem por lá para ver se naquilo que foi re-re-re-inaugurado ontem foram gastos esses 200 mil reais. De jeito nenhum. Pura enganação, marketing, flashes, discursos, propaganda enganosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A "construtora" que "ganhou" a licitação pra construir essa praça é a mesma que faz a interminável e absurda creche, no bairro Aparecida, a menos de 100 metros de uma rede de esgoto extremamente fétida, como a boca alugada daquele radialista. O que se comenta é que teriam vindo da praça de eventos as pedras portuguesas usadas na também a interminável praça. De onde estiver, saiba padre leo que muita gente embolsou dinheiro aqui na construção da praça.

      Excluir
    2. Manoel Lúcio17/03/2013 12:00

      A Praça Padre Leo é somente uma das obras que estão bem longe do ideal. A Orla, também. Um monte de concreto e pedras, sem paisagismo, sem bancos, sem nada. Segundo informações já foram gastos naquele local aproximadamente 12 milhões de reais. Aonde e como, não sabemos. Mas, como o cara é o cara pra uns puxa-sacos, tá tudo do jeito que eles querem e o homi continua inalcançável e ainda passou o seu bastão pro outro. AQUI TUDO PODE!!!

      Excluir
    3. Do bem e do mal
      Todos tem seu encanto: os santos e os corruptos.
      Não há coisa na vida inteiramente má.
      Tu dizes que a verdade produz frutos...
      Já viste as flores que a mentira dá?

      Mario Quintana

      Excluir
    4. É terra pura e muita poeira o quarteirão ao lado dessa pracinha que, nas notas fiscais, deve ter custado ouro. O pitaco disse que no dia seguinte mandaria fazer licitação (mais uma, ao jeito deles) pro asfaltamento da rua. Mais uma promessa

      Excluir
  21. Aposentado na Internet16/03/2013 14:25

    Lendo mais uma licitação sem qualquer necessidade, não tenho dúvida de que os covardes e indignos continuam no poder municipal. Através de uma propaganda maciça do nada, escondem-se em mentiras e truques de mágicos de circo de quinta categoria. Como tem muitos palhaços que os aplaudem, fica a sensação de que os imbecis enxergam os outros como iguais a eles.

    ResponderExcluir
  22. REGINA SANTOS16/03/2013 14:37

    VAMOS ACOMPANHAR E FISCALIZAR O TRABALHO DA PRIMEIRA DAMA, QUE FUNDOU, COM GRANDE ESTARDALHAÇO, UMA ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL, CONCEBIDA E CRIADA PELO MARQUETEIRO E CHEFE DE GABINETE. POR ENQUANTO, OS PLANOS SÃO BOLHAS DE SABÃO, NUVENS DE FUMAÇA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Qual o salário dessa figura? Ela fez reunião pra anunciar essa associação e já chegou com o estatuto pronto, pros trouxas aprovarem. As primeiras ações seriam arrecadar junto à população brinquedos que as crianças já não querem e cabelo pra fazer perucas, supostamente usadas por pessoas submetidas a quimioterapia. Reginha seria auxiliar dela. Imaginem só a soma dos salários das duas inoperantes...

      Excluir
    2. A tevê do itinerante mostrou a cerimônia "de posse" da primeira-dama, na plateia, 99% de contratados e comissionados batendo palmas, puxando saco. O pitaco, com aquela cara ridícula, cheia de trejeitos. Entrevistada, fia disse que irá "trabalhar pelos pobres"... Qual será o salário de mais essa inoperante? Definitivamente, merecemos.

      Excluir
    3. Palhaçada! Essa dona acha que tapeando os pobres conseguirá enganá-los, exigindo em troca votos nas próximas eleições

      Excluir
    4. Nunca vi mais gorda.

      Excluir
  23. Gente, alguém tem notícias do "Faustão" da rádio do prefeito? Dizem que foi parar no hospital!!! Alguém sabe por quê? Na próxima, eu conto.

    ResponderExcluir
  24. Se existe um ladrão no poder
    Aqueles que o elegeram estão bem representados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda continuam aplaudindo as barbaridades Viviane. Estamos órfãos de leis, estamos à margem da Justiça. Aqui continua tudo como antes no quartel de Abrantes.

      Excluir
  25. 17/03/2013 - 03h50
    Promotoria apura denúncia de nepotismo em prefeituras

    MARÍLIA ROCHA
    DE CAMPINAS

    O Ministério Público apura suposta prática de nepotismo cruzado entre prefeitos tucanos no interior paulista.

    O prefeito de Sorocaba, Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), nomeou como oficial de gabinete Rodrigo Pedrico, genro do prefeito da vizinha Votorantim, Erinaldo Alves da Silva (PSDB), que indicou para assessor de planejamento Pedro Miguel Morad, cunhado do colega de partido.

    As gestões têm 20 dias para prestar esclarecimentos ao Ministério Público das duas cidades, que apuram o caso em conjunto. Em Sorocaba, o salário de Pedrico será de R$ 4.077,25 -- em Votorantim, Morad receberá R$ 4.451,57.

    Segundo a promotora Fabiana Paes, de Votorantim, é cedo para concluir se houve nepotismo. Serão verificadas, diz, entre outras questões, as datas das contratações e as exigências dos cargos.

    "É preciso saber se as nomeações foram feitas apenas por reciprocidade ou se houve interesse público", afirma.

    O vereador de Sorocaba Francisco França (PT), que denunciou o caso à Promotoria, diz que os nomeados não têm experiência na área pública ou qualificação que justifique suas contratações.

    "Eles podem ter o grau de escolaridade exigido, mas são leigos na administração pública", afirma.

    O conselheiro seccional da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil) Silvio Salata afirma que, para configurar nepotismo cruzado, é preciso analisar características como os organogramas e a definição dos papéis dos profissionais.

    Caso seja constatado nepotismo, poderá haver ação por improbidade administrativa, exonerações e até mesmo impeachment dos prefeitos, afirma o professor da Faculdade de Direito da PUC- Campinas Marcelo Monteiro.

    OUTRO LADO
    As prefeituras de Sorocaba e de Votorantim negam irregularidades e dizem que vão colaborar com a apuração.

    Segundo a Prefeitura de Sorocaba, a nomeação do genro do prefeito de Votorantim está "atrelada à confiabilidade inerente aos cargos em comissão, que são de livre escolha do gestor público".

    A administração diz que o servidor já era funcionário de carreira, concursado na Urbes (empresa municipal de trânsito).

    A Prefeitura de Votorantim afirma que a nomeação do cunhado do prefeito de Sorocaba "se deve especificamente à sua capacidade técnica" para o cargo. Segundo a administração, ele foi convidado antes de Pannunzio ser eleito na cidade vizinha.

    Segundo a nota, Morad é engenheiro metalurgista, especialista em marketing metalúrgico e cursa pós em gestão de relacionamento com clientes, o que o qualifica para a função -- em que terá que ajudar a reavaliar a política industrial do município.
    FOLHA DE S. PAULO, 17-3-2013

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EM PIRAPORA E BURITIZEIRO A PARCERIA ENTRE OS PREFEITOS VAI MAIS ALÉM DO QUE A REVITALIZAÇÃO DA PONTE MARECHAL HERMES. TUDO VALE A PENA, DESDE QUE OS PROTEGIDOS ESTEJAM EMPREGADOS NUMA TROCA DE FAVORES QUE DISPENSA COMENTÁRIOS, o NEPOTISMO CORRE FROUXO. A INGENUIDADE E O DEBOCHE ANDAM LADO A LADO E DE MÃOS DADAS, JÁ QUE PARA CONTINUAR NO PODER VALE-TUDO E UM POUCO MAIS. A OPINIÃO PÚBLICA QUER SABER: QUEM TÁ ENGANANDO QUEM???

      Excluir
    2. Parceria pra revitalização da ponte? Até o momento o pitaco não mandou um prego pra lá. O cangaceiro mandou pra lá pessoas do interesse dele, inclusive uma que foi assessora dele na câmara, no ano passado. Dizem que aquele ex-vereador do sopão, que foi contra o afastamento do padreco, já teria sido contratado pela prefeitura de pirapora, para nada fazer em troca de um alto salário. Merecemos

      Excluir
    3. O Zé das Couves tá na foia do paço de Pira. É mesmo menino? Mas é???

      Excluir
    4. Vc já vou algum puxa-saco ficar sem regalias? Sofre o que é honesto, íntegro e trabalhador ao extremo. Sofre quem não comunga com a corrupção e não fez e não faz parte desse ninho de serpentes.

      Excluir
  26. Em Pirapora e em Buritizeiro, o nepotismo cruzado come solto. Comenta-se que o cangaceiro emplacou a esposa e uma ex-assessora, que até o ano passado constava na folha de pagamento da cãmara, na prefeitura de buritizeiro. Pra prefeitura de Pirapora, em troca, teriam vindo uma irmã e um irmão do vice-prefeito de buri. Luizinho se julga muito esperto, mas a qualquer momento o pitaqueiro, o itinerante e o irmão metralha derrotado lhe darão uma rasteira.

    ResponderExcluir
  27. QUE UMA MÃO PIEDOSA NOS SALVE DESSE MELIANTES. AINDA CONFIO NO TRABALHO DA POLÍCIA FEDERAL, NO MINISTÉRIO PÚBLICO E EM JUÍZES QUE REALMENTE AGEM COM IMPARCIALIDADE NO JULGAMENTO DOS CRIMES DE COLARINHO BRANCO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda confio no trabalho da polícia federal. E só.

      Excluir
  28. Por que que até o presente dia, o Ministério Público não procurou convocar o gestor de Pirapora para explicar as contratações indevidas, funcionários fantasmas e tantos outros cargos criados na Prefeitura para privilegiar milhares de apaniguados políticos? É necessário que um TAC-Termo de Ajustamento de Conduta seja celebrado e urgente entre as partes. Em Buritizeiro, também, e nos bastidores, informações dão conta que a farra continua e tem tantos contratados que estão saindo pelo ladrão e ainda flagrantes casos de nepotismo cruzado. Assim não dá, assim não funciona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. alguem já provocou o MP?
      se não levarem a denúncia fica difícil o MP se manifestar.

      Excluir
    2. Por que? Por que? São questioanmentos que não obtivemos até a data nenhuma resposta. Infelizmente!

      Excluir
    3. Estão falando por aí que a onda de denuncismo em Pirapora e Buritizeiro está demais. Que nós do blog deixemos os homi trabalhar. Mas, pra onde?

      Excluir
    4. DENUNCISMO??? ORA, POIS.

      Excluir
    5. Em Buritizeiro, o empreguismo tá comendo solto. Só pra secretaria de cultura já foram contratados qause 20 parasitas. Não existe mesa nem cadeira pra todo mundo. Nem se sentassem um no colo do outro. O jeito encontrado foi o revezamento. Coçação de saco geral. O elétrico EM, dizem, que tem sobrevivido a todas administrações, sempre consegue uma portaria, agora teve de ser "acomodado" na SEMED... O secretário de saúde, enfim, foi exonerado, mas deixou o prefeito numa saia justa, pois ainda não encontrou um cargo para recontratá-lo. Desconfia-se que ele não ficará fora da folha...

      Excluir
    6. Buritizeirense chateada18/03/2013 12:07

      'O problema com o mundo é que os estúpidos são excessivamente confiantes, e os inteligentes são cheios de dúvidas.' Bertrand Russell

      Excluir
  29. "A impunidade tolerada pressupõe cumplicidade." (Marquês de Maricá)

    ResponderExcluir
  30. A CORRUPÇÃO NO BRASIL TAMBÉM É BANCADA POR NÓS!

    Mauricio Alvarez da Silva

    Estamos novamente em meio a um turbilhão de escândalos públicos, o que tem sido uma situação constante desde a época em que éramos uma simples colônia. Como diz o adágio popular vivemos na “casa da mãe Joana”.
    No entanto, a questão da corrupção no Brasil é muito mais profunda. Acredito que apenas uma pequena parte dos casos seja descoberta e venha a público. Imagino que grande parcela fique escondida nas entranhas públicas. Temos a corrupção política, a corrupção de servidores e de cidadãos desonestos. A corrupção sempre tem dois lados, um corrompendo e outro sendo corrompido.
    É nítido que a máquina pública está comprometida. Desde criança escutamos falar sobre a tal da corrupção, agora vemos, todo dia, ao vivo e a cores na TV.
    Na esfera política houve e há muito apadrinhamento para se obter a dita governabilidade. Não importa os interesses da sociedade, desde que os interesses pessoais e partidários sejam atendidos, com isso vem a briga pela distribuição de cargos públicos, comissionamentos e outras benesses. Isto ocorre em todos os níveis de governo (municipal, estadual e federal), afinal é preciso acomodar todos os camaradas.
    O exemplo mais recente da corrupção política em nosso país é o escândalo do mensalão, que teve início em 2005 (sete anos atrás!) e somente agora está tendo um desfecho.
    No âmbito administrativo temos um carnaval de queixas, denúncia e escândalos. Somente para citar alguns exemplos: a indústria de multas de trânsito em diversas cidades, desvio de verbas através de falsas ONGs, fiscais corruptos, licitações fraudulentas, entre tantas outras situações que podem preencher um livro.
    Se pararmos para pensar, no final das contas, mesmo que inconscientemente, somos nós que financiamos toda essa corrupção. Os corruptos visam o dinheiro público, que em última análise é o seu dinheiro e o meu dinheiro, que disponibilizamos para a manutenção da sociedade.
    Na medida em que os recursos destinados a financiar hospitais, escolas, saneamento básico e outras necessidades primárias são desviados, debaixo de nossos narizes, e não tomamos qualquer atitude, também temos nossa parcela de culpa, por uma simples questão de omissão.
    Todo mês a arrecadação tributária bate recordes, o governo encosta os contribuintes na parede e suga a maior parcela dos seus recursos e tudo isso para quê? Para vermos que o nosso dinheiro está sendo desviado, utilizado para manter um gigantesco cabide de empregos, manter o inchaço da máquina pública ou aplicado em obras fúteis, enfim, uma grande parcela escoando pelo ralo.
    A cada dois reais desviados ou desperdiçados é um litro de leite que está sendo tirado das crianças esfomeadas deste país!
    Ao longo dos anos fomos vencidos pelo cansaço, nos tornamos um povo apático a tudo isto. Somos pacíficos, mas não precisamos ser omissos. Em outros países por questões muito menores o povo sai às ruas protestando e cobrando os seus direitos. Temos que limpar a administração dos maus políticos e servidores públicos que mancham nossa imagem, afinal carregamos a pecha de sermos uma sociedade corrupta.
    Falta-nos esse poder de mobilização e indignação, afinal quem manda neste país é o povo brasileiro, sua vontade é soberana e cabe aos ocupantes dos cargos públicos nos representar e, sobretudo, nos respeitar.
    A situação pode, sim, ser mudada. Desde que você e eu nos manifestemos abertamente, pois nossa manifestação, quando multiplicada, gerará a necessária mudança da opinião pública sobre o assunto. Sinta-se à vontade para utilizar ou compartilhar este artigo com seus amigos e colegas, e peça-os para manifestarem também em blogs, twitters e outros meios, enviando cópia para deputados, senadores e outras autoridades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Com a corrupção morre o corpo, com a impiedade morre a alma." Bacana essa frase de Santo Agostinho. Gostei!!!

      Excluir
  31. E A POPULAÇÃO DOS SEM NADA MORRE NAS FILAS DE HOSPITAIS ATENDIDOS PELO SUS. EM PIRAPÓRA NA FUNDAÇÃO NADA FUNCIONA E NOS PSFS NÃO TEM MÉDICOS. Ô VIDA! Ô AZAR!

    Despesas médicas do Senado triplicam em uma década

    Agência Estado

    Publicação: 17/03/2013 08:22 Atualização:

    O uso de dinheiro público para pagar as despesas médicas do Senado quase triplicou entre 2003 e 2012. O cálculo é atualizado, ou seja, a inflação do período já está descontada. Os gastos, que superam meio bilhão de reais numa década, incluem despesas dos atuais 81 parlamentares, seus dependentes e ex-parlamentares, além dos 6.300 funcionários e pensionistas.
    No ano passado, o último da gestão José Sarney (PMDB-AP) à frente do Senado, o desembolso bateu o recorde da década: R$ 115,2 milhões dos cofres federais. O aumento foi de 38% em relação a 2011, quando o desembolso chegou a R$ 71,3 milhões.
    Em 2012, as consultas e exames feitos pela estrutura do Senado ou fora dele ultrapassaram em R$ 10 milhões o orçamento previsto para custeio médico, cujo valor era de R$ 105,2 milhões. Trata-se de um orçamento maior do que o reservado em 2012 pelo Ministério da Educação para o Hospital Universitário de Brasília (HUB), vinculado à Universidade de Brasília (UnB), de R$ 88,7 milhões.
    Aliado de Sarney e alvejado por uma ação penal e uma série de protestos online, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) voltou ao comando da Casa no início de fevereiro tentando criar uma agenda positiva com o anúncio de uma reforma administrativa que prevê o fim do atendimento ambulatorial do serviço médico do Senado para servidores e senadores.
    Funcionários da Secretaria de Assistência Médica e Social (SAMS) do Senado, onde são realizados os atendimentos, disseram ao Estado que o serviço funcionará só até sexta-feira, para atender aos exames e às consultas que estavam agendados.

    Emergência.

    Com a extinção do departamento, apenas o atendimento de emergência será mantido no Senado, cedendo parte do corpo funcional para o governo do Distrito Federal. Renan informou, por meio da assessoria de imprensa, que vai reduzir "drasticamente" despesas com assistência médica com medidas futuras. Ele não quis adiantar quais serão as mudanças.
    Servidores e usuários do serviço médico já fizeram protestos e o sindicato da categoria recorreu à Justiça para impedir a mudança, que, pelas contas de Renan, vai gerar uma economia de R$ 6 milhões por ano. Se comparada com a previsão de gastos para os serviços médicos este ano, que é de R$ 105,2 milhões, a economia será apenas de 5,7%. O orçamento total do Senado este ano é de R$ 3,54 bilhões.
    A explosão de gastos do Senado foi detectada após consulta no Siga Brasil, o banco de dados de acompanhamento da execução orçamentária da Casa. Em 2003, os registros oficiais apontam uma despesa de R$ 24,7 milhões. Se aplicada a inflação do período, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o valor passa para R$ 40,8 milhões. O gasto, ainda assim, é quase duas vezes menor que o atual.

    (...)

    Intimidade.

    Em relação ao fato de o ano passado ter atingido o valor mais elevado com despesa de saúde na década, o Senado disse que os gastos são variáveis, mas não podem ser detalhados em respeito à "proteção legal à intimidade, à vida privada, à honra e à imagem das pessoas". As informações são do jornal

    O Estado de S.Paulo

    ResponderExcluir
  32. Parece que ainda não atingimos o fundo do poço cavado pela seita de cafajestes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Maria17/03/2013 19:03

      Tenho certeza que esse POÇO NÃO TEM FUNDO. Senão já teriam tomado uma providência faz tempo. Aqui até o vento faz curva e a chuva cai sempre em outros terreiros. Tamo lascados.

      Excluir
  33. se essa quadrilha administrasse o deserto do Saara, em um ano nao sobraria um único grão de areia. a rapinagem é enorme.

    ResponderExcluir
  34. A corrupção é geral e irrestrita, com aplausos dos
    beneficiados. Até quando a mediocridade estará
    dominando esta cidade?
    Aqui o pior sempre será o melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernando Moreira17/03/2013 19:05

      Enquanto os URUBUS estiverem em cima da carniça fazendo a festa e brigando por um pedaço mais gordo o trem continuará feio. Haja paciência!

      Excluir
    2. "Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada."

      Ayn Rand - Filósofa russo-americana, fugitiva da revolução russa, que chegou aos Estados Unidos na metade da década de 1920

      Excluir
  35. Pirapora foi dominada pelos anjos maus e exterminadores.

    ResponderExcluir
  36. Na inauguração da Praça Padre Léo, o prefeito-marionete fazia todas as mesuras e reverências para seu senhor, o altíssimo, o absoluto, o cara, aquele que, mesmo fora da Prefeitura, ainda continua mandando e governando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Padre Léo salvou tantas vidas. Só não salvou o povo de Pirapora, porque para isso é preciso querer ser salvo, né? Aliás, Pirapora não tem salvação mais.

      Excluir
  37. O Marcola e o Fernandinho Beira-Mar devem estar com inveja dessa bandidagem de Pirapora.

    ResponderExcluir
  38. Realmente, deu vergonha essa inauguração da praça. O prefeito é um miquinho amestrado do ex-prefeito e cá pra nós, seu discurso é piegas, demagógico e extremamente cafona. Só ilude otário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por isso que os otários encheram a praça. E tome sacanagem!!!

      Excluir
  39. A esperteza política do ex é diabólica. O papel do atual é patético e subserviente.
    Segundo Voltaire: “A necessidade de dizer algo, a perplexidade de não ter nada a dizer e o desejo de ser engenhoso são as três circunstâncias que até mesmo isoladas são capazes de produzir o orador mais ridículo”.

    ResponderExcluir
  40. Aposentado na Internet17/03/2013 17:51

    Tenho certeza de que as críticas e protestos feitos nesta postagem, não são dirigidos aos proprietários do hotel, pessoas de bem, honradas e honestas. E que jamais influíram e nem influirão em que vai se hospedar em seu hotel. Sabemos que a ordem vem da Prefeitura e eles a atendem, já que venceram a licitação.
    Nossa indignação é destinada ao prefeito que, assim como o seu antecessor, não prioriza gastos e desperdiça o dinheiro público com despesas absolutamente supérfluas e inadequadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. servidor municipal17/03/2013 19:36

      o criador e a criatura cultivam desde 2005 os malfeitos, os escândalos, a roubalheira, na cumplicidade e na conivência.
      um ensinou e o outro aprendeu direitinho.

      Excluir
  41. Tereza Cristina17/03/2013 19:03

    Com certeza, sr. Aposentado, nenhum comentarista questionou a idoneidade deste hotel e de seus proprietários, e muito menos lançou dúvidas sobre essa empresa.
    Talvez, até haja alguma necessidade da Prefeitura pagar hospedagem para alguma pessoa, mas é uma exceção, que sempre foi aproveitada pelos administradores desonestos para embutir hospedagem de pessoas que trabalham na e para a Prefeitura, e que não moram em Pirapora.
    Para o hotel não importa a origem dos hóspedes, ele recebe a autorização da Prefeitura e atende.

    ResponderExcluir
  42. Rubens Vieira17/03/2013 19:30

    Lembro-me dos comícios de Indalécio, com seus discursos explicitando seus projetos de futuro, de fé e de confiança no desenvolvimento de Pirapora. Um piraporense honrado, com a cabeça no lugar, educado, com capacidade administrativa, que sempre quis o bem do povo desta cidade.
    Enquanto no outro palanque pontuaram a arrogância, o ódio, a desconstrução moral dos adversários, promessas enganadoras.
    Digo isto, porque hoje estive no hospital da Fundação para levar um parente que está com o corpo quebrado pela dengue, uma epidemia que tomou conta de nossa cidade, e não fomos atendidos. Saúde aqui é só para fazer marketing. Nada funciona para o povo carente, que não pode pagar e nem tem convêncio.

    ResponderExcluir
  43. Na historia de Pirapora nunca houve um ex-prefeito tão nojento, asqueroso, sem linha, sem moral. Esse corrupto ultrapassou todos os limites da honra e da ética, sendo seguido por uma cambada de delinquentes, cuja única atividade foi e é se locupletar dos cofres públicos, enganar os idiotas e comprar a consciência de uma corja que aceitou as migalhas distribuídas. Tudo isso para permanecer mais tempo junto ao butim inesgotável da Prefeitura, em seus dois mandatos e no de sua marionete eleita.

    ResponderExcluir
  44. QUEREM NOS VENCER PELO CANSAÇO, MAS NÃO CONSEGUIRÃO? E TUDO PORQUE O MELHOR VEM AÍ E VALEU A PENA ESPERAR. JUSTIÇA TARDA MAS NÃO FALHA.

    ResponderExcluir
  45. Os caras aprontam todos os dias, uma licitação aqui, outra ali. Nós como piraporenses ficamos perplexos com a ousadia e muito mais com a impunidade. Terra de cegos quem tem olho é rei.

    ResponderExcluir
  46. RELEMBREMOS A OPERAÇÃO WATERLOO EM PIRAPORA QUE TEVE REPERCUSSÃO NACIONAL.

    MPMG apura corrupção em Pirapora

    14/08/2012 12:19:45

    O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em parceria com a Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) e com Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), realiza nesta terça-feira, 14 de agosto, a operação Waterloo. O nome da operação é uma referência à batalha que marcou o declínio do império napoleônico.

    Estão sendo cumpridos 12 mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Pirapora, residências e empresas em Pirapora e em Montes Claros.

    A diligência foi deferida pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para instruir investigações criminais sobre fraudes na execução de contratos para prestação de serviço de coleta de lixo e fornecimento de combustíveis para a Prefeitura de Pirapora, e possível crime de lavagem de dinheiro, envolvendo o prefeito.

    Os valores das despesas com os contratos citados ultrapassam R$ 8 milhões. As apurações sobre o crime de lavagem de dinheiro referem-se ao fato de que diversos bens de propriedade do investigado estão registrados por terceiros e seriam produtos de crimes.

    uainoticias.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. RUFINO SOUZA18/03/2013 11:42

      ESSE CARA NADOU E AINDA NADA DE BRAÇADAS ATRAVÉS DA PREFEITURA. AGORA ELEGEU SEU SUCESSOR QUE NADA MAIS FAZ A NÃO SER CONTINUAR COM O QUE ESTAVA ERRADO. E O QUE ENOJA MESMO É SABER QUE AINDA CONTINUAM IMPUNES. SÓ EM PIRAPORA, MESMO!

      Excluir
    2. José Maria18/03/2013 11:55

      E os servidores públicos ainda estão reclamando os baixos salários, os benefícios surrupiados e o PISO NACIONAL DOS PROFESSPORES continua sendo desrespeitado. É o que sempre dissemos, se os servidores não acordarem e reinvidicarem o seus direitos, quem os fará? O número de contratados está cada vez maior, tem gente dentro de escolas municipais sem ter o que fazer. O continuísmo é o lema porque Pirapora não pode parar! Ô louco meu!!!

      Excluir
    3. Pirapora teve chances de decretar sua liberdade através da carta de alforria. Alguns acharam melhor continuar. Nós sabíamos no que ia dar. Era previsível!

      Excluir
    4. Em política, a comunhão de ódios é quase sempre a base das amizades.

      Charles Tocqueville

      Excluir
    5. E sem falar que a cidade parou. Nada vai pra frente. Até os serviços essenciais tá tudo parado. Uma administração sem eira nem beira e ainda tem gente que aplaude até o que não tem pra aplaudir. O sombra eleito por uma diferença de somente 1.300 votos não consegue decolar e sua equipe tbm não aparece. Só ganhando dinheiro sem fazer nada.

      Excluir
  47. NA GESTÃO DO EX-PREFEITO WARMILLON BRAGA, PIRAPORA TEVE DESTAQUE NACIONAL EM TERMOS DE CORRUPÇÃO.

    14/08/2012 21h29 - Atualizado em 14/08/2012 22h19

    Materiais são apreendidos em operação do MP em Pirapora
    Supostas fraudes são apuradas na cidade do Norte de Minas Gerais.
    Esquema de corrupção teria provocado prejuízo de cerca de R$ 8 milhões.

    O Ministério Público Estadual (MPE) investiga um suposto esquema de desvio de verbas públicas no Norte de Minas Gerais. Durante uma operação realizada nesta terça-feira (14), funcionários da Receita Estadual, acompanhados por policiais militares, apreenderam computadores e vários documentos na Prefeitura de Pirapora.

    De acordo com as investigações, haveria na cidade dois esquemas de corrupção, que teriam dado um prejuízo de cerca de R$ 8 milhões aos cofres públicos. Segundo o procurador Elias Cordeiro, as fraudes estariam ligadas a contratos de serviços de limpeza urbana e de compra de combustível.

    As investigações revelam que o prefeito, Warmillon Braga, pode estar envolvido em lavagem de dinheiro. “Ele foi prefeito de Lagoa dos Patos por dois mandatos consecutivos, mudou de domicílio eleitoral e passou a ser prefeito de Pirapora. Do primeiro mandato de Lagoas dos Patos, o patrimônio dele declarado era de cerca de R$ 200 mil. Está chegando hoje, ao final do mandato em Pirapora, em torno de R$ 30 milhões”, explica o procurador.

    O material apreendido na casa do prefeito e também na prefeitura foi levado para o Fórum de Pirapora. Os computadores e documentos serão levados, posteriormente, para a Procuradoria Geral de Justiça, em Belo Horizonte.

    Ao G1, o prefeito Warmillon Braga disse que acredita que nenhuma irregularidade será encontrada nos documentos apreendidos. Ele também afirmou estar à disposição para esclarecimentos. O advogado responsável pela empresa de coleta de lixo no município negou as acusações. Já o representante da empresa que fornece combustível à prefeitura não foi localizado para falar sobre o assunto.

    g1.globo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos esperando ansiosos o resultado dessa e outras operações em Pirapora na gestão do ex´prefeito e do atual. Ah. se a cidade contasse com o promotor Leonardo Barbabella. Hj a justiça não afasta prefeito em nossa região, naquela época e por muito menos o Leônidas (Pirapora) e o Chico Gameleira (Buritizeiro) tiveram seus cargos prejudicados. Quem entende uma coisa dessa?

      Excluir
    2. É GOZADO COMO AS COISAS AQUI TÃO MEIO ESQUISITA PQ EM OTRAS CIDADES O TREM NÃO CORRE FROUXO ASSIM. SE UM PREFEITO ERRA NÃO TEM UMA SEGUNDA CHANCE. TDO MT ESQUISITO. TOMARA QUE MUDE EM BREVE.

      Excluir
    3. "Não crie cobras no seu bolso, em algum momento elas irão picá-lo. Pelo mesmo motivo, não prestigie traficantes, corruptos, marginais de qualquer tipo, assim como empresas parasitas que se apropriam indevidamente de patrimônio alheio, um dia vão querer o seu."

      Autor desconhecido

      Excluir
  48. SÓ DE SACANAGEM

    Meu coração está aos pulos!

    Quantas vezes minha esperança será posta à prova?

    Por quantas provas terá ela que passar? Tudo isso que está aí no ar, malas, cuecas que voam entupidas de dinheiro, do meu, do nosso dinheiro que reservamos duramente para educar os meninos mais pobres que nós, para cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus pais, esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e eu não posso mais.

    Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança vai ser posta à prova?

    Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais?

    É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar no nosso nariz.

    Meu coração está no escuro, a luz é simples, regada ao conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e os justos que os precederam: "Não roubarás", "Devolva o lápis do coleguinha", "Esse apontador não é seu, minha filha". Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido que escutar.

    Até habeas corpus preventivo, coisa da qual nunca tinha visto falar e sobre a qual minha pobre lógica ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao culpado interessará. Pois bem, se mexeram comigo, com a velha e fiel fé do meu povo sofrido, então agora eu vou sacanear: mais honesta ainda vou ficar.

    Só de sacanagem! Dirão: "Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo mundo rouba" e vou dizer: "Não importa, será esse o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez. Eu, meu irmão, meu filho e meus amigos, vamos pagar limpo a quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês. Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o escambau."

    Dirão: "É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde o primeiro homem que veio de Portugal". Eu direi: Não admito, minha esperança é imortal. Eu repito, ouviram? Imortal! Sei que não dá para mudar o começo mas, se a gente quiser, vai dar para mudar o final!

    Elisa Lucinda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 'Pago impostos em dia, cumpro as obrigações de cidadã. Almoço no restaurante de minha filha e peço nota fiscal. Não existe essa história de se ser mais ou menos ético. Ou se é ético ou não se é.'

      Luiza Trajano - Empresária, dona do Magazine Luiza, cobrando satisfações do Congresso Nacional em relação à corrupção e farra com dinheiro público

      Excluir
  49. Adolfo Penna18/03/2013 14:28

    Em síntese, o comunicador Emerson Santos no programa Falando Sério de hoje, 18/03. Quando do julgamento dos Embargos Infrigentes ofertados pelo Ministério Público contra o ex-prefeito na Ação Civil Pública, Processo nº 1.0512.10.008013-8/006, pela 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça MG. Repreendo por ora que os embargos citados foram acolhidos à unanimidade, como provas de improbidade administrativa, abuso de poder e outros delitos cometidos comumente. Assim como outras investigações e processos judiciais em curso. O que nos emcabula, entretanto, refere-se ao silêncio do âncora do dito programa, que não fez menção alguma ao julgamento supra durante todo essa lacuna de tempo e agora estranhamente o faz, usando o jargão do "falar sério". Outra questão não sucitada pelo "rábula" condiz à investigação do TCE - Tribunal de Contas do Estado em 45 processos licitatórios que num relatório final expõe através de uma farta prova material e depoimento dos envolvidos um desvio de R$ 31 milhões de reais dos cofres da Prefeitura de Pirapora. Os seus ouvintes fiéis e os que nunca lhe abandonaram carecem de informações que antes eram disponibilizadas como verdade e propagadas em favor da justiça. Na atualidade as informações soam descaracterizadas e deformadas sob o olhar atônito de 'quem lhe viu, quem lhe vê'. A Dra. Myriam, advogada conceituada e proativa, em momento algum citou a inelegibilidade do ex-prefeito. Mas, de forma responsável aduz ao disposto na Lei Complementar 135/10, conhecida como Ficha Limpa, que impede candidatura de pessoas condenadas pela Justiça, em 'decisão colegiada', por praticarem crimes de corrupção, abuso de poder econômico, homicídio e tráfico de drogas. Publicada no dia 4 de junho de 2010, a lei também amplia os casos e o período de inelegibilidade, estabelecendo em oito anos o tempo em que o político fica impedido de se candidatar quando for condenado por crimes eleitorais, hediondos, contra o meio ambiente, racismo e outros. Pela Ficha Limpa, o prazo geral fixado para inelegibilidade passou a ser de oito anos para todos os casos, contanto que a condenação do político tenha sido proferida por órgão colegiado da Justiça ou em decisão transitada em julgado (quando não pode mais haver recurso). É bom que fique bem claro que não estamos conjecturando em face de inúmeras evidências. No entanto, o que não se pode compreender é quando se tenta incutir na cabeça do pobre povo, a malfadada impunidade. Ninguém muda da noite para o dia, salvo por algum ou outro interesse. Em tese, só tenho essa postura como antipática, desleal, inconsequente e medianamente oportunista. É mais fácil separar a água do vinho que a hipocrisia da verdade no julgamento das ações humanas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A cultura do oportunismo se agiganta e os discípulos do 'rei morto, rei posto' aprenderam a lição rapidamente como enriquecer em apenas 24 horas. Tem até um manual de COMO MAMAR E NÃO SER PEGO. IMPUNIDADE chegou a Pirapora e parou.

      Excluir
    2. MAIS UM PEIXINHO QUE CAIU NA REDE DO ITINERANTE. FOI LUDIBRIADO PELO CANTO DA SEREIA. SÓ UM CONSELHINHO: LAGOA QUE TEM PIRANHA JACARÉ NADA DE COSTAS. SACOU? OU QUER QUE EU DEDILHE?

      Excluir
    3. mama Pira é mãe solteira. Agora fazer mamadeira todo dia. Tá dando de mamar pra uma turma de safados na patifaria.

      Excluir
  50. Deputados lançam Frente Parlamentar dos Direitos Humanos em oposição a Feliciano

    Estado de Minas

    Publicação: 18/03/2013 11:59

    A eleição do deputado e pastor Marco Feliciano (PSC/SP) para a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minoria da Câmara continua provocando reações de protesto. Nesta quarta-feira, às 11, mais uma iniciativa e dessa vezes dos parlamentares, que prometem alnçar lançar a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Humanos.
    Os deputados que criaram o grupo, em sua maioria integrantes da comissão, consideram a frente como uma espécie de Comissão de Direitos Humanos paralela à oficial. Dois dos idealizadores da frente são ex-presidentes do colegiado, os deputados Domingos Dutra (PT-MA) e Nilmário Miranda (PT-MG).
    No dia da eleição de Feliciano, em 7 de março último, Dutra abandonou o plenário em protesto contra a eleição do seu substituto. Dutra foi seguido por outros parlamentares. Os deputados protestavam contra a forma como ocorreu a eleição, com os manifestantes e representantes de entidades ligadas aos direitos humanos impedidos de entrar na sala onde acontecia a reunião. Pastor Marco Feliciano é acusado por deputados e entidades de ter feito comentários racistas e homofóbicos em sites de relacionamento da internet.
    “A Comissão de Direitos Humanos se transformou num curral de fundamentalistas. Não posso aceitar isso pela importância que essa comissão tem para a sociedade brasileira, especialmente para os segmentos mais excluídos e discriminados”, protestou Dutra.

    STF

    Os deputados entraram com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contestando a decisão da presidência da Câmara de impedir os manifestantes de participar da reunião que elegeu Feliciano. “Avaliamos que a eleição desse parlamentar, em razão das suas manifestações de caráter inegavelmente discriminatórias, racistas e homofóbicas, fere o que o Regimento da Câmara dos Deputados prevê como atribuições precípuas da própria Comissão de Direitos Humanos. Por isso vamos recorrer e tentar anular essa eleição”, disse Erica Kokay (PT-DF) à época da decisão.
    Pastor Marco Feliciano, por sua vez, afirmou que conduziria os trabalhos da comissão “como um magistrado” e foi mantido no cargo por seu partido, o PSC, após uma reunião para discutir sua situação depois das manifestações dos deputados.

    ResponderExcluir
  51. Voem libébulas. Continuem voando na ingenuidade. Mas, lembrem-se que os sapos continuam de boca bem aberta e esperando para dar o golpe certeiro. Voem libélulas. Voem enquanto enquanto podem.

    ResponderExcluir
  52. Pirapora se transformou num CIRCO e nós continuamos bons palhaços. Se é pra fazer rir que eu morra de desgosto.

    ResponderExcluir
  53. OS LEÕES DO PASSADO HOJE NÃO PASSAM DE SIMPLES GATOS CRIADOS COM RAÇÃO E ACOMODADOS NUM CANTO DA SALA ESPERANDO UMA MELHOR RECOMPENSA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enquanto eles comem o filet mignon nós insistimos em roer o osso. Só Deus sabe como é difícil presenciar tantos desmandos. Só Jesus na causa.

      Excluir
  54. Não sou perfeito, graças a Deus. Agora pior mesmo se eu fosse burro.

    ResponderExcluir
  55. DENUNCIEM
    http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,15844,00.html

    ResponderExcluir
  56. Christianne18/03/2013 19:19

    A culpa desta farra com o dinheiro público, desta roubalheira que nunca acaba é da Justiça, cega, surda e muda. Se essa quadrilha, na primeira sacanagem, fosse julgada e condenada, não teriamos tanto prejuizo como nos últimos oito anos e três meses.

    ResponderExcluir
  57. Cristão Antenado18/03/2013 19:31

    O caminho do mal sempre é mais largo, plano e fácil, enquanto o caminho do bem é íngreme, estreito e cheio de pedras. A opção por ele pode ser dolorosa, mas é uma decisão serena por uma trilha, onde quem por ela passa, se engrandece numa luta renhida para o cumprimento do bem.

    ResponderExcluir
  58. Denise Reis18/03/2013 19:34

    Os ladrões perderam mesmo o pudor e a vergonha de vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. maria aparecida guedes19/03/2013 13:24

      são lobos em pele de lobos mesmo. nem querem mais se disfarçar. já ganharam a continuidade do poder e da corrupção. agora o povo é que se exploda.

      Excluir
    2. Ari Ferreira20/03/2013 12:41

      A corrupção está tão banalizada em Pirapora que beira as raias do deboche. A coisa está tão feia que o sujeito quando é chamado de ladrão ainda tem a petulância de dizer GRAÇAS A DEUS! É assim mesmo!

      Excluir
  59. A roubalheira continua e vai continuar, Dra. Myriam. Aliás, você já pensou em prestar concurso para juíza ou promotora? Por favor, faça essa caridade e venha para cá, para salvar PIrapora.
    Hoje os assassinatos de árvores no centro da cidade continuaram. Eles chamam de poda, mas aquilo é chacina pura. Arrancam toda a copa com motosserra e nós é que somos obrigados a andar sob esse sol escaldante de Pirapora sem nenhuma sombra.
    Por onde anda a polícia do meio ambiente?
    Por onde anda o Ministério Público?
    Por onde anda o Ibama?
    Estão todos em suas salas tomando suco gelado e se refrescando no ar condicionado?
    Então fechem as portas. PIRAPORA NÃO PRECISA DE VOCÊS! Chispa! Passa fora! Não servem pra nada mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo um conhecido engenheiro ambiental a matança de árvores em Pirapora é proposital. E tudo porque espanta as chuvas e não mostra as mazelas em ruas e avenidas e as obras supoerfaturadas com material de segunda nos prédios e praças feitos a toque de caixa. Podem reparar que Pirapora nos últimos 06 anos chove muito abaixo do que se pode esperar. Até a metereologia erra na maioria das vezes quando anuncia tempo bom na cidade. O INFERNO pra alguns é um paraíso.

      Excluir
    2. CADÊ OS PSEUDO-AMBIENTALISTAS QUE TEM GOGÓ PRA FALAR E NÃO TEM CORAGEM DE DENUNCIAR AS ABERRAÇÕES PRATICADAS CONTRA O MEIO AMBIENTE EM PIRPORA? CADÊ OS ENTUSIASMADOS QUE APENAS APARECEM DE TEMPOS EM TEMPOS? AS CHAMIN~ES DAS FÁBRICAS CONTINUAM INFESTANDO O NOSSO AR. OS DEJETOS SEM TRATAMENTO CONTINUAM CONTAMINANDO AS NOSSA ÁGUAS. AQUELE ESGOTO A CÉU ABERTO QUE CHAMAM DE CÓRREGO ENTRE RIOS SOFRE O DESCASO CONSTANTE. ATÉ UM RIDÍCULO CENTRO DE CONVENÇÕES FOI CONSTRUIDO EM LUGAR IMPRÓPRIO E INDEVIDO ÁS MARGENS DO SÃO FRANCISCO E NAS BARBAS DA LEI. E NINGUÉM DA ÁREA TEVE CORAGEM DE EMBARGAR. SE FOSSE LEÔNIDAS JÁ TERIA GENTE SE ARMANDO E A OBRA JAMAIS ACONTECERIA. AH ISSO TERIA. QUEREM APOSTAR???

      Excluir
    3. E TOME SAFADEZA. TODO MUNDO QUERENDO CASA BOA, SÍTIO, CARRO DO ANO E MUITO DIN DIN NA CONTA. RIFARAM A CIDADE NUMA AÇÃO ENTRE AMIGOS. E QUE AMIGOS!!!

      Excluir
    4. Hoje tive que fazer umas compras pelo centro da cidade e quase morri. Sem as árvores, o sol reflete nas calçadas e em seguida na gente. Coisa de horror.

      Excluir
    5. ISSO AQUI É UM INFERNO COM DIREITO A DEMÔNIOS, BRUXAS, MULAS SEM CABEÇA E MONSTROS ASSUSTADORES E UM CALOR DE LASCAR. FOI-SE O TEMPO EM QUE PIRAPORA SÓ SE OUVIA FALAR EM IARAS E CABOCLOS D'ÁGUA. UM TEMPO QUE JÁ FOI E BEM LONGE.

      Excluir
  60. STF publica decisão que permite prisão do deputado Natan Donadon

    Agência Brasil

    Publicação: 18/03/2013 18:14 Atualização: 18/03/2013 18:15

    Brasília – O Supremo Tribunal Federal (STF) publicou nesta segunda-feira, no Diário da Justiça Eletrônico, decisão que rejeitou os últimos recursos julgados apresentados pelo deputado federal Natan Donadon (PMDB-RO), em dezembro do ano passado, e que permite a prisão do parlamentar. Em tese, a defesa ainda pode entrar com novo recurso, se entender que há trechos da decisão que não ficaram claros. O prazo para apresentar esse recurso é cinco dias, e caso não haja manifestação, o mandado de prisão pode ser expedido. Se isso de fato ocorrer, Donadon será o primeiro parlamentar federal preso no exercício do mandato.
    O deputado foi condenado em outubro de 2010 pelos crimes de peculato e formação de quadrilha por desviar mais de R$ 8 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia entre 1995 e 1998, quando era diretor financeiro do órgão. Ao todo, ele recebeu pena de 13 anos, quatro meses e dez dias, a ser cumprida inicialmente em regime fechado. Ele também terá que devolver R$ 1,6 milhão aos cofres públicos.

    Em dezembro, o advogado Nabor Bulhões disse que entraria com mais um recurso assim que a decisão fosse publicada. Ele infomou que pediria revisão criminal do processo, pois entende que o parlamentar foi tratado de forma desigual em relação aos outros réus que participaram do esquema.
    Segundo Bulhões, há precedentes em que o STF se adequou a decisões de juízes de primeira instância nos casos em que as penas eram mais benéficas aos réus. O advogado também disse que iria pedir a suspensão dos efeitos da condenação até o julgamento do novo recurso.
    Ainda não está claro se Donadon perderá o mandato automaticamente, assim como ocorreu com os parlamentares condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Ele está no terceiro mandato na Câmara dos Deputados, e caso o Supremo não determine a perda de mandato, caberá à Casa Legislativa analisar se o parlamentar deve ser cassado ou apenas afastado para cumprir a prisão.

    ResponderExcluir
  61. Como parei de ouvir o Falando Sério e tenho recomendado a amigos que façam o mesmo e que se querem ouvir radialistas defendendo o itinerante melhor ouvir a rádio chapa branca logo, me disseram que hoje o emerson teve a cara de pau de dizer que o itinerante não está inelegível porque a inegilibilidade só se configurará após a sentença transitar em julgado... Quem te viu e quem te vê! Sem falar que até agora ele não deu nem um pio sobre o relatório do TCE/MP...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Pois é! Tem caroço nesse angu. Pra mim isso não vai mudar. De repente não se assuste se o programa for pra Rádio Pirapora. Numa outra sintonia. Em Pirapora quem menos anda voa. E como voa!!!

      Excluir
    2. E NEM DARÁ, ELE TÁ PIADO!!!

      Excluir
    3. Carmem Lúcia19/03/2013 12:45

      Amigos do Blog Transparência,
      pelo menos aqui, vamos ignorar o programa, suas falas e seus apresentadores.
      Nosso silêncio será a melhor resposta, mesmo quando houver uma intenção sistemática de desconstrução das postagens publicadas neste espaço tão querido por todos nós.
      Temos tantos assuntos para comentarmos diariamente!
      Não nos detenhamos com almas pequenas, porque não valem a pena.

      Excluir
    4. Também estou na campanha " Pare de ouvir o programa Falando sério"

      Excluir
    5. Eu também estou na campanha.

      Excluir
    6. TÁ EXPLICADO! UM É DE BURITIZEIRO E O OUTRO DE CORAÇÃO DE JESUS. QUANDO O TREM PEGAR CADA UM VOLTARÁ PARA SUA TERRA. DE BOA INTENÇÃO O INFERNO TÁ CHEIO.

      Excluir
  62. A seita warmiliana tá fazendo a cada dia mais adeptos. Num abrir e fechar de olhos quem era deixa de ser. E numa boa! TUDO VALE A PENA SE A GRANA NÃO É PEQUENA. Desculpa Fernando Pessoa, mas a coisa aqui tá feia meu irmão.

    ResponderExcluir
  63. TUDO VALE A PENA SE A GRANA NÃO É PEQUENA. Essa foi muito boa anônimo.

    ResponderExcluir
  64. Sílvia Telles19/03/2013 13:20

    A indulgência que parte do povo de Pirapora concedeu ao ex-prefeito bandido, com o perdoável "roubou mas fez", deu ao atual prefeito a prerrogativa de continuar cometendo todo tipo de barbaridades.

    ResponderExcluir
  65. Piraporense em Floripa19/03/2013 13:30

    O que ainda me surprende, e muitas vezes não, é que tudo está tão explícito e comprovado, mas ninguém faz nada.
    Eles continuam roubando, do jeito que lá vinha antes, e aí cadê a Justiça, o MP, cadê a Polícia Federal, cadê os Promotores de BH, cadê tudo?

    ResponderExcluir
  66. 2.726 diárias ao ano.
    8 hóspedes por dia.
    É uma conta inexplicável.

    ResponderExcluir
  67. FUNCIONÁRIO APOSENTADO DA FUNASA19/03/2013 15:23

    E A DENGUE CONTINUA EXPLODINDO EM PIRAPORA.
    O NÚMERO DE CASOS É MUITO MAIOR DOS QUE OS NOTIFICADOS, OU SEJA HÁ UMA SUBNOTIFICAÇÃO. OS HOSPITAIS ESTÃO LOTADOS E O ATENDIMENTO É BASTANTE PRECÁRIO.
    INFELIZMENTE, FOI ABANDONADA A VISITA DOS AGENTES DE CONTROLE DE ZOONOSES ÀS RESIDÊNCIAS, COM PULVERIZADORES COSTAIS, BORRIFANDO INSETICIDA EM POSSÍVEIS CRIADOUROS DO MOSQUITO AEDES AEGYPTI, NOS QUINTAIS E EM VOLTA DAS CASAS. SOMENTE O FUMACÊ DO CARRO NÃO RESOLVE QUASE NADA.

    ResponderExcluir
  68. "Pare de ouvir o programa Falando sério"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já parei. Não perco mais o meu tempo

      Excluir
  69. PESCADORES ARTESANAL DE PIRAPORA

    Link:

    http://www.portaltransparencia.gov.br/defeso/defesolistafavorecidospormunicipio.asp?uf=mg&codmunicipio=315120&Pagina=10

    ResponderExcluir
  70. Suely de Freitas19/03/2013 20:41

    JORNAL O GLOBO:



    Joaquim Barbosa critica ‘conluio’ entre juízes e advogados.
    Presidente do STF vê nessas relações a origem de casos de corrupção.


    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, criticou duramente, nesta terça-feira, as ligações de juízes com advogados. Para ele, as alianças veladas entre juízes e advogados seriam a origem de casos de corrupção e se constituem em um dos aspectos mais nocivos da Justiça brasileira. O presidente fez a declaração durante o julgamento do juiz João Borges de Souza Filho no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
    — Há muitos (juizes) para colocar para fora. Esse conluio entre juízes e advogados é o que há de mais pernicioso. Nós sabemos que há decisões graciosas, condescendentes, fora das regras — afirmou Barbosa.

    ResponderExcluir
  71. Raphael de Queiroz19/03/2013 20:46

    Para o Papa Francisco o poder deve significar serviço. Servir os pobres, os necessitados, os aflitos, os sofredores.

    ResponderExcluir
  72. Wesley dos Santos19/03/2013 20:54

    Toda esta administração otimista ancorada nos cuidados de marqueteiros enganadores, criadores de factóides, flashes, retratos, filmagens, notinhas em facebook, ações pontuais em bairros, viagens espetaculosas, não deslancha.

    ResponderExcluir
  73. Precatórios de Pirapora investigados pela Polícia Federal.

    O delegado falou que em 45 dias seria divulgado o resultado da operação da PF em Pirapora. Já foi divulgado ou está esquecida em alguma gaveta?

    ResponderExcluir
  74. Passei hoje pela praça Padre Léo, reinaugurada várias vezes e fiquei abismada com o supefaturamento daquela obra.
    A antiga administração recebeu 150 mil para fazer uma praça maravilhosa e com todo conforto para os moradores do bairro. Tudo graças ao deputado federal Eros Biondine. O arremedo de praça não custou nem 100 mil reais. Para onde foi o "troco"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizem que as pedras portuguesas foram tiradas da obra da praça de eventos, outro absurdo de hiper superfaturamento

      Excluir
    2. HA HA HA NUNCA VI EM MINHA VIDA TANTOS CARAS DE PAU SE BENEFICIANDO COM O ERÁRIO PÚBLICO. AQUI TODA OBRA NO GOVERNO ANTERIOR E NESTE TEVE UM TERÇO E OLHE QUE NEM SANTOS ELES SÃO.

      Excluir
  75. Tenho mais de 65 anos, nunca vi governos tão corruptos, em todas as áreas, e jamais vi o povo de Pirapora tão alienado da realidade! Parece que algo muito sobrenatural ocorre aqui.
    Muitas pessoas perderam completamente o senso crítico.
    Nas conversas do dia a dia não se vê um raciocínio lógico, uma observação relevante ou profunda sobre a real situação de nossa cidade.
    Pirapora emburreceu, o piraporense se imbecilizou, uma tristeza enorme!

    ResponderExcluir
  76. Servidora Municipal19/03/2013 21:10

    Sabe-se que o pitaco fala de um jeito na frente das pessoas e por trás faz exatamente o contrário: xinga, debocha, persegue, promete e não cumpre, prejudica seus desafetos; é um ditadorzinho muito falso, excelente aluno do seu criador bandido.

    ResponderExcluir
  77. Regina Souza19/03/2013 21:19

    A tendência da maioria do povo é pastar bovinamente enquanto espera o abate. Chegamos a um nível altíssimo de deteriorização física, financeira, política, econômica, moral.

    ResponderExcluir
  78. Todos os cargos comissionados já foram ocupados e mais alguns foram criados a fim de acomodar os amigos e correligionários desempregados.
    Quanto aos contratados, quase todos já retornaram aos seus respectivos lugares.
    A gastança desta administração será muito maior do que a do ex-prefeito. Podemos conferir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu Diniz virou Ouvidora... Salário, dizem, mais de 8 mil reais. Ela ouve quem? O pitaqueiro?

      Excluir
    2. CADÊ O TERMO DE AJUSTAMENTO DO MPE. O MUNICÍPIO DE PIRAPORA PRECISA SER ENQUADRADO E JÁ!!!! A POPULAÇÃO ORDEIRA AGRADECE!

      Excluir
  79. Na realidade, a falácia de criações de mitos e propagandas dos marqueteiros dos dois prefeitos, não tem qualquer amparo na realidade catastrófica de Pirapora.

    ResponderExcluir
  80. CONCORDO EM GÊNERO, NÚMERO E GRAU. A COISA DESCAMBOU NO JUDICIÁRIO, SEM QUERER GENERALIZAR, POIS HÁ MUITOS JUÍZES E ADVOGADOS CORRETOS, AINDA!

    Joaquim Barbosa acusa advogados e juízes de 'conluio'

    Agência Estado

    Publicação: 19/03/2013 19:34

    O presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Joaquim Barbosa, afirmou nesta terça-feira que existe um conluio entre juízes e advogados. Durante julgamento no qual o CNJ determinou a aposentadoria compulsória de um magistrado do Piauí acusado de beneficiar advogados, Barbosa disse que muitos juízes devem ser colocados para fora da carreira.

    "Há muitos (juízes) para colocar para fora. Esse conluio entre juízes e advogados é o que há de mais pernicioso. Nós sabemos que há decisões graciosas, condescendentes, absolutamente fora das regras", criticou Joaquim Barbosa.
    O presidente do CNJ deu a declaração ao debater de forma amistosa sobre o caso do Piauí com o relator do processo, Tourinho Neto, que ficou vencido no julgamento. Tourinho Neto comentou: "Tem juiz que viaja para o exterior para festa de casamento de advogado e não acontece nada."
    Em sua última sessão como conselheiro do CNJ, Tourinho Neto foi o único a votar contra a aposentadoria compulsória do juiz de Picos (PI) João Borges de Sousa Filho. Tourinho Neto afirmou que tem amizade com advogados, mas que isso nunca influenciou suas decisões. Ele contou que foi juiz no interior da Bahia e que "tomava uísque na casa de um, tomava cerveja na casa de outro".
    O conselheiro disse que existe juiz que instala câmera no gabinete para se precaver e posteriormente não ser acusado de beneficiar determinada parte de um processo. "Isso é terrível. Na próxima Loman (Lei Orgânica da Magistratura) vai estar que juiz não pode estar com advogado e nem com Ministério Público", opinou.
    Pouco depois, Tourinho comentou sobre a possibilidade de clientes escolherem advogados que são próximos a juízes. "O advogado é amigo do juiz, a parte contratada achando que vai receber benesse", disse. "E às vezes recebe um tratamentozinho privilegiado", rebateu Barbosa. Tourinho reagiu e afirmou: "Mas Vossa Excelência é duro como diabo."
    Nos debates, Tourinho chegou a comentar a possibilidade de Joaquim Barbosa se candidatar à Presidência da República no próximo ano. "O juiz, na maioria dos casos, é um acovardado. Vossa Excelência foi endeusado. Quem sabe não será o próximo presidente da República?", brincou. O presidente do CNJ não respondeu.
    Recentemente, Joaquim Barbosa envolveu-se em uma polêmica com associações representativas de juízes. O problema ocorreu após o presidente do STF ter concedido uma entrevista a jornalistas correspondentes estrangeiros na qual atribuiu a magistrados brasileiros mentalidade mais conservadora, pró impunidade.
    Entidades representativas de magistrados reagiram. Numa nota oficial, afirmaram que não admitem que sejam lançadas dúvidas genéricas sobre a lisura e a integridade dos magistrados brasileiros. "Causa perplexidade aos juízes brasileiros a forma preconceituosa, generalista, superficial e, sobretudo, desrespeitosa com que o ministro Joaquim Barbosa enxerga os membros do Poder Judiciário brasileiro", afirmaram as associações na nota.

    ResponderExcluir
  81. Olha a cada momento não me surpreendo mais com a corrupção instalda em Pirapora. O que me arrepia é a IMPUNIDADE, essa maldita que faz como que percarmos a esperança no Judiciário. Estou perplexo de como as coisas acontecem e parace-me que ninguém vê nada, ou finge que tá tdo à mil maravilhas.

    ResponderExcluir
  82. CREIO EM DEUS, A ÚNICA FONTE QUE ME RESTA. CREIO QUE A JUSTIÇA DIVINA SE ENCARREGARÁ DOS MALFEITORES, INDIGNOS E LADRÕES QUE SE LOCUPLETAM DO DINHEIRO PÚBLICO PARA ENRIQUECEREM ILICITAMENTE. CREIO EM DEUS QUE O MAL TERÁ UM FIM.

    ResponderExcluir
  83. Pirapora assim como Buritizeiro ficará mais de 30 anos ingovernável. Os dois municípios foram sangrados e de seus cofres públicos subtraido os últimos centavos. Infelizmente, o Ministério Público teve tudo para afastar o ex-padre Salvador e o Warmilon. Teve um conjunto de provas, denúncias e elementos cabais sem precedentes, mas preferiu dar corda aos dois que entusiasmados e impunes fizeram um verdadeiro "limpa" nos cofres dos municípios. Deu no que deu! Nós, piraporenses natos e estabelecidos aqui temos o nosso futuro e de nossos filhos altamente prejudicado de tudo quanto é maneira. E A FARRA CONTINUA com o empreguismo e licitações injustificáveis e ninguém faz nada. ATÉ QUANDO? Para os que não são daqui. Bye Bye!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Buritizeiro deu uma banana pro irmão metralha, com o objetivo de impedir a entrada do itinerante no município. Mas pouco adiantou, porque uma das primeiras iniciativas de luizinho foi fazer um pacto com o pitaqueiro, incluindo nisso muito nepotismo cruzado, rolha no falando sério. Tudo farinha do mesmo saco. Não tem jeito, não. Mais 30 anos de retrocesso e sangria no município

      Excluir
  84. José Maria20/03/2013 11:39

    Ninguém em sã consciência é capaz de entender o porquê de certos gestores ficarem impunes. Ficamos todos indignados com o que vimos diuturnamente e não entendemos a inércia daqueles que deviam fazer cumprir a lei. É uma afronta ao povo. É um desrespeito a milhares de famílias que passam por dificuldades. É uma desonra àqueles que trabalham honestamente. "Se o desonesto soubesse a vantagem de ser honesto, ele seria honesto ao menos por desonestidade." Assim dizia Sócrates.

    ResponderExcluir
  85. “Judiciário subserviente, que decide de acordo com interesses da copa e da cozinha palaciana, trai a cidadania e corrompe a Constituição. Juiz covarde, receoso de retaliações é um juiz que trai a sua missão.” Ex-Ministro Ayres Britto

    ResponderExcluir
  86. “Corrupção significa não que alguém foi furtado, mas significa que uma sociedade inteira foi furtada, por uma escola que não chega, pelo posto de saúde que não se tem, pelo saneamento básico, que centenas de cidades não têm, exatamente pelo escoadouro dessas más práticas.” Ministra Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  87. “O Judiciário a que aspiramos é sem firulas, floreios, rapapés. Buscamos um Judiciário célere, efetivo e justo. De nada valem edificações suntuosas, se no que é essencial a Justiça falha.” Minsitro Joaquim Barbosa

    ResponderExcluir
  88. EU VOTO, TU ROUBAS, NÓS SOMOS OS CULPADOS?

    Publicado por Ronaud Pereira em 21 de março de 2012

    (...)

    Sim, eu sei que os políticos corruptos que estão no poder são eleitos pelo próprio povo. O problema é que a corrupção está enraizada no pensamento e nas ações do povo. O povinho já vota justamente no candidato que trará mais vantagens para ele, e não para a comunidade. Carradas de areia, tijolos, cimento e cestas básicas costumam ser moedas de troca descaradamente utilizadas para a compra de votos…

    Brasileiro AINDA encara o voto como uma forma de melhorar a própria vida, e não a vida da comunidade da qual faz parte. Vejo um quê de egoísmo nisso, aliado a uma crassa falta de visão das coisas, fundamentada justamente por uma educação precária ou inexistente.

    Então enquanto esse tipo de pensamento e postura continuar dominando as motivações para os votos, a política brasileira continuará sendo a mesmíssima coisa que vemos hoje… políticos usando dos privilégios dos cargos que ocupam para beneficiar a si mesmos, como se os bens públicos fossem seus.

    Portanto a única forma de mudar isso é… com um trabalho não só de educação, mas de CONSCIENTIZAÇÃO do povo. Isto é, ensinando-o que todas as suas atitudes terão consequências.

    Se você vota pensando só em você, o político trabalhará pensando só nele.

    www.ronaud.com

    ResponderExcluir
  89. A Constituição Federal de 1988 determina que a Administração Pública deve obedecer, dentre outros, ao princípio da moralidade. De acordo com ele, a conduta dos agentes públicos deve obedecer não só à lei, mas também às regras de conduta que disciplinam seu comportamento de acordo com a ética e a justiça. O ato legal, mas imoral, é ilegítimo e pode ser anulado pelo Poder Judiciário ou pela Administração Pública. O cidadão pode requerer a anulação do ato imoral ao Judiciário por meio da ação popular.

    Professor Alexandre Magno

    ResponderExcluir
  90. Ari Ferreira20/03/2013 12:42

    A conduta ímproba (desonesta ou corrupta) é aquela pela qual o agente público desobedece a algum de seus deveres ou de suas proibições. Não basta, porém, qualquer desobediência, mas somente aquele que se reveste de gravidade frente aos mandamentos éticos. Nesse sentido, Manoel Gonçalves Ferreira Filho define genericamente a corrupção como “um desvio de conduta aberrante em relação ao padrão moral consagrado pela comunidade. Não apenas um desvio, mas um desvio pronunciado, grave, insuportável”

    Professor Alexandre Herculano

    ResponderExcluir
  91. Veja como o TSE julga casos de abuso de poder

    Entre as condutas ilícitas praticadas nas campanhas eleitorais e que conduzem à inelegibilidade do candidato por oito anos, de acordo com a Lei da Ficha Limpa — a Lei Complementar 135/2010 —, estão o abuso do poder econômico e o abuso do poder político. As definições de abuso do poder econômico e abuso do poder político podem ser encontradas no Glossário Eleitoral, disponível na aba "Eleitor" do Portal do Tribunal Superior Eleitoral.

    Abuso de poder é a imposição da vontade de um sobre a de outro, tendo por base o exercício do poder, sem considerar as leis vigentes. O TSE exige, para que fique comprovado o abuso de poder, provas concretas e indiscutíveis sobre os fatos denunciados como abusivos.

    A Lei da Ficha Limpa alterou a Lei de Inelegibilidades (Lei Complementar 64/1990), que estabelece os casos em que um candidato é impedido de ser votado. A norma de 2010 estabeleceu que, para a infração eleitoral ficar comprovada, não será mais considerada a potencialidade de o fato alterar o resultado da eleição, mas a gravidade das circunstâncias que a caracterizam, que deve ser investigada de maneira minuciosa em cada caso concreto.

    Assim como é exigido nos casos de abuso do poder político, na hipótese de abuso do poder econômico também devem ser produzidas provas concretas da prática ilegal e deve ser pesada a gravidade das circunstâncias que a caracterizam.

    Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

    Continua...

    ResponderExcluir
  92. Poder econômico

    O abuso do poder econômico em matéria eleitoral é a utilização excessiva, antes ou durante a campanha eleitoral, de recursos financeiros ou patrimoniais buscando beneficiar candidato, partido ou coligação, afetando, assim, a normalidade e a legitimidade das eleições.

    Por uso do poder econômico entende-se o emprego de dinheiro mediante as mais diversas técnicas, que vão desde a ajuda financeira, pura e simples, a partidos e candidatos, até a manipulação da opinião pública, da vontade dos eleitores, por meio da propaganda política subliminar, com a aparência de propaganda meramente comercial.

    O uso do poder econômico, quando feito por meio dos partidos e com obediência estrita à legislação, é lícito. O que o torna ilícito é o seu emprego fora do sistema legal, visando a vantagens eleitorais imediatas, com o fato de intervir no processo eleitoral, definindo os resultados de acordo com determinados interesses.

    Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

    Continua...

    ResponderExcluir
  93. Poder político

    O abuso do poder político ocorre nas situações em que o detentor do poder vale-se de sua posição para agir de modo a influenciar o eleitor, em detrimento da liberdade de voto. Caracteriza-se, dessa forma, como ato de autoridade exercido em detrimento do voto.

    A preocupação com o abuso do poder político nas eleições ganhou peso após a inclusão do instrumento da reeleição no processo eleitoral brasileiro, com a edição da Emenda Constitucional 16/1997. Essa emenda autorizou a reeleição para um único período subsequente, do presidente da República, dos governadores de estado e do Distrito Federal, dos prefeitos e quem os houver sucedido ou substituído no curso dos mandatos. Ou seja, permitiu-se que os chefes do Poder Executivo, no âmbito federal, estadual e municipal, disputassem as eleições sem precisar se afastar dos cargos já ocupados.

    A Constituição Federal prevê a proibição do abuso do poder político e econômico nas eleições ao dispor que devem ser estabelecidos por lei complementar os casos de inelegibilidade e seus prazos, para proteger a probidade administrativa, a moralidade para exercício de mandato — considerada a vida pregressa do candidato — e a normalidade e legitimidade das eleições contra a influência do poder econômico ou o abuso do exercício de função, cargo ou emprego na administração direta ou indireta.

    Entre as hipóteses de condutas vedadas estão: o uso, em benefício de candidato, partido político ou coligação, de bens móveis ou imóveis pertencentes à administração direta ou indireta da União, dos estados, do Distrito Federal, dos territórios e dos municípios; o uso de materiais ou serviços, custeados pelos governos ou casas legislativas, que excedam as prerrogativas de seus regimentos; ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal; e fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados ou subvencionados pelo poder público, entre outras hipóteses previstas na lei.

    Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

    ResponderExcluir
  94. Sônia Lima20/03/2013 13:29

    A atual administração, como a anterior, vive de propaganda. Faz pouco e anuncia muito. Agora mesmo, o prefeito e uma grande comitiva estão em Caruaru, a fim de tentar fazer em Pirapora o mesmo polo de confecções que aquela cidade tem. Muito dinheiro público escorrendo pelo ralo para pagar as despesas de viagem de prefeito, secretário, assessores de comunicação, convidados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o cúmulo da irresponsabilidade. É jogar dinheiro público fora, enchendo bolsos de malandros com elevadas diárias de viagem. Há pouco, o cangaceiro organizou torneios de futebol de salão entre escolas estaduais - jogos que ninguém viu, o poliesportivo sempre vazio - mas muito dinheiro foi gasto com uniformes para os times. Quer dizer, a velhota periguete criminosa das licitações continua faturando alto e decerto distribuindo dividendos.

      Excluir
    2. Fico aqui me perguntando porque alguns eleitores acharm por bem apostar no continuísmo. As mazelas estão por toda a cidade e o que se vê apenas é propaganda e falácias. Se Indalécio ganhasse a eleição estaríamos num patamar de desenvolvimento já no início de governo. Como empresário e homem de muitas virtudes, o município sairia dessa estagnação e alçaria voos nunca vistos em todos os segmentos, com destaque para o turismo; educação; saúde; trabalho e políticas sociais à altura do que a cidade carece e merece, além é claro, de obras de infraestrutura por toda a cidade. Pirapora perdeu a oportunidade ímpar de dar um basta a esses forasteiros capitaneados por alguns piraporenses bastardos que não enxergam um palmo além do nariz. Polo de confecções? Enquanto Pirapora precisa de investimentos no setor turístico, gerando emprego e renda para inúmeras pessoas e atraindo grandes empresas de renome nacional. O que tenho a dizer que enquanto os maledicentes e aqueles que não tem identidade com o lugar estiverem à frente da PMP, certamente seremos humilhados e desdenhados a bel prazer. Lamentável!

      Excluir
  95. E AQUI? EM PIRAPORA, NADA? O QUE ELES TÊM MELHOR DO QUE NÓS? EU RESPONDO: RESPONSALIDADE E JUSTIÇA.

    MP denuncia ex-prefeito e servidores de Itaúna por crime de abuso de poder Conforme o Ministério Público, um esquema foi montado para que promover a candidatura da namorada do chefe do Executivo

    Simone Lima -

    Publicação: 20/03/2013 11:25 Atualização: 20/03/2013 11:44

    Cinco pessoas do alto escalão da antiga administração da Prefeitura de Itaúna, no Centro-Oeste de Minas, foram oficialmente denunciadas à Justiça, nessa terça-feira, pelo Ministério Público (MP). Elas foram acusadas de integrar uma organização particular com a finalidade de praticar crimes com abuso de poder. Mais uma vez, o pivô do escândalo é o ex-prefeito, Eugênio Pinto e sua ex-namorada e ex-chefe de gabinete, Íris Léia Rodrigues. Segundo a investigação, a quadrilha pretendia promover uma futura candidatura de Íris à Prefeitura da cidade, nas eleições de 2012. Para isso, eles teriam dado vantagem à Fazenda Comunicação e Marketing Ltda, que recebeu mais de R$ 700 mil em contratos de publicidade.
    O MP aponta Iris Léia como a chefe da organização criminosa e quem liderava as ações do grupo. “Por seu turno, todos os denunciados participaram ativamente do contrato fraudulento com vistas ao benefício da candidata do grupo, ora mediante ação, ora mediante omissão, tanto na entabulação e celebração do contrato administrativo, quanto durante sua execução, tudo a beneficiar a candidatura da líder maior da quadrilha”, afirma o órgão.
    De acordo com o documento, assinado por cinco promotores, Eugênio pretendia que, na eleição de 2012, Íris assumisse a administração municipal e fosse sua sucessora. Para isso, ele nomeou para os mais altos cargos comissionados, pessoas de sua confiança, que estariam de acordo com o esquema e se beneficiariam dele.

    Continua

    ResponderExcluir
  96. Continuação MP denuncia ex-prefeito e servidores de Itaúna por crime de abuso de poder

    No processo, aparece ainda os nomes do ex-procurador geral do município, Frederico Dutra Santiago, o ex-secretário de administração, Afonso Nascimento Custódio, e a ex-assessora de comunicação, Ivane Ferreira da Silva. Segundo a promotoria, os envolvidos admitiram e possibilitaram vantagem a empresa Fazenda Comunicação e Marketing em processo licitatório, inclusive com prorrogação contratual. “Não havia solicitação formal de serviços a serem prestados pela empresa; parte da criação (arte) era desenvolvida por servidores da prefeitura, mas era cobrado pela empresa e pago pela prefeitura; não havia fiscalização no recebimento dos serviços prestados, especialmente quanto a quantidade do material informado pela empresa; não se adotou obediência às regras legais e contratuais para a subcontratação de empresas; não havia encaminhamento de relatório mensal de matérias produzidas ou veiculadas no interesse da Administração e, ainda assim, o pagamento era religioso à empresa beneficiada. Chegou-se ao ponto de se proceder pagamentos em duplicidade à empresa Fazenda Comunicação e Marketing”.
    Conforme aponta a acusação, a Fazenda Comunicação e Marketing foi contratada no dia 1º de junho de 2011, recebendo o valor de R$ 600 mil. Iris foi a responsável por assinar o contrato em nome da Prefeitura e, em curtíssimo espaço de tempo, foi autorizado um gasto suplementar de mais R$ 150 mil em publicidade. De acordo com o MP, o contrato foi consumido com eventos de evidente autopromoção pessoal de Iris Léia.
    Na acusação, o MP pede a condenação de todos os envolvidos, incluindo o sócio e proprietário da Fazenda Comunicação e Marketing, Thales Alves da Silva, que foi acusado de corrupção ativa. A motivação para todos os crimes cometidos pela quadrilha foi considerado torpe (que ofende gravemente a moralidade). “Consiste na obtenção de lucros e benefícios pessoais às custas da coisa pública, colocando-se o interesse público e a coisa pública a serviço do seus interesses pessoais”.

    ResponderExcluir
  97. A corrupção continua mandando e desmandando em Pirapora, cade o Ministério Público,a Prefeitura está lotada de contratados parentes de vereadores, esposas, filhos, irmãs e por ai vai, onde fica o nepotismo gente!

    ResponderExcluir